Papa diz que fofoca não é de Deus

Papa Chicão, The First, não gosta de fofoqueiro. A ICAR de uma maneira geral não gosta de fofoqueiros. Por isso, o Papa se pronunciou num pronunciamento feito neste domingo, dia 6/9, pronunciando que os fiéis deveriam evitar a fofoca, pois é um ato pior que o coronavírus e que pode ser usado para dividir a Igreja Católica Romana.

Porque o principal problema do mundo é gente fofocando.

Continuar lendo “Papa diz que fofoca não é de Deus”

Bactérias tagarelantes ou como micróbios conseguem se comunicar

O estranho mundo de Hades não para de surpreender. Eu já fico abismado como algumas pessoas conseguem respirar e ter movimentos peristálticos, apesar do seu duvidoso potencial cognitivo. Como estranheza demais nunca é estranho o suficiente, pesquisadores estudam agora como bactérias podem se interrelacionar, estabelecendo métodos próprios de comunicação, o que pode explicar como nós mesmos nos comunicamos.

Se isso não ganhar um IgNobel, não sei o que estará mais apto a receber o prêmio.

Continuar lendo “Bactérias tagarelantes ou como micróbios conseguem se comunicar”

Não ligue pra cortina atrás do celular (ou algo assim)

Ontem, estava conversando com um amigo meu. Ele me disse que, agora, o Google monitora tudo o que se fala ao redor de um celular que usa o sistema operacional Android. Segundo este meu amigo, quando um celular assim está diretamente conectado à Internet, ele "ouve" tudo oque se fala em volta e imediatamente, reconhece palavras-chave e envia propaganda via SMS. O que tem de verdade nisso?

Resposta: Nada, mas você vai querer saber mais detalhes, não é?

Continuar lendo “Não ligue pra cortina atrás do celular (ou algo assim)”

A história da hóstia da lata era pegadinha, e até nós caímos!

O bom de ser inteligente é saber que volta e meia estamos sujeito a falar bobagens. Ninguém está livre disso, assim como idiotas podem falar algo sensato de vez em quando (poder, podem. Se falam…). Notícias divulgadas na net sofrem do mal da rapidez da própria Internet. Tudo vira notícia rápido, é espalhado que nem doença. Sites informativos carecem de notícia a cada segundo para chapar na página da frente, não importa de onde vem a notícia. Veículos menores como o blog que você está lendo agora não deveria (em tese) sofrer disso, já que não ninguém é funcionário de ninguém, nem vivemos das notícias.

Este preâmbulo é para retratar-nos sobre uma notícia veiculada como fato, mas que era uma espécie de experimento comportamental. Me senti um pombo dançarino numa caixa de Skinner…

Continuar lendo “A história da hóstia da lata era pegadinha, e até nós caímos!”

Uma fofoca sobre a privacidade

O ser humano é peculiar em suas ambiguidades e contradições. Trazemos dentro de nós características que agem em conflito em termos lógicos, e nada é mais ilógico que um ser humano, Jim. Grosso modo, queremos algo para nós mas sem desejar que outros o tenham. A privacidade é uma delas e, recentemente, muitas pessoas andaram reclamando pelas interwebs sobre o fato do iOS (sistema operacional dos dispositivos móveis da Apple) guardar informações de seus donos. O Império contra-atacou dizendo que a empresa Google obtém muito mais informações e o próprio Facebook é um deleite para saber da vida alheia. Isso parece ter razão, mas se atentarmos para nosso modo de vida, veremos que é paranoia idiota; pois, se idiota não fosse, paranoia não seria.

Continuar lendo “Uma fofoca sobre a privacidade”