Igreja londrina celebra missa para gays

papa-gay.jpgA essa altura do campeonato, vem-me à mente uma série de europeus se mudando para Londres. Alguns deles serão, segundo me parece, provenientes de Portugal e possuem blogs criacionistas. O motivo é que uma igreja católica em Londres fará uma missa totalmente dedicada a homossexuais. E se pensam que isso é uma dissenção dentro dos contrafortes do Império do Mal Vaticaniano, esqueçam. A atitude foi sancionada, estimulada, selada, registrada, carimbada, avaliada e rotulada pelo Vaticano. Isso não é motivo para quem quiser voar até lá? Pelo menos, a taxa não é tão alta como ir pra Lua.

Todas estas preparações antecedem a chegada do Imperador Palpatine Ratzinger e seu séquito. Agora, os homossexuais poderão colocar os pés na igreja e assistir a uma missa sossegados. Qual o problema disso? Ao meu ver, nenhum, mas o amor e caridade cristãs sempre proibirão de forma definitiva (ou nem tão definitiva assim) a entrada de gays nas igrejas católicas. O que tem (literalmente) o cu com o hábito, eu não sei dizer. Reza a lenda que uma bichinha assistiu a uma missa e interrompeu o padre dizendo: “Olha, querida, eu AMEI o seu vestidinho, mas sua bolsa tá pegando fogo!”. Eu acredito nesta versão, pois o historiador prof. dr. Lírio Mário da Costa jamais mentiria.

Deixando isso de lado e voltando ao assunto, homossexuais não poderiam terminantemente ir às igrejas para comer Jesus (mas hein?), pois isso era considerado anti-cristão, apesar de Jesus dizer que o reino dos Céus pertenceria aos perseguidos e que os mansos possuirão a Terra. Mas sabemos que o Papa possui infalibilidade papal, mesmo quando contraria a Bíblia, que não fala nada em infalibilidade papal; e se o papa quiser contrariar o próprio deus dele, ele pode, porque papas são infalíveis, até mesmo quando falham. Acho que ficou fácil de entender, não?

Agora, com o advento da chegada do anti-cristo Papa, a ICAR faz papel de boa moça. Se isso continuará depois da visita, não sabemos. Duvido muito que os próprios lords Sith saibam, mas temos certeza de uma coisa: quem tem cúria, tem medo.

Questionado pela BBC se há alguma razão que impeça a realização de missas semelhantes em outras partes do Reino Unido, o arcebispo Vincent Nichols, líder da Igreja Católica na Inglaterra e no País de Gales, tirou o fi-o-fó santo da reta e tergiversou dizendo que: “(…) esta é uma decisão a ser tomada por um bispo, e é uma decisão em resposta a uma necessidade dos fieis”. Já as necessidades dos padrecos, nós sabemos bem demais.

2 comentários em “Igreja londrina celebra missa para gays

  1. O que diferencia uma missa para gays e uma para heteros? Tirando a parte que dizem que ser homossexual é pecado.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s