Pesquisa diz que brasileiro adora ciência. Mas nós sabemos a verdade, né?

Vaticano dá o maior apoio a disque-exorcismo
O caso do professor que era analfabeto por toda uma vida e ninguém percebeu

As pessoas parecem que vivem num mundo mágico. Principalmente aquelas que acham que pesquisas traduzem a realidade, quando sabemos muito bem que números não servem para isso. Números fazem a realidade. Um exemplo disso é uma pesquisa do Índice Anual da Situação da Ciência, organizado pelo Instituto 3M em 14 países, entre junho e agosto do ano passado, tendo entrevistado cerca de mil pessoas em cada um destes países. No cômputo geral, o Brasil se saiu muito bem, com o relatório apontando que 52% dos brasileiros dizem que se arrependem por não seguir uma carreira científica e 37% acham que a ciência tem um papel importante na sociedade.

Sim, eu espero você parar de rir.

Alguém realmente está de sacanagem com estes números. Ou o cara escolheu a dedo a quem ia perguntar (o que 50 % dessas pesquisas fazem) ou inventaram os números (o que 49% dessas pesquisas fazem) ou alguém respondeu de zueira. Somos um país de ignorantes, de iletrados. Um país daquilo que os russos chamam de nekulturny, uma massa inculta em todos os sentidos.

Perguntar se queriam tirar uma foto com Marcos Pontes não é amar ciência. E eu duvido muito que 49% dos entrevistados tenha dito isso. Nos 51% que querem conhecer o Neymar eu acredito. Se perguntar pros jovens, vão preferir conhecer o Felipe Neto e a Kéfera. Agora, hilário mesmo é apontar que 42% dos entrevistados gostariam de jantar com Celina Turchi. Eu tenho CERTEZA que a maioria de vocês que está lendo isto aqui não sabe quem é ela. Vão lá pesquisar, porque eu seguirei adiante.

Sério, gente. Vamos ser conscientes. Brasileiro odeia ciência. Brasileiro detesta cientistas. Vejam as maluquices que a Luíza Mell e seus fanáticos seguidores fazem. Vejam os lixos que colocam nos postos de saúde e hospitais do SUS, com dança holística do cacete a quatro. A guerra que foi a fosfoetanolamina. Os malucos que defendem Terra Plana e merda de Criacionismo. Temos mil e um exemplos do país de ignorantes em ciência que já começa pelas altas esferas do governo, já que pretendem agradar a uma população burra, senão, não conseguem se eleger no país que basta dizer que é taxista que se elege deputado.

NO CU que brasileiro gosta de ciência ou quer seguir carreira científica. Vão enganar outro com esta babaquice de entrevistinha de merda. Se brasileiro quisesse saber mais sobre ciência, canais de pegadinhas e nuteleiros não liderariam com folga as visualizações no YouTube.

Notícias assim até podem parecer ótimas, vibrantes e otimistas. Mas são mentira. Qualquer um que lida com divulgação científica reconhece na hora. Qual o objetivo de tal mentira? Não sei. Talvez se auto-enganar ou arrumar alguma vantagem ou lucro com isso. Não sei, não me importo. O que eu sei é que, se mentiram nesta parte, devem muito bem mentir em outras.


Fonte: O Globo, via Paulo Lopes, via Cardoso

Vaticano dá o maior apoio a disque-exorcismo
O caso do professor que era analfabeto por toda uma vida e ninguém percebeu

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!