Funeral para um herói, funeral para um amigo

Em todos os teatros de guerra do mundo, heróis estão presentes fazendo seu dever. Às vezes, vão além do seu dever. Aqueles que lutam contra a tirania, contra malfeitores, bandidos, terroristas, fascistas, crápulas, vagabundos e seres nefastos devem ser honrados quando chega seu momento final. Não esquecemos daqueles que serviram bem ao caminho da retidão.

Um desses foi Simba, o cão.

Simba foi um bom soldado. Ele era um cão farejador de explosivos. Atuou impedindo atentados, mas mesmo os heróis têm o seu destino, mas não o fim. É isso o que o Hinduísmo acredita. Pessoas e animais são seres vivos e não existe o conceito, para os hindus, de almas diferentes. Tudo está no mesmo círculo cósmico. Não há o que lamentar na morte, pois dela vem a mudança. É uma passagem, e é isso que as religiões espiritualistas acreditam. No Panteísmo, as pessoas estão unidas e em equilíbrio com a Natureza e com todos os demais seres vivos, todos são deuses.

Simba deu seu último suspiro, mas não o derradeiro. Por seus serviços, ele foi festejado como parte da Existência, posto que ele volta aos seus antepassados e ao reino de Naraka, em que Yama é o senhor. Lá, Simba será julgado e Yama, em sua infinita sabedoria, avaliará se Simba merece reencarnar e como reencarnará. Em Naraka, Yama ouviu o Tadeu falar em defesa de Simba. Tadeu, o gatinho que adotou minha amiga, também está nos palácios do pós-vida, morto envenenado, mas ele está na guarda de outros como ele, puros de coração. Yama concedeu aos dois a chance de reencarnarem.

É isso o que o Hinduísmo acredita. Eu espero que assim seja, pois tenho certeza que Simba e Tadeu foram bons companheiros para com aqueles que os acolheram.

Simba, o galante labrador que serviu por amor,  recebeu honras de herói e um funeral pago pelo Estado Indiano. foi cremado no Hospital Vet em Parel, Mumbai, e ganhou uma salva de 3 tiros. Ele merece. Todos os pets merecem nossa admiração, desde que os primeiros lobos resolveram conviver com seres humanos, compartilhando suas tristezas, suas alegrias, suas glórias. Nós não merecemos o bichinho amigo que nos acompanha, que nos acalenta, que nos ama incondicionalmente. Não, não merecemos, mas os pets não querem saber disso, pois eles não nos julgam se somos ou não merecedores.

Paz para você, Simba. Paz para você, Tadeu. Paz para todos os seres vivos. Om shanti om.

3 comentários em “Funeral para um herói, funeral para um amigo

  1. Ô André… me fazendo chorar na frente do computador…
    O Simba certamente mereceu, e merece, todas as honras deste mundo e de todos os outros existentes. O Tadeu também merecia tudo o que pudemos fazer por ele, e mesmo que não tenha sido possível salvá-lo, honramos sua breve vida com uma despedida digna dele.
    Paz ao Simba, paz ao Tadeu, e paz a você, meu querido amigo. Obrigada pela homenagem. <3

  2. É phoda, o que esse cachorro fez em, vai, seus 12 anos de vida, certamente eu não faria nem em 30. Interessantíssimo pensar o quanto esses animais são guerreiros, certamente terão um lugar ao lado do Pai e de Seu Filho… bem, é isso que o cristianismo acredita, e é isso que acredito também. Simba ficará em paz

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s