Pesquisa testa qual a melhor máscara caseira. Ah, e aprenda sobre tecidos também

Por causa do coronavírus, em muitas cidades – como o Rio de Janeiro – os prefeitos determinaram obrigatoriedade de sair à rua com máscaras. Seguindo a linha “enquanto alguns choram, outros vendem lenços”, começou um festival de pessoas faturando um dinheiro vendendo máscaras de tudo que é tipo, principalmente porque as pessoas são porcas e ficam tossindo e espirrando sem nem colocar a mão na boca (o que já estaria errado), espalhando perdigotos coronguentos para tudo que é canto.

Todo mundo atrás de máscaras tipo N95 ou PFF-2, mas dá para se proteger com máscaras caseiras. A questão é: qual máscara usar? Receita na Internet é o que não falta. Mas são úteis?

Continuar lendo “Pesquisa testa qual a melhor máscara caseira. Ah, e aprenda sobre tecidos também”

Pesquisadores desenvolvem mais um substituto das suturas

A cada dia surge uma nova técnica para fechar buracos abertos por cirurgiões. Tudo bem que alguns desses buracos não foram abertos pelos cirurgiões malvados. Quando soube disso, ser cirurgião perdeu toda graça pra mim. Damn!

Entre colas, suturas e fitas adesivas, qualquer técnica que ajude a fechar o que não deveria estar aberto é sempre bem-vindo. Com base nisso, pesquisadores do MIT desenvolveram uma fita adesiva estilo dupla-face que não só junta os tecidos, como aproveita e liga dispositivos médicos implantáveis ??ao corpo.

Continuar lendo “Pesquisadores desenvolvem mais um substituto das suturas”

A Ética dos órgãos feitos em laboratório

O mundo não é como antigamente. Tudo está cada vez mais complicado. As preocupações de outrora já são muito “meh”, e hoje temos que nos preocupar com outras coisas. Nosso conceito de ética muda com o tempo, e isso é um fato, pois, não existe Ética absoluta. Seria temeroso se houvesse. Antes era normal ter escravos, praticamente um direito dado pelo Senhor Jesus. Alguns decidiram que isso não era lá muito legal e argumentaram sobre.

Pensem o problema da ética nos transplantes. Primeiro, achava-se errado, já que você estava desmantelando o corpo perfeito que Deus criou (aquela perfeição que deu um tumor incurável). Depois, sobre a ética de doadores vivos. Hoje, podemos cltivar órgãos em laboratório. O que a Ética teria a dizer?

Continuar lendo “A Ética dos órgãos feitos em laboratório”

Pesquisadores desvendam novos genes responsáveis por alguns tipos de câncer

O bom de sermos um projeto divinamente planejado é a inexistência de doenças, principalmente as que são causadas por algum surto celular, em que células acabam se dividindo de maneira totalmente zoadas. Infelizmente, o mundo real não funciona assim. Essas mutações existem, câncer existe e se bobear você ainda contrai furúnculo na bunda.

Agora, cientistas descobriram novas ligações entre certas mutações genéticas no corpo e o risco de desenvolver câncer, mesmo em genes apenas vagamente associados com a doença.

Continuar lendo “Pesquisadores desvendam novos genes responsáveis por alguns tipos de câncer”

Íons cobre são associados a metabolismo de gordura

Você ouve falar sobre cobre e já pensa logo em fios elétricos, tubos e conexões. Na verdade, seus poderes vão muito além disso. Cobre é essencial aos seres vivos. Ele ajuda na formação das hemácias, ajuda na absorção do ferro para a hemoglobina, desempenha papel fundamental na formação do sistema imunológico e agora ele foi creditado como tendo mais uma função. Segundo pesquisa, o cobre desempenha um papel fundamental no metabolismo de gordura.

Mas como é isso? Bem, você saberá se continuar lendo o texto.

Continuar lendo “Íons cobre são associados a metabolismo de gordura”

Técnica híbrida mistura tecidos vivos e polímeros para restaurar ossos

Todos os dias, várias pessoas se acidentam, ou são acidentadas de propósito, se me compreendem. São batidas de carro, surras, quedas, catástrofes naturais e toda sorte (deveríamos dizer “azar”, mas não foi eu quem inventou a língua) de coisas erradas que podem ferrar com o nosso corpo, principalmente nossos ossos. Mesmo porque, ossos – se você se lembram das aulas do Ensino Fundamental – protegem nossos órgãos, nos dão sustentação e ajudam na locomoção. Uma fratura já não é brincadeira, quanto mais acidentes mais graves; e se levarmos em conta a demora na recuperação, sendo pior ainda com o avanço da idade, temos que arrumar uma maneira de restaurarmos esses ossos.

Eu perguntei ao reconhecidíssimo e muito importante departamento de Filosofia em que eles poderiam ajudar. Afinal, dizem que Filosofia é a mãe da Ciência, certo? Infelizmente, a resposta que me deram foi “não sabemos, o jacaré cor-de-rosa nos informou que somos de Humanas, mas Heidegger…”. Saí pesaroso e acabei vendo o que o pessoal especializado em Biomateriais poderia ajudar.

Continuar lendo “Técnica híbrida mistura tecidos vivos e polímeros para restaurar ossos”

As chaves para a regeneração de tecidos escondidas em nosso DNA

Você não é o melhor que a Seleção Natural pôde fazer, porque Seleção Natural não está nem aí para “perfeições”. Tudo bem que humanos constroem cidades, países, civilizações, armas atômicas capazes de mandar todos os anteriores pelos ares. Ainda assim nosso corpo é cheio de problemas, como sermos incapazes de enxergar em ultravioleta e infra-vermelho, não respiramos debaixo d’água e nossos sistema de cicatrização é bem legal, mas perder um braço não deixa ninguém feliz.

Há muitos, muitos, muuuuuuuuuuuuuitos anos, nossos ancestrais não tinham esse problema. Eles eram capazes de regeneração, ou seja, se cortassem um membro fora (esse inclusive), nascia outro no lugar. Hoje, só alguns animais, como os platelmintos (bem inferiores, por sinal) salamandras e axolotle possuem capacidade de regeneraçao. Mas por quê? Onde nossos ancestrais perderam esta capacidade?

Continuar lendo “As chaves para a regeneração de tecidos escondidas em nosso DNA”

Órgão muda de tamanho dependendo do dono

Você é daqueles sacripantas desclassificados que acham que a bunda alheia é um território só seu? Você é daqueles que, ao ser pego em flagrante, solta aquela velha desculpinha esfarrapada “Não fui eu, foi a minha mão boba”? SEUS PROBLEMAS ACABARAM!

Cientistas descobriram que órgãos podem ter “vontade própria” (Só Que Não, mas deixemos isso de lado por enquanto), já que podem crescer em ritmos diferentes acompanhando mudanças de tamanhos de corpo. Isso pode até ser uma ótima desculpa, mas, mesmo assim, você será um idiota e bem merece uma mão fechada com vontade própria na sua cara.

Continuar lendo “Órgão muda de tamanho dependendo do dono”

Um coração biônico pra já, mas não agora!

Pense um paciente com sérios problemas cardíacos (se bem que, para mim, qualquer problema de saúde é serio). Pense que seu médico está muito longe (algo como 10 minutos de distância, o que já pode ser fatal, em alguns casos). Pense que se você rezar pra Jesus não vai dar certo, pois o Nazareno está ocupado convencendo a Charlene Stephanie a voltar pro Hermenegildo Antônio e já está n 3º e ultimo dia. Pense que um sistema automatizado identificaria o problema, resolveria com um pré-atendimento automático, mandasse as informações diretamente para o celular do médico.

Não, isso não é filme do Homem de Ferro. Isso não é ficção científica. Isso não é o futuro, pois vivemos os dias de hoje que são uma dádiva, e é por isso que é chamado "Presente". Isso é ciência, é tecnologia de ponta e, sabe o que mais, você não terá acesso a isso. Lamento.

Continuar lendo “Um coração biônico pra já, mas não agora!”

Pesquisadores estudam vasos sanguíneos de fóssil com 80 milhões de anos

Fósseis são sempre muito legais. Desde uma pegada até a ossada de um T-Rex, trabalhar com remanescentes de um animal que viveu há mais tempo que sua avozinha é algo estupendo. Um exemplo é o caso de pesquisadores que confirmaram ter identificado estruturas de vasos sanguíneos em um fóssil com 80 milhões de anos de idade.

A pesquisa acrescenta mais informações e evidências sobre teorias de como seriam as estruturas de vasos sanguíneos e células, bem como dados sobre sequências de proteínas em dinossauros.

Se você é daqueles que acredita em cobras falantes e que a Terra tem 6 mil anos, saia JÁ. Vá ver vídeo da Aline Barros.

Continuar lendo “Pesquisadores estudam vasos sanguíneos de fóssil com 80 milhões de anos”