Hora de dar um brilho charmoso no seu colesterol!

Você está cansado de ouvir falar de LDL e HDL. Já até decorou que HDL é o colesterol bom e LDL é o colesterol fidaputa. A bem da verdade, o LDL não é uma gordura em si (por “uma” gordura, estou falando de ser uma substância específica), mas sim um complexo de gordura e proteína. Esta bagaça faz o lindo favor de dar um help para placas de gordura darem um rolê no corpo, até que a miserenta grude nas paredes dos vasos sanguíneos. Já sabe que daí é pra se ferrar, né? Então!

Para saber como anda o colesterol, pesquisadores resolveram ficar brilhando no escuro. Tudo que fica brilhando no escuro é maneiro. Chernobyl e Goiânia não me deixam mentir!

Continuar lendo “Hora de dar um brilho charmoso no seu colesterol!”

Tratamento de reposição de testosterona pode fazer mais mal do que bem

Com a idade, não somos mais quem costumávamos ser. Homens têm diminuição de níveis de testosterona, o hormônio masculino. Com isso, vem de presente perda de massa óssea e consequente aumento do risco de fraturas, perda de força por diminuição da massa muscular, aumento da massa gordurosa, fadiga, aumento da resistência à insulina e do risco de diabetes, depressão e comprometimento das funções cognitivas. Alguns tratamentos para isso requerem reposição de testosterona. Fácil de ser resolvido, certo? O que vem fácil vai fácil.

Uma nova pesquisa aponta a ligação entre terapia de reposição de testosterona com maior risco de sofrer acidente vascular cerebral isquêmico ou infarto do miocárdio, especialmente durante os dois primeiros anos de uso.

Continuar lendo “Tratamento de reposição de testosterona pode fazer mais mal do que bem”

Finlândia Informa: Ovo não faz bem, mas não te ferra. Ou sim, sei lá, ninguém sabe

Deixe-me checar aqui. Cura do Alzheimer? Não. Novo tratamento do autismo? Também não. Dá pra substituir remédios pela alimentação? Não, nad disso. O que estaremos publicando hoje. AH, SIM!

Bem, uma nova pesquisa mostra que o consumo de até um ovo por dia não está associada a um risco elevado de acidente vascular cerebral. Não é que ovo faça bem, mas não faz mal. Sim, esta é a nossa notícia de hoje: você não estará ferrado comendo um ovo por dia!

Continuar lendo “Finlândia Informa: Ovo não faz bem, mas não te ferra. Ou sim, sei lá, ninguém sabe”

Além de ter câncer, ainda engorda

Mercúrio e chumbo são metais pesados. O problema básico deles é a nossa incapacidade de removê-los de nossa corrente sanguínea, já que os rins não conseguem filtrar o sangue a ponto de se livrar dessas duas substâncias. Este problema não é só nosso, pois, outros animais também não conseguem se livrar desses dois metais. Peixes são um belo exemplo, e o problema é que nós ingerimos peixes. Muitos peixes estão contaminados com mercúrio e chumbo. Daí você vai dizer “beleza, basta ser vegetariano, certo?” errado, pois plantas TAMBÉM estão contaminadas com chumbo, mercúrio e outros metais peados.

Mas calma que o negócio ainda é pior do que você pensa.

Continuar lendo “Além de ter câncer, ainda engorda”

Terapia genética cura ratinhos com diabetes tipo 2

Diabetes tipo 2 é uma doença seríssima. Só aqui no Brasil, o número de diabéticos cresceu 61,8% e há estudos apontando que 80% das pessoas com diabetes tipo 2 falecem em decorrência de problemas cardíacos. Foi pedido ajuda aos doutores. O primeiro que apareceu era um doutor em Filosofia, mas ele disse que nada se podia fazer, pois todos iríamos morrer de qualquer forma. Perguntaram a uma doutora de estudos de gênero como poderia-se combater a diabetes, mas ela alegou que querem combater só porque “diabetes” era uma palavra feminina e isso significava ação do machismo propalado pelo patriarcado opressor. Finalmente, perguntaram a uma cientista de verdade. A resposta veio com uma terapia genética.

Continuar lendo “Terapia genética cura ratinhos com diabetes tipo 2”

Pesquisa busca a origem das células que formam tecidos cardíacos

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), as doenças cardiovasculares são as principais responsáveis por morte no mundo. Só em 2106, as vítimas por problemas coronarianos somaram 17 milhões de pessoas, levando em conta ataques cardíacos e derrames. Resumidamente, ataques cardíacos matam, pois, fazem com que partes do tecido do coração não sejam alimentados por sangue e acabem morrendo. Com isso, o coração não faz aquilo que foi inteligentemente projetado: bombear sangue. Infelizmente, o projeto tem problemas e em muitos casos, o coração acaba tendo reduzida a sua capacidade de bombear sangue.

Para tentar reverter isso, é preciso que novas células cardíacas sejam produzidas, refazendo o tecido. Estas células são chamadas de “cardiomiócitos” e há evidências que o coração produz novas células após o desenvolvimento da primeira infância. O problema é que ninguém sabe de onde essas células vieram. Hora de usar os poderes da tecnologia médica para resolver isso.

Continuar lendo “Pesquisa busca a origem das células que formam tecidos cardíacos”

Pesquisa estuda substâncias que impeçam coágulos excessivos causando AVC

Pode ser possível perturbar os coágulos sanguíneos prejudiciais em pessoas com risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral sem aumentar o risco de sangramento, de acordo com um novo estudo publicado na Nature Communications .

Coágulos são coisas muito legais, que principalmente nos ajudam a não ficar sangrando até a morte. Hemofílicos adoram eles. Uma pena que quem sofre de ataques cardíacos e/ou AVC já não pensem o mesmo, pois a Natureza tem a mania de transformar algo legal e uma coisa que pode estragar os seus dias.

Continuar lendo “Pesquisa estuda substâncias que impeçam coágulos excessivos causando AVC”

Carne Vermelha causa diverticulite, segundo “pesquisa”. Mas a realidade…

Ser jornalista é algo complicado. Tem que achar uma matéria suculenta, fazer pesquisa, investigar, entrevistas milhões de pessoas, escavar, catar dados, redigir a matéria, tomar esporro porque não veio com fotos do Homem-Aranha e, por fim, consegue uma matéria bombástica, para depois ser desacreditado, ameaçado, perder o emprego, enveredar pro álcool, perder a família e ser assassinado num quarto de motel barato (aprendi isso com os filmes).

Já ser jornaleiro é muito mais fácil. Pega uma pesquisa com conclusão na base do erro estatístico e vende como o Apocalipse culinário, a morte em vida, a geração zumbi do inferno e todo mundo prestes a morrer de forma horrível porque comeu um bife.

Continuar lendo “Carne Vermelha causa diverticulite, segundo “pesquisa”. Mas a realidade…”

Novo teste prevê futuro risco de doença cardíaca em adolescentes

Atualmente, ninguém tem mais algo que possa ser considerado como alimentação saudável. A não ser que você more no interior e plante as suas próprias batatas, como Mark Watney fez. Se você pensa que suquinho de caixa é mais saudável que refrigerante, se enganou. Alimentos congelados? Não, também não. O que é saudável que possa ter vindo de processo de industrialização? Bem… nada, mas você não vai virar caçador-coletor por causa disso, né?

Nos EUA, o índice de obesidade infantil está alarmante e pesquisadores se penduram para estudar para saber qual a probabilidade de algumas delas terem doenças cardíacas no futuro. Dessa forma, uma pesquisa promete ser promissora ao prever se um adolescente apresentará doenças cardíacas no futuro, mesmo que não esteja no quadro de obesidade mórbida, já que isso seria fácil demais.

Continuar lendo “Novo teste prevê futuro risco de doença cardíaca em adolescentes”

Pesquisadores usam nanopartículas para evitar hemorragias

Sangramento não é legal. A vida da gente se esvai, literalmente, ainda mais quando se é portador de doenças que dificultam a coagulação do sangue que eventualmente serviria para servir de tampão, para que mais sangue não saia correndo. Seria legal ter alguma forma de impedir sangramentos, não é? Seria mais legal se usarmos nanopartículas, já que, vocês sabem, nanopartículas são maneiras e assim como bluetooth, tudo fica melhor com elas.

O problema é inventar algo do zero. Mas só um perfeito idiota vai reinventar algo do zero, se podemos imitar o que a Natureza vem testando a 3 bilhões de anos, premiando as experiências que mais deram certo.

Continuar lendo “Pesquisadores usam nanopartículas para evitar hemorragias”