Nova liga metálica para próteses mostra que Stan Lee tinha razão

Eu já publiquei um artigo mostrando o quanto nosso corpo é perigoso para próteses de diferentes tipos. Essas próteses têm que ser leves, resistentes quimicamente, ter resistência à tração mecânica e não serem tóxicas. Normalmente, prefere-se platina e titânio, sendo este último mais usado em articulações. Só que u dos motes da Engenharia é “se algo não pode ser melhorado é porque está quebrado de vez”. Que tal se pudéssemos melhorar esta liga com adições dignas a história em quadrinhos?

Continuar lendo “Nova liga metálica para próteses mostra que Stan Lee tinha razão”

Albinos mutilados por feiticeiros da Tanzânia ganham próteses

Ser albino é uma bosta. Ser albino não garantirá que você tocará sanfona como o Sivuca. Agora, muito pior é ser albino num lugar tosco como a Tanzânia. Se você acha que a Tanzânia não é um lugar tosco, com gente ainda vivendo na Idade da Pedra, mude-se pra lá, onde se caçam albinos para matar para fazer poções mágicas. Claro, nem sempre matam os albinos, apenas mutilam, pois é muito necessário ter o braço e/ou uma perna de um albino para evitar paumolescência.

Agora, uma iniciativa internacional traz crianças vítimas desse descalabro e oferecem próteses gratuitas para elas. Obrigado, Filosofia!

Continuar lendo “Albinos mutilados por feiticeiros da Tanzânia ganham próteses”

Amputados controlam próteses de forma inconsciente

Diferente de Deus, a Ciência não odeia os amputados, não importando o que o japa filosófico diz. O que a Ciência odeia é ver tanta tecnologia não sendo aplicada, mas cientistas resolvem isso rapidinho. É uma questão de tempo e dinheiro, e algumas empresas têm de sobra, como a Össur, cuja página brasileira diz que é uma empresa líder mundial em sistemas não-invasivos de ortopedia que oferece tecnologias avançadas e inovadoras dentro dos campos de próteses, órteses e materiais terapêuticos. Em outras palavras, faz próteses.

Muitas empresas fazem próteses, mas a Össur (será que eles pensaram que acabaria num trocadilho em português?) desenvolveu uma prótese que recebe ordens direto do cérebro.

Continuar lendo “Amputados controlam próteses de forma inconsciente”

Amputado controla mão biônica por método não invasivo

Próteses para amputados, aqueles que Deus odeia, existem aos montes. Muitos respondem com o simples pensamento, abrindo e fechando a mão, movendo os dedos dos pés etc. Temos próteses em que você baixa o arquivo necessário e imprime numa impressora 3D. Conseguimos avanços a cada dia. Sejam para soldados voltando da guerra, seja para crianças que nasceram com alguma má formação.

As próteses mais maneiras precisam ser conectadas aos fisicamente aos nervos do paciente, de forma que seu cérebro passe as informações até o membro (não, não este). Mas e se pudéssemos fazer isso de modo não-invasivo?

Continuar lendo “Amputado controla mão biônica por método não invasivo”

Tese diz que próteses para deficientes seria eugenia. Área de Humanas, claro.

Uma "pesquisa" de doutorado conquistou o mais recente Prêmio Capes de Tese sugere que a ideia do próteses, exoesqueletos e quaisquer tecnologias que visam melhorar a vida de pessoas com deficiências físicas depreciam a identidade social dessas pessoas e não passa de eugenia. Assim, qualquer médico ou pesquisador é um eugenista FDP.

Este lixo foi defendido na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, pois essas merdas só podem surgir nos departamentos de Humanas, mesmo.

Continuar lendo “Tese diz que próteses para deficientes seria eugenia. Área de Humanas, claro.”

Quando substituir o tornozelo é o melhor para quem sofre de artrite

Um dos principais problemas do corpo humano é a dificuldade de reposição de peças. Imaginem: você tem u problema no braço, joga fora e coloca um novinho, zero quilômetro. Isso ainda não é possível para com os braços e pernas, mas outras partes não têm este problema, como é o aso de tornozelos, por exemplo, aquela parte linda que zagueiro trombador adora dar pisão.

Na cidade de Nova York, médicos pesquisam as melhores técnicas para tratar pessoas com artrite reumatoide, e uma dessas técnicas é a substituição do tornozelo.

Continuar lendo “Quando substituir o tornozelo é o melhor para quem sofre de artrite”

O que se faz com seus implantes depois que você morre?

Morte nunca é agradável. Salvo se for de algum rato, barata ou van que corta o seu carro, vindo pelo acostamento. Normalmente, a família fica com a cabeça cheia e, com isso, acaba-se esquecendo uma coisa: e se o falecido(a) tinha uma prótese w/ou implante médico? O que se faz com eles?

Se formos pensar bem, é uma pergunta intrigante. São milhões de peças como próteses de membros como braços e pernas, silicone para os seios, marca-passos e até dente postiço. Parafusos, pedaços de titânio para substituir ossos etc. Para onde vai tudo isso depois que a gente morre? Para o caixão? Algumas modelos que tem por aí, depois que morrerem, virarão uma poça de silicone.

Continuar lendo “O que se faz com seus implantes depois que você morre?”

Quer fazer um músculo? Pegue agulha e linha

Eu vejo próteses diversas e fico maravilhado de como a Ciência & Tecnologia. Ligas metálicas, polímeros, compósitos e tudo de melhor que se pode usar para substituir ossos está sendo usado. Ainda assim, e por mais que se use motores e amortecedores, ainda não conseguimos algo semelhante aos músculos.

Mas isso está sendo analisado. E quando você sair para pescar – sua mulher bronquear, diga que você vai pesquisar, para um músculo criar.

(deem um tempo. Ainda é quinta-feira)

Continuar lendo “Quer fazer um músculo? Pegue agulha e linha”

Homem recebe prótese de mão com capacidade de sentir tato

Há 9 anos, o destino foi cruel para com um homem. Este homem, por causa de um rojão ,perdeu uma de suas mãos. Dennis Aabo Sorensen viu sua vida esfacelar, pois perder partes do corpo não deixa ninguém feliz, ainda mais se não estava corroído por algum câncer. Denis. Só havia o pranto e o desespero. A tecnologia tinha provido Denis de uma prótese, mas não é a mesma coisa. Não poder acariciar alguém, sentir o toque liso e frio de um simples copo, é privarmos de um dos principais sentidos: o tato.

Em meio a luzes frias, um suave ruído dos reatores de lâmpadas fluorescentes, pessoas trabalham para contornar isso. Elas não olham pra cima pedindo soluções. Elas olham pra baixo buscando respostas;. e estas respostas deram a Denis a primeira mão capaz de registrar a sensação de toque. Sim, ele tinha tato novamente!

Continuar lendo “Homem recebe prótese de mão com capacidade de sentir tato”

Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas

Não, não é desse carpinteiro que eu estou falando. Este carpinteiro não gosta de amputados.O carpinteiro mágico que estou falando é Richard Van As (sim, você que sabe algo de inglês pensou a mesma coisa que eu e dá razão às mulheres em achar que nunca passamos dos 13 anos), um camarada muito legal que ao sofrer um acidente percebeu que podia fazer muito mais pras pessoas do que simplesmente se lamentar.

Continuar lendo “Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas”