Rondônia acha que adolescente não pode ler livros. Vão distribuir rótulo de shampoo?

Aquele que não aprende História corre o risco de repeti-la!

Bem, está se repetindo. Em 2010, o Conselho de Educação veio com uma de proibir o uso de livro de Monteiro Lobato em colégios. Os motivos é que ele era racista, preconceituoso e coisas afins. Pegaram como exemplo que o livro chama Tia Nastácia de negra. Acho que era para chamar de “moreninha”. Mas isso já era de outro autor. Para um pesquisador da USP, Monteiro Lobato era racista. Sim, ele era. Shakespeare também era. Vamos cancelar o Mercador de Veneza?

Bem, tanto bateram que começou um barata-voa para tirar das escolas livros “malvadinhos”. O problema é que o vento que venta lá, venta cá. E chegou a vez de Rondônia de proibir o uso de alguns livros tido como muito errados.

Continuar lendo “Rondônia acha que adolescente não pode ler livros. Vão distribuir rótulo de shampoo?”

Twitter do Ceticismo apagado. Ó o Ceticismo de volta aí!

Se você me segue no Twitter, é capaz de não ter percebido, já que isso dependerá da frequência que você acessa. Bem, o Twitter volta e meia me sacaneia suspendendo a minha conta. Na última vez, eu fiquei puto e criei uma conta de backup.O problema é que não pode dizer que pessoal lacrador está errado e que índios saem caçando a torto e a direito, inclusive causando extinção de espécies.

O curioso do Twitter é que ele mesmo já falou que o viés dele é mais pro lado esquerdista. E não se pode questionar índio, mesmo quando o “índio” é o pessoal com arqui8nho e flechinha no perfil, mas é branco que mora na cidade e pede comida pelo iFood. Moral da história, tomei ban de vez, e o ban da conta de backup que eu não usava.

Continuar lendo “Twitter do Ceticismo apagado. Ó o Ceticismo de volta aí!”

Artistas, censuras, pênises cortados e puritanismo. Escondendo o que todo mundo já viu

Dizem que quem não estuda história corre o risco de repeti-la. O mundo segue eventos cíclicos em termos de comportamento geral. Um exemplo é a onda que intercala períodos de liberou geral com o que eu chamo de “recatismo”. Alguns chamariam de “conservadorismo”, mas eu leio isso e penso “o que estão conservando?”. É uma questão de semântica, prefira o termo que quiser, não é este o assunto.

De tempos em tempos, atitudes (principalmente as idiotas) acabam sempre se repetindo, e agora temos um vislumbre disso quando a UNESCO achou que nudez, apesar de bonita (às vezes) ofende a moral e os bons costumes e acabou por cobrir estátuas peladas.

Continuar lendo “Artistas, censuras, pênises cortados e puritanismo. Escondendo o que todo mundo já viu”

Depois de meses com o Artigo 13 aprovado, a Internet já acabou?

A Diretiva da União Europeia sobre o Direito de Autor foi aprovada, inclusive o famigerado artigo 13, aquele artigo que fará com que a Internet acabe, porque não poderá ter um bonequinho no fundo. O problema é que o artigo 13 não dizia isso, mas o bando de imbecis que são contra ele sequer leram a normativa, e saíram vociferando, pois o youtubeiro amado disse que é ruim, e as pessoas são burras demais para procurar saber (isso vale pros youtubeiros retardados também).

Eu postei este vídeo em 6 de abril. Estamos em junho e o Artigo 13 está aí firme e forte.Mas e aí? Já acabou a Internet?

Continuar lendo “Depois de meses com o Artigo 13 aprovado, a Internet já acabou?”

Lei profissionaliza blogueiros. Ferro quente em breve

Uma coisa que sempre causou problemas ao Estado foi certos indivíduos com a mania de pensar por si mesmos, e isso desde os tempos de Sócrates (o filósofo, não o jogador de futebol, que nem pênalti sabia bater). Se analisarmos que não é muito legal estar certo num ambiente com todo mundo errado (a bênção, François Marie), ser aquele indivíduo que fala umas verdades acaba não dando muito certo e os membros constituídos do Poder estabelecido não veem isso com bons olhos, a ponto de dar uma forcinha para impedir isso.

Liberdade de pensamento é muito legal, mas só quando você guarda para si, como qualquer garçom pode atestar. Não é mesmo, sr. Lindomar? Continuar lendo “Lei profissionaliza blogueiros. Ferro quente em breve”

Pedagogia da Liberdade ou “Vê lá o que se anda escrevendo”

As pessoas andam com a ideia errônea que vivemos num país livre, com direito a expressar opiniões. Quer dizer… direito de expressar sua opinião você tem, desde que esconda de seu chefe. Se meus chefes pararem para ler o Ceticismo.net, ensinarão História das Religiões, com o detalhe versando sobre a Inquisição, comigo sendo usado como exemplo do que faziam com as bruxas, que não cremos, mas que existem, existem.

Como eu sou esperto o suficiente para não dar nenhuma pista a ninguém do que ando escrevendo no meu blog, não corro o risco que um professor de Literatura tomou pela cara. Ele tem um blog de contos eróticos e acabaram f… errando a vida dele.

Hoje não é sexta-feira, mas é insano assim mesmo!

Continuar lendo “Pedagogia da Liberdade ou “Vê lá o que se anda escrevendo””

Conselho de Educação quer proibir uso de livro de Monteiro Lobato

O MEC é uma das mais fantásticas áreas do Governo, onde o absurdo é algo comum e a bizarrice é a ordem do dia. Antes, eles queriam acabar com o problema da repetência com o sistema de aprovação automática, a secretária do MEC acha que escolas não servem pra nada e o PNAD mostrou o lixo como as coisas andam. Mas você achou que nada de pior podia acontecer, mas aconteceu: O MEC acha que Monteiro Lobato era um escritor racista e resolveu banir os seus livros das escolas públicas, pois eles incitam preconceito, chauvinismo, maus tratos com animais e até pedofilia… Ok, a parte da pedofilia é um tanto de exagero, mas convenhamos que falta pouco.

Defrontando-se com a ignorância e o analfabetismo governamental, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Conselho de Educação quer proibir uso de livro de Monteiro Lobato”

Irã barra cursos acadêmicos considerados “ocidentais” demais

Ciro, o Grande (na verdade Ciro II) foi um dos maiores governantes da Pérsia, apesar de não ter estrelado nenhum video-game. Ele viveu entre 559 e 530 A.E.C., tendo morrido numa batalha contra os Massagetas. Seu governo foi marcado com tolerância (civil e religiosa) e foi ele o responsável por libertar alguns pastores de cabras que tinham sido capturados por Nabucodonosor. Ciro não foi enviado de Javé, posto que nem judeu era. Era um homem inteligente, culto e bom diplomata. Ele proibia terminantemente que cidades que caíam sob as sandálias de seus exércitos fossem dilapidadas e a população civil sofresse um mísero arranhão. Soldados são um caso à parte, obviamente.

O tempo passou, o mundo mudou e a civilização persa não é a mesma de outrora. Até mesmo o nome mudou, recebendo o nome de Irã. O que antes fora um reino bem organizado, com respeito por toda forma de cultura, palácios, bibliotecas e centros de estudos, hoje vemos a piada que o país se transformou, onde as universidades terão que mudar seu currículo e parar de oferecer cursos que foram considerados “ocidentais demais”. Se você acha que isso é absurdo, não deveria, pois foi com um discurso desses que o Aiatolá Khomeini conseguiu derrubar o Xá Reza Pahlevi (apesar que não foi APENAS isso).

Continuar lendo “Irã barra cursos acadêmicos considerados “ocidentais” demais”

Orwell feelings: Blog tem domínio congelado sem aviso prévio

Boa tarde, senhoras e senhores passageiros. Discurpe encomodar o silêncio e a paz de sua viajem, mas estou aqui umiudementi para solicitar QUE PAREM A PORRA DO MUNDO!

Se já não bastava vivermos num sistema autocrático, (des)governado por uma escória que entende unicamente de estrelar escândalos, mesmo tendo posado de baluartes da moral e dos bons costumes, vejo que estamos a cada dia melhorando mais ainda, numa cubanização maravilhosa de nossos procedimentos inquisitoriais. Sim, vivemos num estado de direito democrático, cujo único direito que você pode usufruir é o de calar a boca. Como tal não aconteceu com o blog Tijoladas do Mosquito de livre e espontânea vontade, o mesmo teve seus vários domínios congelados pela (in)Justiça. Motivo? Não sei, porque nem mesmo o dono do site foi avisado do motivo. Kafka está dando gargalhadas a essa altura.

Continuar lendo “Orwell feelings: Blog tem domínio congelado sem aviso prévio”

Igreja quer indenização por uso do Cristo Redentor no filme ‘2012’

jesus_facepalm.jpgO Império do mal está em polvorosa. Só não entendo do motivo de demorarem tanto para certas coisas. O reduto dos lords Sith do Rio de janeiro, mais conhecido como Arquidiocese do Rio, está fulo da vida com Roland Emmerich, famoso por fazer filmes B fazerem sucesso, como no caso de Independence Day e O Dia Depois de Amanhã. No mais recente filme B transformado em sucesso, 2012, Emmerich explora o mito ridículo que em 2012 haverá uma espécie de apocalipse (ver O Fim do Mundo em 2012). No filme, muitos lugares ao redor do mundo sofrem terremotos e desastres cataclísmicos. Só que o que os stormtroopers vaticanianos não contavam é ver a destruição da estátua do Cristo Redentor. As forças malévolas da dimensão de QWARD se rebelaram e instam por uma retratação do diretor.

Cataclismicamente, esta é a segunda edição da QUINTA INSANA!

Continuar lendo “Igreja quer indenização por uso do Cristo Redentor no filme ‘2012’”