Tag Archives: maconha

Quem fuma maconha tem probleminhas com o esperma

Muitos países estão descriminalizando a maconha, principalmente para uso medicinal. Claro, a maior parte das vezes não é maconha, maconha. O que se libera são os canabinóides, entre eles o famoso tetrahidrocanabinol, mais famoso ainda pela suia sigla: THC. Ok, beleza. O que pesquisadores querem saber é “tá, adolescentes e grávidas podem usar o THC. Mas o que acontece em seguida?

Bem, o que acontece é que, segundo uma pesquisa recente, o THC pode afetar espermatozoides e, possivelmente, as crianças que eles concebem durante os períodos em que estiveram usando a droga. Na versão TL;DR: vai dar ruim pra você e seus descendentes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Canabinoides afetam a memória. Maconheiros iam reclamar mas esqueceram

Atualmente, há um grande movimento para liberar geral a maconha para tratamento médico. Claro, quem fala isso é uma besta, já que tem muita diferença entre usar canabinoides e o jererê. Alguns pacientes fumam maconha para combater a epilepsia, a esclerose múltipla e ocorrências de dores crônicas, mas em países em que isso é permitido é preciso de receituário específico. Em alguns estados norte-americanos, tratamentos com maconha são permitidos, apesar de haver lei federal criminalizando o uso. Sim, é uma bagunça, mas ter estados com leis independentes acabam nisso.

De qualquer forma, uma das alegações é que canabinoides não têm efeito colateral, mas só quem não entende um mínimo de farmacologia vai alegar isso. O problema é que pesquisas recentes estão mostrando que remédios extraídos de princípios ativos encontrados na maconha afeta a memória.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Academia de Inumanas: Reforçando idiotas na área da Educação

Volta e meia me criticam porque eu “persigo” os coitadinhos dos departamentos de Humanas (não, nenhuma ciência aqui. Sorry). Afinal, eles também desenvolvem conhecimento, ajudam a melhorar o mundo, faz o ser amado voltar em 3 dias, caminha sobre as águas e cura sua espinhela caída. Entretanto, quando vemos os trabalhos, dissertações e teses, vemos o lixo pseudointelectual que produzem. Não, o Tedson, que ganhou 30 mil reais para ficar fazendo sexo oral em banheirão púbico, não é algo raro.

Me mostraram, por exemplo, uma bela dissertação de uma mestranda em Educação. O trabalho é… interessante e nos mostra como as Universidades hoje estão um lixo, e antes que você diga, não, não foi uma universidade particular, mas federal.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Maconha deixa seu cérebro com funcionamento anormal e QI Baixo

Em setembro deste ano aconteceu o festival de humor negro da Internet brasileira (não que isso não aconteça todos os dias). Uma distinta senhorita que assina como Cah Nabis postou no Twitter dando boa noite a todos depois de ter perdido uma perna, pois estava lindamente com a cabeça voada no jererê, fazia surf ferroviário, e quando foi pular do trem, fez alguma caca tão grande que teve que amputar a perna.

O presente artigo não tem nada a ver diretamente com a Cah, mas uma explicação do que aconteceu: Uma pesquisa mostra que o uso da maconha cada vez mais precoce resulta em função anormal do cérebro, baixo QI e, segundo informações paralelas não confirmadas, uma louca vontade de comentar em portais de notícia.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Uso de cannabis aumenta o risco de internação hospitalar

O uso da cannabis como medicamento faz muito sucesso, principalmente por quem não precisa de medicamento nenhum. Claro, vão alegar aquela baboseira que é natural e não pode lhe prejudicar, mas este argumento cai por terra quando você diz para usarem urtiga ou comigo-ninguém-pode. A cannabis é usada como princípio ativo em alguns medicamentos antipsicóticos, além do pessoal que toma antipsicótico e fuma um baseado de vez em quando. Agora, saíram os resultados de uma pesquisa que têm mostrado que não só que a maconha não só não contribuem positivamente, como ainda aumenta a admissão em hospitais.

Claro, já posso imaginar os trocentos comentários dizendo que pessoal usa maconha há 30 anos, mas não são viciados, pois param quando quiserem, e já pararam umas 50 vezes. Isso aliado que a tia Hemengarda fuma maconha e nunca aconteceu nada com ela.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A Judicialização da Saúde

No Brasil que odeia Ciência, tudo é levado como em torneiros de futebol. Seu time não está ganhando? Chore, bata o pé, tenha chilique e corra pra Justiça. Juízes, que não entendem como Ciência funciona, nem se importam, pouco se importam com Método Científico. Eles dão o que os melhores advogados querem (pois Justiça se baseia em quem tem o melhor advogado) e o circo está armado.

Agora, até o THC foi obrigado por decisão judicial de ser distribuído às pessoas, mesmo não tendo muita certeza se funciona ou não.

É a Judicialização da Saúde

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Maconha medicinal não é esse remédio todo, diz pesquisa

A tara do pessoal, principalmente de Humanas, atualmente é sobre o uso da maconha medicinal. Alegam servir pra tudo, de espinhela caída até treco, ziquizira, mau olhado e uma ou outra doença, inclusive câncer; afinal, todo remédio milagroso TEM que curar o câncer. Maconha medicinal parece que veio junto com as tábuas da Lei (se bem que tem quem diga que Moisés realmente estava zuadão na erva que passarinho não fuma).

O problema é, mais uma vez, uma coisinha chata chamada "realidade". Uma revisão de 79 ensaios clínicos realizados entre 1975 e 2015, que avaliaram os canabinóides enquanto medicamentos mostrou que ele não é essa coca-cola toda.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Camelô vendendo brigadeiro de maconha. Mas a ANVISA não liberou? Não, senhor!

O Brasil anda de vento em popa com sérios problemas de abastecimento de água. Estão falando de racionamento… Não, desculpem. É "restrição hídrica". Mas não é de água que eu vou falar. Falarei sobre algo que existe em abundância: cara-de-pau. Tem "gente" vendendo docinho feito de maconha nas praias. Não sei quem é mais idiota. Quem vende achando que não tem nada demais ou quem compra achando que ficará legalmente doidão.

E não, gente. ANVISA não tem nada a ver com isso. Maconha não foi liberada. Mas vamos por partes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Esposa emaconhada quase mata marido por ordem de Deus

Karl Marx dizia que a religião é o ópio do povo. Muitas das vezes, pessoal acha fraco demais, então, partem pra outras coisas. Pelo menos foi isso que aconteceu com uma dona de casa cristã que fuma (ou fumava) cigarrinho do Capeta (o ser humano e suas contradições…).

A dona andava meio desconfiava do marido e como ele venerava outros deuses que não o poderoso, ciumento e birrento Senhor dos Anéis Bíblico, o todo-poderoso G-Ová, ela passou o cerol na metade da laranja, cravando uma faca em seu coração.

Mas a religião ensina Ética às pessoas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

As 10 piores coisas que podem fazer bem para você

Copos de cerveja evitam doenças cardíacas e chocolate previne câncer? Saber que as coisas que normalmente eram rotuladas como “porcarias” para você comer, beber ou inalar são, na realidade saudáveis, soa como música para nossos ouvidos. Portanto siga em frente e aproveite estes remédios que fazem mal para você, mas com moderação até que saia o próximo estudo que inevitavelmente irá negar as pesquisas anteriores.

10. Cerveja

Essa ovelha negra tem sido há muito esquecida por causa de seus irmãos alcoólicos mais saudáveis. Novas pesquisas sugerem que ingestão moderada de cerveja melhora a função cardiovascular. Agora falta os cientistas encontrarem os benefícios de parmesão frito e torresmo.