Tag Archives: nanotecnologia

Pesquisadores imprimem coração zero bala, com vaso sanguíneo e tudo

Muitas pessoas tentam a todo custo consertar o que está estragado, mas tem horas que não tem jeito. E se você reclama, tem sempre um idiota que diz “Não gostou? Faz melhor”. Bem, o pessoal da Universidade de Tel Aviv disse para segurar o arak deles enquanto “imprimiam” um coração completo e vascularizado. Se HaShem não fez coisa que preste, nós dar jeita!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Medinho de agulhas? Toma várias, então (microscópicas, claro!)

Eu detesto agulhas, que nem essa aqui do lado. Todo mundo detesta. Agulhas são algo que eu tenho que lidar e prefiro receber injeção (como numa vacina) do que uma doença infecto-contagiosa. Ainda assim, não gosto de agulhas. Seria legal que houvesse um sistema para entregar remédios e vacinas sem usar agulhas. As pistolas até são eficazes ou aqueles dispositivos de aplicar insulina, mas poderíamos ter algo melhor, certo? Algo como aplicar por meio de um tecido composto por nanoagulhas, capazes de entregar o precioso medicamente sem machucar as nossas queridas células.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bluetooth na cabeça: um sistema para ver o que anda no seu cérebro

Verificar o que as pessoas têm na cabeça é uma tarefa nem sempre muito fácil. A parte fácil não é lá muito bem aceita; além de sujar o machado e a sala, os comitês de ética faça enchendo o saco para que o paciente, no mínimo, saia vivo. Outros procedimentos, apesar de não serem tão divertidos, envolve eletrodos e/ou maquinário de grande porte, o que complica muito. Enfiar eletrodos no cérebro seria um meio-termo, mas também causa problemas, como tudo ser muito bem esterilizado e ter fios, muitos fios, de um lado pro outro. Seria legal se pudéssemos colocar um implante definitivo (ou quase) no cérebro e ele mandar de lá de dentro todas as informações que precisássemos, sem necessariamente usarmos fios conectores.

Sim, uma espécie de cérebro bluetooth. Tudo fica melhor com bluetooth!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A fantástica viagem de um micromotor caçador de bactéria

Eu gosto de motores. Não aquelas porcarias como os dos carros da Tesla Motoros. Meh, que graça tem aquilo? (Eu quero um! Me deem de presente. Dane-se se estou me contradizendo. Eu abrigo multidões!) Motor maneiro são motores de um pentelhonésimo de milímetro. Um motor inteiro que pode estar dentro do seu corpo e pronto para impulsionar alguma nave que possa fazer uma viagem fantástica.

Cientistas adoram pesquisar motores em escalas micronanicas. Então, cientistas japoneses (não façam relações sobre a anatomia deles) criaram motores em nível celular, movidos a peróxido de hidrogênio. Legal, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bio-bots: os robozinhos biológicos

Você gosta de robôs, eu gosto de robôs. Mais legal que robôs só dinossauros, mas enquanto os dinobots não chegam, que tal ter um robozinho amigo só seu? Não, não necessariamente o R2-D2, aquele robô com formato de lixeira cheio de cabos USB. Existem pequeníssimos robôs chamados bio-bots, criados em 2012, que são capazes de dar um rolé pelo seu corpo, sendo movidos apenas pelas suas hemácias. Isso é muito legal, pois tecnicamente os bio-bots não precisam de motor interno para se moverem, aproveitando a energia do próprio corpo.

Claro, não existe almoço grátis e sempre tem um probleminha. O probleminha é que o coração, aquele safadeeenho, insiste em bater 24h por dia. Como resolver isso? Parada cardíaca? Seria interessante, mas acho que alguém defenderia que isso não é lá muito ético. #Comofas?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Nanofibras para ajudar seu osso a se recuperar? Temos, também

Todo dia sai notícia sobre grafeno. Eu já nem me interesso mais em divulgar essa bosta, pois grafeno faz tudo… menos sair do laboratório. Sendo assim, vamos dar uma olhada em outros materiais para saber o que andam fazendo de legal por aí, como é o caso de uma tese de doutorado que propõe o uso de nanofibras para cicatrização de fraturas ósseas. Legal, não?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Nanossatélites: As próximas pequenas grandes coisas

Nanossatélites são uma realidade. Há kits de hobbystas, alunos pesquisam, como os do Ubatubasat e até grandes empresas. Eles são baratos (salvo se for construído por universidade brasileira, que adora um superfaturamento), eficientes e excelentes pro que se prestam.

Claro, a NASA está com seus brinquedinhos prontos para serem lançados em breve. Não substituirão os satélites maiores, mas esses pequenos também têm muito a contribuir.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisa estuda como plantas podem ser usadas para detectar explosivos

Venenos não são legais. Contaminantes não são legais. Tudo o que não for natural e não deveria estar num determinado lugar não é legal. O problema é semelhante a xixi na piscina: depois que está lá é difícil tirar, mas, como sempre, podemos dar um jeito. Exceto no caso do xixi.

Remover contaminantes do solo não é nenhum problema, ainda mais tendo tempo e dinheiro. A questão é que é um processo complicado, demorado e caro. Nem sempre se age com a rapidez necessária antes dos contaminantes se espalharem e caírem em lençóis freáticos, alastrando-se pelo subterrâneo. Será que há alguém que pode nos defender?

Sim, existem heróis anônimos capazes disso. São os químicos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Máquinas de DNA como termômetros em nanoescala

Existe dois tipos de Ciências. Existe a Química, que mudou o mundo, nos deu capacidade de sobrevivermos em ambiente hostil, possibilitou que pudéssemos criar ferramentas, ligas metálicas, combustíveis, motores, ar-condicionados, venceu doenças, nos deu medicamentos e a capacidade de criarmos toda a sorte de apetrechos tecnológicos. E existem as outras.

Enquanto o pessoal reclama sem nenhuma justificativa da assertiva acima, químicos – com eles a oração e a paz – criaram um termômetro DNA programável, 20 mil vezes menor do que um cabelo humano. Agora, fale-me da sua pesquisa sobre gente defecando em retrato de políticos na rua.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisadores usam nanopartículas para evitar hemorragias

Sangramento não é legal. A vida da gente se esvai, literalmente, ainda mais quando se é portador de doenças que dificultam a coagulação do sangue que eventualmente serviria para servir de tampão, para que mais sangue não saia correndo. Seria legal ter alguma forma de impedir sangramentos, não é? Seria mais legal se usarmos nanopartículas, já que, vocês sabem, nanopartículas são maneiras e assim como bluetooth, tudo fica melhor com elas.

O problema é inventar algo do zero. Mas só um perfeito idiota vai reinventar algo do zero, se podemos imitar o que a Natureza vem testando a 3 bilhões de anos, premiando as experiências que mais deram certo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας