Crente chato fica bolado pois sua monografia foi tida como vagabunda (ou quase isso)

Advogados são criaturas que fugiram do mundo de Qward, no universo de anti-matéria. Advogados vivem num mundinho próprio, onde as leis que usam são aquelas que suas mentes acham que valem, como no caso do 2 + 2*. Eles são tão bitolados que se dizem "estudantes de Direito", apesar do contra-senso. Quando se coloca o fator religioso, então, temos a insanidade beirando níveis épicos, como o caso de um estudante de advocacia (que nunca fará nada direito na vida) resolveu entregar um TCC sobre como Jesus é um cara maneiro e é importante para os presos.

Sorte nossa que ainda há gente sensata neste mundo a ponto de usar esta maravilha como fralda de cachorro.

Continuar lendo “Crente chato fica bolado pois sua monografia foi tida como vagabunda (ou quase isso)”

Voz dos Alienados 56

Yeah, they’re back! Em 2012 tivemos muitos companheiros que, à sua maneira, resolveram participar com artigos do Cet.net. Como ter inteligência e cultura para escrever um artigo é querer demais de algumas pessoas, estes maravilhosos espécimes contribuíram, então, com o melhor de si mesmos, e é graças a eles que tivemos, temos e (infelizmente) teremos a Voz dos Alienados, agora em temporada 2013!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 56”

Índios, hipócritas e politicamente ditatorial

Eu não sou mais criança. Sei bem que conceitos são lindos no papel, mas não passam de conceitos, não existindo no mundo real. Liberdade de expressão, debates civilizados e coisas assim são lindos em princípio, subitamente largadas de mão quando colocamos nosso primeiro post num blog e liberamos os comentários.

A bola da vez é um jornalista que deixou clara a sua opinião sobre a palhaçada que anda nas redes sociais. O bando de adolescentes retardados resolveram contra-atacar e a tapioca bateu no ventilador.

Continuar lendo “Índios, hipócritas e politicamente ditatorial”

Delegados, Ursinhos e Gulags

Existem muitos conceitos por aí. No mais das vezes, não passam de conceitos, sem aplicação real de uma forma ou de outra. Um exemplo disso é a "liberdade de expressão", onde você, em tese, teria salvaguardado seu direito de se exprimir, nas conformidades da Lei, claro. Claro que isso não implica em ofender a honra de alguém ou uma categoria, como dizer que a diferença entre polícia e bandido é a farda. Eu jamais ofenderia a classe policial, mesmo tendo tido voz de prisão certa vez por ter socorrido uma pessoa que foi surrada. Na mente do seu puliça, se eu estava socorrendo é porque EU tinha sido o perpetrador da surra.

No outro extremos temos políticos, que não gozam de boa popularidade entre a população populesca, mas ontem foi diferente. Graças ao deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) a população tuiteira teve grandes momentos de diversão, ainda que de forma não intencional.

Continuar lendo “Delegados, Ursinhos e Gulags”

Padre polonês não conversa: Ajoelhou tem que lamber

Esse é o uádafûque da semana. Algum tempo atrás, sacerdotes poloneses ficavam perscrutando os céus. Um padre polonês pimpão fazer uma festinha, ritual de admissão ou alguma merda nesse sentido para os alunos recém chegados. O trote, se é que podemos chamar assim, era fazer os alunos caminharem de quadro e lamber chantily do joelhão do padreco. Afinal, WHAT THE PORRA IS THIS?

Atacando sacerdotes gosmentos de joelhos tortos, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Padre polonês não conversa: Ajoelhou tem que lamber”

No Canadá, casas assassinas matam pássaros indefesos

Eu estou aqui pensando como o Peta não toma uma atitude com certas ocorrências. Isso é devido ao lobby dos cães e bois, para desviar a atenção de crimes mais ferozes, que estão tendo lugar nas terras da Polícia Montada do Noroeste. Apesar do pessoal da Montada não falha, às vezes eles preferem sair atrás de pinguins ao invés de tomar conhecimento do morticínio

De acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Alberta, casas canadenses são responsáveis pela morte de 22 milhões de aves anualmente. E ao que parece não tem nada a ver com possessões demoníacas. Ou será que têm?

Continuar lendo “No Canadá, casas assassinas matam pássaros indefesos”

Voz dos Alienados 53

O pessoal de São Paulo está bem antenado ao que a prefeitura anda "pensando" sobre esse negócio de livros. Livros são coisa do demonho, fiquem longe deles. Mesmo livros religiosos estão no Index. Então, vocês podem até ter o livro religioso, mas NÃO LEIAM! Isso acarretará em você saber mais sobre sua religião e o primeiro passo para o ateísmo é SABER sobre religiões.  Como bons seguidores dessa máxima, as Ovelhinhas do Senhor acabam… bem, acabam sendo o que sempre foram.

A vocês, Ovelhinhas, nosso agradecimento. Sem vocês, nunca teríamos o VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 53”

Fique avisado: livros não são bem-vindos em São Paulo

O Ministério da Verdade paulistano é cioso de suas obrigações. Essa onda de cultura e informação não é algo para se deixar solta. Vai que alguém, sei lá, comece a questionar o mundo? Daqui a pouco teremos o quê? Apelo à Liberdade? Nós, betas, não queremos pensar nisso. Acabei de tomar meu soma e estou aqui na minha, deixando que as grandes decisões sejam tomadas pelas suas fordezas que enviaram a Polícia do Pensamento para conter os vazamentos e se o senhor Guy Montag não nos trair, teremos êxito!

Isso porquê? Por causa de uns baderneiros que – Ford nos Livre! – estavam distribuindo livros gratuitamente no Viaduto do Chá (em Novilíngua, "Chá" significa "Camelô"). Graças ao Napoleão, o traidor Bola de Neve foi contido, embora o farsante tenha fugido para Eurásia.

Continuar lendo “Fique avisado: livros não são bem-vindos em São Paulo”

As falsas citações sobre Evolução

Criacionismo é o tipo de piada que uma vez contaram num bar e o pessoal acreditou. Os idiotas que acreditaram não aceitaram que o cara que contou a piada dissesse que eles tinham sido trollados, então, para justificar suas imbecilidades, começaram a criar histórias fictícias, com citações fora de contexto. Desonesto, não? Pois, é, eu também acho. Alguém que segue um livro dizendo "Não prestarás falso testemunho" não deveria mentir feito um bando de desclassificados, mas é o que eles fazem.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Voz dos Alienados 50

É galo na cabeça. Nem que seja na cabeça do monte de retardados que escrevem besteira aqui. Eu já nem fico pensando que a insânia deixou de existir, pois sempre tem um animalzinho pronto para alegrar a vida de vocês, meus súditos! entre malucos espíritas, idiotas rosacruzes e faxineiros de univerçidádis que insistem em escrever besteira, mas saem correndo com o rabisteco entre as pernas quando eu pergunto coisas simples, o mundo continua o mesmo e vocês podem se deliciar com mais uma edição da sua, sempre sua, para sempre sua: VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 50”