Pais idiotas não se tocam com filho aterrorizado ate verem que tinha gente observando a criança

O medo é uma coisa horrível. É algo que entranha nas nossas entranhas. E se você acha que um adulto sofre muito quando está com medo, uma criança pequena mais ainda. Foi o caso de Aidan, um menininho muito simpático de apenas 2 aninhos. O problema dele? Ele não estava sozinho no quarto, e isso o aterrorizava.

Aterrorizaria até você.

As babás eletrônicas foram um achado, mas não substituem pai e mãe. Ainda assim, é uma mão na roda, porque do seu quarto dá pra saber o que está rolando no quarto do seu bebê. Ou quase. O caso de Aidan mostrou que paranoia, às vezes, vem bem a calhar, pois até os paranoicos têm inimigos.

Jamie e Claire Cummings são os pais de Aidan. Eles andavam preocupados porque o filho não parecia dormir bem à noite, não queria ir para seu quarto e tinha gritos aterrorizados. Como são pais jovens, são dois idiotas que não prestaram atenção nos sinais. Havia algo de errado com Aidan, mas deixaram pra lá. Claire volta e meia ouvia sons esquisitos durante a noite, coo se fossem vozes vindas do quarto de Aidan. Ok, é um sonho, pensou a imbecil da mãe.

O pai, outro idiota, estava achando muito normal a criança acordar de noite aterrorizada e ficar inquieta ao longo do dia, piorando na hora de ir dormir. Liga a babá eletrônica e tá de boas. Não que ele iria ficar acordado. Bem, uma hora deu ruim quando Claire acordou de noite, passou pelo quarto com a criança chorando e a voz de um homem saindo da babá eletrônica fazendo “Psiiu”, pro moleque parar de chorar; o que, óbvio, só deixou o pequeno remelento mais assustado ainda, e a mãe ficou cagando de medo quando presenciou isso.

Aí sim a mãe babaca resolveu tomar uma atitude. Primeiro, jogou a babá eletrônica fora, viu que tinha várias reclamações a respeito e reclamou na Amazon, como se a Amazon fizesse aquele dispositivo merda e inseguro. Agora, a suspeita que o vagabundo que estava stalkeando o bebê tem feito isso há semanas. E os pais nem tchun. Deveriam ter uma conversinha com o Conselho Tutelar.

Moral da história, assim que os dois inúteis jogaram aquela merda fora, o bebê passou a ter ótimas noites de sono. E isso porque FINALMENTE a idiota da mãe e o retardado do pai prestaram um pouco de atenção no que estava acontecendo, mas foi no susto.

Lembrem-se: de nada adianta colocar uma babá eletrônica para ouvir o que acontece no quarto do bebê se você é um inútil e fica encornado dormindo feito um porco.


Fonte: The Sun

5 comentários em “Pais idiotas não se tocam com filho aterrorizado ate verem que tinha gente observando a criança

  1. Provavelmente esses pais devem achar que o conceito de babá eletrônica é um robô igual o dos Jetsons que substitui o trabalho dos humanos de zelar pela própria prole

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s