Caixa Econômica conta com poderes astrológicos para impedir fraudes

Tem muita coisa insana neste mundo de Hades. Ainda mais quando envolve alguma coisa com relação à burocracia estatal. Qualquer um que já teve que ir num cartório ou qualquer repartição pública sabe o inferno que é quando começam a pedir o CPF do seu avô irlandês que nunca pousou os pés no Brasil e tenho dúvidas se vovô Seamus sabia em que continente o Brasil ficava (sim, isso aconteceu comigo num cartório. Foi duro fazer um zé ruela entender que meu avô não só nunca veio aqui, como falecera em 1953, tendo o CPF sido criado em 1965, ainda com o nome de Cartão de Identificação do Contribuinte).

Quando se tem que lidar com a Caixa Econômica, então, é o ápice da insanidade. É tão insano as exigências que querem até saber o seu signo. Até isso eu tenho que decorar?

Continuar lendo “Caixa Econômica conta com poderes astrológicos para impedir fraudes”

O Efeito Dunning-Kruger

O Efeito Dunning-Kruger pode ser resumido como quando um rematado ignorante em determinado tema se acha muito culto e tem maior convicção que sabe mais do que os especialistas no referido tema. É a vitória da arrogância sobre o conhecimento. Eles não querem aprender nada, pois estão certos que podem ensinar, mesmo quando falam altas sandices, sem nenhuma prova ou sustentação, mas exigindo que os outros pesquisem, de preferência nas “fontes” que eles usam, de forma a ter a mesma opinião profunda como um pires que eles têm.

Sendo assim, em seus mundinhos mágicos, este bando de imbecis arroga para si um conhecimento que não possuem e acham que aqueles que não se curvarem a eles são arrogantes e não querem debater.

Continuar lendo “O Efeito Dunning-Kruger”

Quem é mais esperto em sala de aula? Homens ou mulheres?

Normalmente, fariam este tipo de pergunta numa enquete na rua ou em alguma rede social. A vantagem da rede social é que as respostas virão acompanhadas de provocações e xingamentos por ambos os lados. Se você quer começar a tocar o terror, vai em frente. Mas que tal se você perguntar na sala de aula, direto aos próprios alunos?

Continuar lendo “Quem é mais esperto em sala de aula? Homens ou mulheres?”

Estação de Pesquisa do Brasil na Antártida sem verba. Cancelem aquela bosta!

UM AVISO
Será um choque pra você um site de divulgação científica falar o que virá por aqui, mas é isso mesmo, a começar pelo título que não é bait. É exatamente o que eu penso.

O Brasil parece aquele pobre que tem delírios de grandeza. Se endivida para ter um tênis de marca, para tirar onda com os outros favelados que nem ele. A origem do tênis é discutível, claro, mas ainda assim sai caro. É como pessoal da faxina na empresa onde trabalho que têm iPhone 6. A origem? Deixa pra lá.

O fato é que Brasil não pode se meter a fazer certas coisas. Vejam o caso de nosso (praticamente inexistente) programa espacial, que só faz vergonhas e gastar verbas. O mesmo agora está ocorrendo a base de Comandante Ferraz. Acabou a grana. #Comofas?

Simples: cancela aquela porcaria!

Continuar lendo “Estação de Pesquisa do Brasil na Antártida sem verba. Cancelem aquela bosta!”

Jihadista leite-com-pera fica decepcionado com vida dura de terrorista dona-de-casa

Muitas coisas eu consigo entender, apesar de não concordar. Eu consigo entender porque torcidas de futebol do Flamengo hostilizam a torcida do Vasco. Outras coisas eu não consigo entender, como as torcidas Raça Rubro Negra e Jovem Fla (notoriamente, torcem pro MESMO time) saem na porrada entre si. É o tipo de coisa que não faz sentido! Extremismo islâmico é compreensível (reforçando: compreender não significa concordar), o que me é incompreensível é gente morando a trocentos quilômetros de distância querer participar de uma coisa que não faz a menor ideia do que se trata. Não só isso, pessoal vai lutar pelos muçulmanos, se filiando ao ISIS, que é rechaçado pelos próprios países muçulmanos. Pouca incongruência, né?

Calma que fica melhor: os hipsterzinhos leite-com-pêra se filiaram ao ISIS pensando algo nos seus sonhos idílicos, entre uma caixa de toddynho e outra, e quando deram com a fuça na realidade.

Continuar lendo “Jihadista leite-com-pera fica decepcionado com vida dura de terrorista dona-de-casa”

Universidade de Oxford acha que mulheres são burras demais para fazer provas junto com homens

Eu achava que, independente do gênero, raça, cor e credo, pessoas são capazes de alcançar maravilhas (foi o Jor-El quem me ensinou). A História está cheia de mulheres matemáticas brilhantes, como Sophie Germain, por exemplo. Mas eu achei que isso podia acontecer até os dias de hoje. Tenho que admitir que, às vezes, muito raramente, eu cometo erros. E a prova disso foi o que aconteceu em Oxford. Lá, eles acharam que mulheres são burras demais para fazer provas nos mesmos moldes que homens. Dessa forma, as mulheres passaram a ter direito a um tempo de prova quinze minutos a mais que os homens, de forma a diminuir o vácuo entre os dois, o que chamam estupidamente de gender gap.

Continuar lendo “Universidade de Oxford acha que mulheres são burras demais para fazer provas junto com homens”

ENEM 2017: Já sabe que vem vergonha alheia, né?

E saiu o que todos estávamos esperando: os resultados do ENEM. Aquela maravilha que mostra a quantas andam a nossa Educação de forma mascarada (mas ainda caótica), pois na real mesmo vem o PISA e mostra que é bem pior do que estávamos pensando. Ainda assim, vale sempre dar uma olhadinha nas insânias do ENEM.

PÉRA! Eu falei insânia? Sim, senhoras e senhores, pois esta é a temporada 2018 da sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “ENEM 2017: Já sabe que vem vergonha alheia, né?”

Jornaleiro que não sabe Ciência vem com besteira de estereótipo de gênero

Eu sempre digo que jornaleiro tentando falar de ciência é a mesma coisa que tartaruga tentando costurar. Eu criei o termo “jornaleiro” voltado para o pessoal de redações e que bradam “jornalista com diploma” pelo simples fato que eles criam manchetes e matérias apenas para vender cliques, como os antigos meninos que vendiam jornais nas esquinas e gritavam manchetes mentirosas, só para gerar curiosidade e o pessoal correr para comprar o jornal.

Claro, o jornaleiro da BBC não poderia deixar a lacração um minuto e tinha que vir com esta baboseira de adultos malvados incutindo o gênero nas pobres crianças ao brincar com elas com brinquedos segundo o considera para o gênero dela.

Pegando um pião e atirando na cara do jornaleiro, esta é a sua SEXTA INSANA.

Continuar lendo “Jornaleiro que não sabe Ciência vem com besteira de estereótipo de gênero”

Snopes de pires na mão pedindo uma grana por incompetência de seu dono

Eu pensei que o Snopes era bem conhecido, mas ainda hoje me perguntaram sobre quem eles eram. O Snopes foi fundado em 1994 e ele é o mais antigo site pega-mentira da Internet. No Brasil, o mais antigo é o E-Farsas.com, mantido pelo Gilmar Lopes, que me prometeu dinheiro pelo jabá. Nesses mais de 20 anos, o Snopes tem refutado muito das insanidades que aparecem pela Internet, que sua tia costuma compartilhar nos Feices da vida, nos Uatizápis do Inferno, e isso quando rede social era, no máximo, mandar PPT de Nossa Senhora por e-mail, lotando sua caixa de entrada com lixo.

Tempo passou e, agora, o Snopes está de pires na mão, pedindo uiúdementi uma contribuição, senhoras e senhores passageiros, pedindo desculpas pela pertubassão da paz e silêncio de sua viagem.

Continuar lendo “Snopes de pires na mão pedindo uma grana por incompetência de seu dono”

pseudoUniversidade terá encontro de criacionismo

Nada pior que criaburricionista. Não por causa da sua crença ridícula, desdenhada até por criança de 6 anos, sobre cobras falantes, chuvaradas loucas, mundos chatos feito pizza e um ser mágico que é capaz de muitas proezas, menos enfrentar carros de ferro. O problema desse pessoal é que precisam entubar sua religião nos outros. São tão covardes que precisam, têm a necessidade patológica, de disfarçar sua religião em algo que eles pensam ser ciência, digo, que eles querem que você pense ser ciência (eles mesmos sabem que não é).

A Universidade Mackenzie, que nos deu incríveis pesquisas como… como… sei lá, está com uma parceria do Instituto Discovery (o antro fundamentalista, não o canal de documentários) para abrir um núcleo de “estudos” que contesta Teoria da Evolução e tem como objetivo promover os estudos de fé, ciência e sociedade, mas fé no cristianismo fundamentalista da Terra Jovem. Hinduísmo é coisa do Diabo!

Criando-se mais uma loucura em pseudocentros acadêmicos, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “pseudoUniversidade terá encontro de criacionismo”