Gente querendo dinheiro se deixa pisar por vacas

O Diwali é uma celebração hinduísta também chamado Deepavali, mais conhecido como  Festival das Luzes. Foi absorvido pelo Jansenismo e o Budismo, mas em essência é a mesma coisa. É uma festividade associada a  Lakshmi, a Deusa da Prosperidade, esposa de Vishnu, uma das três entidades supremas da Santíssima Trindade Hindu. Daí o pessoal sai comemorando, tipo os que saem para pular ondinha no reveillon, achando que isso e a cor da cueca vai fazer grande diferença nas suas vidas (o fato de nada disso ter impedido o coronga é secundário).

E como vacas são animais sagrados, tem tudo a ver. Soltam a vacaria e os manés devotos se deixam pisar pelo monte de vaca (vaca bicho, não vaca periguete)

Continuar lendo “Gente querendo dinheiro se deixa pisar por vacas”

Igreja da Manguaça ou Gabola Church: Vai uma bebidinha aí, Jesus?

Eu sempre fui contra a religião institucionalizada. É uma forma de controle social e político. Nunca aprovei tal coisa. Contra a religiosidade, não. Eu até acho legal que a pessoa tenha alguma crença em algum salvador pessoal. Com isso, eu achei muito legal a iniciativa de uma igreja africana que reconhece que o álcool, a causa e solução dos problemas, é uma forma de chegar a Deus.

Aproveitando para curtir uma birita esta é sua SEXTANDO INSANA!

Continuar lendo “Igreja da Manguaça ou Gabola Church: Vai uma bebidinha aí, Jesus?”

Papa diz que fofoca não é de Deus

Papa Chicão, The First, não gosta de fofoqueiro. A ICAR de uma maneira geral não gosta de fofoqueiros. Por isso, o Papa se pronunciou num pronunciamento feito neste domingo, dia 6/9, pronunciando que os fiéis deveriam evitar a fofoca, pois é um ato pior que o coronavírus e que pode ser usado para dividir a Igreja Católica Romana.

Porque o principal problema do mundo é gente fofocando.

Continuar lendo “Papa diz que fofoca não é de Deus”

Casal é impedido por funcionária malvada de batizar a pobre criancinha com nome fofo

Algumas ideias são bizarras demais e, por isso mesmo, são divertidas. Outras são completamente sem-noção. Algumas são completamente estúpidas e retardadas. Eu, sinceramente, não sei como classificar a ideia que um casal britânico teve mediante o nascimento de seu primeiro filho.

Qual a ideia? Pouca coisa. Eles só resolveram batizar seu filho de “Lúcifer”. A funcionária do escritórios de registros não pareceu achar uma boa ideia e isso acabou em briga jurídica.

Continuar lendo “Casal é impedido por funcionária malvada de batizar a pobre criancinha com nome fofo”

Pastor mete o louco e aparece “voando” na pregação

Há muitos e muitos anos, na Era Geológica Cogitiana (se você não entendeu, é porque não me segue no Twitter), havia um seriado de TV com a Sally Field, antes de ela dar a luz ao Forrest Gump. Era a Noviça Voadora. Era uma freira atrapalhada, cujo chapéu do hábito tinha uma forma aerodinâmica adequada para levantar voo na primeira ventania. Era bobo, idiota e divertido como vários seriados daquela época.

Hoje, tem gente levando isso a sério, como é o caso do pastor Bartolomew Orr, mais conhecido como Pastor Voador.

Continuar lendo “Pastor mete o louco e aparece “voando” na pregação”

Marginais evangélicos fazem o que outros evangélicos gostariam de fazer mas são covardes

Eu acho muito importante o diálogo e o respeito que devemos ter pelas religiões e as pessoas que acreditam nestas bobagens. Todo ano, há uma Marcha Para Jesus, como forma de desagravo ao respeito e tolerância religiosa. Eu acho tão legal que penso até que os cristãos poderiam seguir isso também.

Por quê? Nada não. Só mais um terreiro de candomblé depredado, e com requintes de mais crueldade do que costumam fazer. Mas religião nos faz mais éticos e melhores pessoas. Continuar lendo “Marginais evangélicos fazem o que outros evangélicos gostariam de fazer mas são covardes”

Reversal Brasileira: Exorcistas fazem pacto com o Diabo

Eu sou um homem simples. Gosto de me manter na tradição. Missas em latim, católicos que não usam atabaques, judeus com peiots, muçulmanos rezando sem sair explodindo tudo e exorcistas que expulsam o Capeta. Agora, tudo tá virado. Judeus só faltam comer X-Bacon, muçulmanos tomando uma cachacinha, missas com bateria, guitarra e baixo e exorcistas que veneram Satã. Aonde este mundo de Hades vai parar?

Aí o Vaticano está bolado com esses exorcistas veneradores de Lúcifer, Nosso Senhor. Aos caras é atribuído até mudanças no clima. E isso porque o Vaticano não conhece a Fundação Cacique Cobra Coral.

Continuar lendo “Reversal Brasileira: Exorcistas fazem pacto com o Diabo”

Defensora de vaquinhas diz que quem come bife deve ser enforcado

Os hindus são um povo calmo, tranquilo, ainda que sofridos. Eles não tem tendências maníacas, assassinas ou preconceituosas com quem não partilha da fé deles, certo? Olha, eu não sei se é bem assim, mas para a líder da organização nacionalista Vishwa Hindu Parishad, uma tal de Sadhvi Saraswati, qualquer pessoa que curta um bife deve ser enforcada em praça pública, pois, tadinhas das vaquinhas, elas são sagradas.

Mas religião nos faz ser pessoas boas.

Continuar lendo “Defensora de vaquinhas diz que quem come bife deve ser enforcado”

Cristãos chatos têm ataque de pelanca e acusam ator de blasfêmia

No longínquo ano de 2009, eu tinha noticiado que a Irlanda estava votando uma regulamentação da lei anti-blasfêmia, que está em vigor desde 1937. Votaram e pulicaram a lei, mas, como no Brasil, a Irlanda tem aquele negócio de “lei que não pega”.

Claro que cairia, afinal, ninguém seria louco para denunciar alguém por blasfêmia, certo? O Stephen Fry discorda.

Continuar lendo “Cristãos chatos têm ataque de pelanca e acusam ator de blasfêmia”

Açougueiros podem ganhar prisão perpétua por causa de um bife, na Índia

Você não sabe onde fica Gujarat; eu também não sabia. Aliás, eu sequer tinha ouvido este nome, mas trata-se de um estado da Índia. Sua capital é Gandhinagar e a maior cidade é Ahmedabad, e as línguas oficiais são o guzerate e o hindi (obviamente, eu aprendi isso com os espertões da Wikipédia, mas eu juro que chequei no CIA’s World Fact Book). Nesse lugarzinho esquecido por Hades (estou falando especificamente de Gujarat, mas a Índia como um todo não é lá essas coisas), uma lei foi editada, ou melhor, sofreu upgrade tornando mais dura a vida de quem é chegado numa picanha: cortou uma vaca, é cadeia e prisão perpétua.

Grelhando a insanidade no mundo, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Açougueiros podem ganhar prisão perpétua por causa de um bife, na Índia”