Neozelandesa leiloa fantasmas engarrafados

saci_garrafa.jpgE dando um giro pelo fantástico mundo da estupidez humana, fiquei aborrecido com algo que eu vi. Quando pequeno, fui apresentado ao folclore brasileiro. Muito bom, muito instrutivo (sem ironia ou sarcasmo). É uma amostra de nossa cultura popular e eu sempre gostei de ouvir causos sobre boitatás, Iaras, botos engravidando virgens (hummm, acho que vocês já ouviram histórias parecidas com essa) e, o que eu acho a melhor delas, o saci! Sim, o Saci Pererê, que é chegado a um fumo (politicamente incorreto, mas pelo menos não é fumo de procedência ilegal) e um gorro vermelho. O distinto pretinho perneta – que doravante chamaremos de afro-brasileiro com deficiência locomotora – sempre apronta umas molecagens, mas basta que arranquemos seu gorro fora para aprisionarmos o senhor Pererê numa garrafa.

Agora, os gringos se apoderam de nosso folclore, pois não possuem imaginação. O caso em questão é o de uma neozelandesa que leiloou garrafinhas que a dona metida a exorcista alega terem fantasmas aprisionados. Queremos que a OMC investigue isso. Impetremos um processo no Tribunal Internacional por plágio!

Segundo a responsável pelo leilão, Avie Woodbury, os gasparzinhos de um idoso e de uma criança assombraram sua casa na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, até que a versão do Constantine de lá foi chamado para capturá-los. Cerca de 220 mil manés se interessaram pela negociação, feita no site de leilões virtuais Trade me. A eles, Avie mandou uma conversa fiada dizendo que ela vinha enfrentando problemas com os ispritus, como chaleiras fervendo sozinhas, sentia algo me tocando na nuca, ouvia vozes vindo dos outros quartos, coisas desaparecendo e reaparecendo em lugares estranhos e todas aquelas baboseiras que vemos em filmes de terror tipo B. Só faltou ela dizer I see dead people… All the time. Para completar o “quadro” macabro, ela falou que o cachorro estava maluco e não entrava mais em alguns quartos, se bem que se eu fosse um cão e tivesse uma dona maluca, eu ficava era longe, mesmo.

Em julho do ano passado, a família decidiu recorrer a um exorcista, que teria posto fim às assombrações e encerrado-as em dois frascos com água benta, o que seria “a única coisa capaz de fazê-los dormir”. Assim, como ela não tinha o que fazer com os frascos (eu tenho uma boa sugestão onde ela pode enfiá-los), ela resolveu vendê-los no Trade me, alcançando a bagatela do equivalente a 2.500 reais. Legal, né? Acho que vou vender uma moringa com alguns boitatás.

Por algum motivo que eu não sei explicar, algumas pessoas duvidaram da veracidade do produto. Por que será?

Como disse P. T. Barnum, nasce um otário a cada minuto…


Fonte: BBC

3 comentários em “Neozelandesa leiloa fantasmas engarrafados

  1. Depois do Saci de Monteiro Lobato, a segunda coisa que me veio em mente foi uma das quests de Legend of Zelda: Ocarina of Time. Vai deixar essa passar, Nintendo?

    E, depois de ter visto gente tentando vender “Óleo do Santo Sepulcro” (Sim, isso mesmo), eu não duvido de absolutamente nada.

  2. A gente podia fazer uma vaquinha entre os leitores desse nobre Blog, comprar as garrafas e soltar na casa de um cético (na minha não que tenho medo) só para atestar a veracidade.. he! :)

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s