Gente inocente não viu nada demais na cura-gay achando que não é cura-gay

Com a nova canetada juizeira que exorcismos, digo, cura gay tem validade, eu apontei o quão isto era imbecil, claro, as mentes puras, cândidas e totalmente tapadas, que não sabem como bancada religiosa funciona, disseram “não, André. Ninguém está falando de cura gay ali. O juiz estava falando de pesquisas clínicas e pesquisadores não podem ficar impedidos de atuar por causa daquela resolução do Conselho Federal de Psicologia.

Sim, tocante, não? Como eu falei, estas almas puras não sabem ler nas entrelinhas, nem mesmo da ata. Então, só resta apontar o óbvio e recomendar melhor atenção. Mas primeiro, cadê a ata?

//s.imgur.com/min/embed.js

Leram tudinho? Não viram nada de cura gay? Bem, textualmente não está lá, mas tem, SIM!, sobre re-orientação sexual. Deixem titio mostrar para vocês, seus 92%:

Entenderam agora?

Eu estou nesse lance de pegar texto amarradinho de fundamentalistas e extrair o que eles querem dizer. Não-raro, sempre acerto. É que nem aquelas baboseiras do Adauto Lourenço para tentar fazer com que a merda do Criacionismo seja mais real que história em quadrinhos. Fraseologia jurídica é legal, mas quando tiramos os termos empolados, temos o que realmente é o texto.

Além disso, vamos meter nas suas cabecinhas ocas que em nenhum momento a resolução do CFP impede de estudar ou estabelecer pesquisas clínicas. Também não impede de um homossexual receber tratamento. O que impede é essa ralé de “psicólogos cristãos” de tentar reverter homossexualidade de alguém.

Claro, estando a ilustríssima Rosangela Alves Justino, autora da ação, uma pesquisadora, ela deve ter uma sólida reputação no meio acadêmico e de pesquisa, possuindo um currículo lattes invejável, certo? Infelizmente, ela não tem lattes, mas tem um blog.

Pois é. Nem como psicóloga ela assina a autoria do blog. Mas a alma cândida de vocês acha que não é nada demais, não é cura gay nem nada. Alguns imbecis argumentam “nhé, se a pessoa procura um psicólogo porque tem disforia sexual, por que não procurar um já que não se identifica como gay?”

Pelo mesmo motivo que você compra tesouras próprias para um canhoto ao invés de tentar convencê-lo que é destro. Se bem que eu já vi freira amarrar a mão de um coleguinha meu no colégio, já que era “errado” escrever com a mão esquerda.

Continuem acreditando que não é nenhuma ideia fundamentalista tosca.

Um comentário em “Gente inocente não viu nada demais na cura-gay achando que não é cura-gay

  1. Sobre os canhotos: Mainha “era”. Como teu amigo, ela também teve a mão amarrada na alfabetização em colégio de freiras. Resultado: escreve com a mão direita mas tem uma letra péssima e uma precisão sofrível.
    Espaço aberto abaixo para as analogias cômicas……

Deixe uma resposta para Adriano Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s