Criada técnica para ver a beleza interior do seu câncer

A radioterapia é um dos principais métodos de tratamento não-invasivo. O problema é que estamos falando de radiação, e isso manda pro beleléu o tumor, mas se bobear vai você também. É preciso muito cuidado. Raios gama e outros dispositivos direcionados de alta energia resultam na exposição de todos os tecidos que estão a caminho e do outro lado de um alvo, mas não, isso não fará de você um gigantão bombado cinza, nem verde e nem vermelho.

Como disse um amigo cirurgião, no caso dos nefrologistas, eles sabem tudo sobre rins, menos onde eles ficam. Saber onde estão os órgãos importantes em pacientes individuais é legal, pois pode direcionar os PEW PEW PEW da radioterapia com maior eficiência.

Continuar lendo “Criada técnica para ver a beleza interior do seu câncer”

As fotos antes de serem fotos que estavam perdidas, agora recuperadas

De um modo geral, há uma concepção que apenas registros históricos de grandes personalidades devem ser conservados. Alguns acham que a verdadeira história é escrita por anônimos. Sendo assim, o máximo de informação e registros de todo mundo, seja um grande político ou imperador ou mesmo um zé ruela que se mantenha é não deixar que nossa memória se apague. Conservar estas informações, entretanto, é um problema. Hoje conseguimos por meio de fotos digitais (e nem isso é garantia), mas e quando do início da fotografia se tinha apenas daguerreótipos?

Muitos daguerreótipos hoje estão totalmente escuros, por causa do passar do tempo (já que eles têm mais e 100 anos). Agora, químicos conseguiram reverter este processo.

Continuar lendo “As fotos antes de serem fotos que estavam perdidas, agora recuperadas”

NASA pesquisa como dar um jeito na radiação marciana antes de levar astronautas pra lá

Uma das bobagens mais densamente replicadas é que o Homem não pôde ir à Lua por causa do Cinturão de Van Allen, já que a radiação lá tostaria qualquer um. Obviamente, isso é de uma estupidez galopante e eu explico isso em meu vídeo. Claro, a radiação está lá, mas cientistas são um pouquinho mais espertos que um idiota que cursou um tosco Ensino Médio em colégio público de periferia, mas que se acha esperto porque viu um vídeo no YouTube. E se um vídeo no YouTube prova alguma coisa, o meu também serve como parâmetro e terá que ser aceito.

De qualquer forma, indo para Marte haverá bem mais radiação. Sendo assim, o que a NASA busca é minimizar (ou anular completamente, de preferência) os seus efeitos. Continuar lendo “NASA pesquisa como dar um jeito na radiação marciana antes de levar astronautas pra lá”

O que é o Cinturão de van Allen?

Uma das alegações (estúpidas) que o Homem não foi à Lua é o cinturão de van Allen. Dizem as mulinhas, que reprovaram em Física mas pagam de sabedores, que esse capo de radiação é tão intenso que fritaria pessoas, sistemas eletrônicos e apetrechos de SuaMãe™. Isso claro é imbecilidade. Mas só dizer isso não basta.

Afinal, o que, diabos, é Cinturão de van Allen?

Continuar lendo “O que é o Cinturão de van Allen?”

Os segredos do Sol examinados por Fermi

O Telescópio Espacial de Raios-Gama Fermi da NASA é um observatório espacial usado para observações na faixa de raios gama na órbita baixa da Terra, estudando fenômenos astrofísicos e cosmológicos como núcleos galácticos ativos, pulsares, outras fontes de energia e matéria escura.

Agora, o Fermi observou luz de alta energia proveniente de erupções solares localizadas no lado mais distante do Sol, o que nos tem dado muitas informações sobre o Sol e a formação do Sistema Solar.

Alguém aí quer vídeo? Toma vídeo!

Continuar lendo “Os segredos do Sol examinados por Fermi”

Bruxaria do dia: Pode-se digitalizar livros sem abri-los

Há a expressão que determinada coisa ou pessoa é “um livro aberto”, significando que é facilmente “lido”, isto é, facilmente de se conhecer e antecipar as atitudes. Isso, obviamente, vem do conceito que é preciso abrir um livro para se conhecer o conteúdo lá dentro, e um livro aberto é muito mais fácil de se saber o que tem dentro. O problema é que livros antigos, verdadeiras raridades, não podem ficar expostos ao ar, ou sus páginas irão se deteriorar rápido. Em contrapartida, é um crime ter uma preciosidade dessas e não desvendar os segredos de suas páginas. Pode a Ciência ajudar?

Sim. Ela entrega uma garrafa pro estagiário e diz “segura minha cerveja que eu vou ler este livro sem abrir”.

Continuar lendo “Bruxaria do dia: Pode-se digitalizar livros sem abri-los”

Fósseis de besouros tiram uma radiografia e passam bem

Encontrar um fóssil não é pra qualquer um. E mesmo encontrando não é garantia que você irá reconhecer como sendo um. Normalmente, as pessoas são capazes de sair bicando uma pilha de fósseis como se fossem pedras, mesmo porque, de certa forma, o são. Quando restos mortais de seres vivos que passaram dessa pra melhor sofrem permineralização, praticamente o que era o o bicho (ou planta) deu lugar a minerais, e o caso ainda fica pior quando o fóssil é de um animal pequeno, como besouros, por exemplo.

Pesquisadores usaram uma técnica que seria bem semelhante a uma radiografia para examinar as entranhas de fósseis, e o resultado é para lá de legal!

Continuar lendo “Fósseis de besouros tiram uma radiografia e passam bem”

Telescópio registra jorro de energia de outra galáxia e vira hit na web¹

A cada dia aprendemos mais sobre o Universo. Claro, nada é divulgado na mesma hora. Vai que digam que os anéis de Saturno curam o câncer? Daí o Judiciário poderá obrigar a União Astronômica Internacional a distribuir para os doentes. Não ia ser fácil. Com o advento do avanço tecnológico, conseguimos imagens nunca antes vistas. Agora, podemos ver jatos de partículas em melhores detalhes do que antes e isso nos ajuda a compreender melhor nosso Universo.

Continuar lendo “Telescópio registra jorro de energia de outra galáxia e vira hit na web¹”

Cientistas estudam origem do plutônio no Universo

Dizem os relatos apócrifos que plutônio era tranquilamente comercializado em farmácias lá pela década de 80. Infelizmente, quando eu era menininho cabeçudinho lá em Barbacena, essas mudernidades não existiam, não, sinhô. A saber, o plutônio que nós usamos nas usinas, armas e máquinas do tempo é totalmente artificial, tendo sua tecnologia de produção desenvolvida durante o Projeto Manhattan, mas inicialmente, não havia tecnologia suficiente para se fazer uma bomba com o Pluto-do-Mal, preferindo-se usar urânio, mesmo. Só com a fatman, pôde-se usar Plutônio-239. Deu no que deu.

O estranho é que existe plutônio no Universo. Mas, se ele é altamente radioativo e começa a decair logo que é produzido,e sendo que a maioria dos seus isótopos não têm uma vida-média tão grande assim. Como pode existir plutônio no Espaço?

Continuar lendo “Cientistas estudam origem do plutônio no Universo”

Detectada maior explosão de raios gama já vista no espaço

O Universo é maravilhoso. Tudo certinho, nos seus lugares, onde nada de ruim acontece. Isso só pode ser uma obra magnânima, de um Projetista Inteligente; afinal, quem seria o Projetista que faria algo ruim, pérfido e capaz de devastar qualquer coisa que esteja por perto?

Pois é, um Universo assim é lindo, não é mesmo? Só que não estamos falando do nosso Universo, posto que houve uma terrível explosão de raios gama. E se você pensa que o máximo que raios gama fazem é te deixar verde e de péssimo humor, tá na hora de rever os seus conceitos: Uma explosão de raios gama, com uma potência jamais observada, foi registrada em setembro de 2008 pelo novo telescópio espacial americano Fermi, segundo estudo publicado nesta quinta-feira (19/02) na revista Science. Continuar lendo “Detectada maior explosão de raios gama já vista no espaço”