A longínqua voz perdida do sacerdote que pode ser ouvida hoje

Sabeis vós, ó Príncipe, que aqui, que vos se apresenta, é a última morada de Natsif-Amon, o Sacerdote. Culto que era, este Portador do Incenso descansa depois de uma vida inteira dedicada aos seus ancestrais como nobre e escriba, desempenhando funções importantes no reino. Hoje, Alteza, ele repousa aqui, que gerações futuras e incultas chamarão de “Karnak”. Sim, meu príncipe, eu tenho o dom de ver o futuro, assim como o passado dos antigos reinos que lhe antecederam. Vós, que sois um Ptolomaico, sabe da importância de resguardar a nossa História.

Escutai, ó Príncipe, as vozes que emanam daqui. As vozes surdas que murmuram nossas conquistas, nossas realizações, nossas proezas e riquezas jamais vistas. Escutai a voz de Natsif-Amon, o Sacerdote. A voz que que será ouvida daqui a séculos, levando a mensagem de nossa grandeza, ó Príncipe!

Continuar lendo “A longínqua voz perdida do sacerdote que pode ser ouvida hoje”

Grandes Nomes da Ciência: Herakleides

O jovem fechou os olhos. Deu seu último suspiro. Seus anos chegam ao fim e aí preparou-se a sua jornada ao outro mundo. Seguindo suas instruções, ele foi bem preparado, bem de acordo com sua classe social, mas com requintes de uma religião que para ele já era antiga.

Passados 2 mil anos, olhamos para o que sobrou desse outrora jovem e podemos entender o que ele queria e como foi feito. Esta é a história da Múmia de Herakleides.

Continuar lendo “Grandes Nomes da Ciência: Herakleides”

Pesquisadores estudam o DNA de antigos egípcios

O Egito é tão fascinante quanto dinossauros. O motivo é o mesmo: eles existiram (exceto se você for fundamentalista). Assim como dinossauros são monstros que efetivamente existiram, egípcios são aquela civilização fodona digna do Conan que existiu e ainda é respeitada até hoje. Sim, mesmo com assírios e babilônios, egípcios são “OS CARAS”.

Claro, por muito que se aprenda sobre o Egito, mais falta a aprender. Por isso, uma equipe internacional resolveu saber mais sobre o segredo escondidos em suas múmias. Eles recuperaram e analisaram o DNA de múmias egípcias que datam de aproximadamente 1400 A.E.C. a 400 E.C.

Continuar lendo “Pesquisadores estudam o DNA de antigos egípcios”

Bactéria encontrada em múmia da pistas sobre migrações humanas

Lá pelas bandas de 1991, turistas alemães estavam dando um rolé a 3210 m de altitude, no monte Fineilspitze. Acabaram, sem querer, dando de cara com uma múmia, cuja idade acabou sendo estimada em 5300 anos. Era Otzi, o Homem do Gelo. Desde então, vários cientistas têm estudado Otzi para saber mais sobre ele, sua cultura, como vivia, de onde veio e coisas nesse sentido.

A EURAC (European Academy of Bozen/Bolzano) é um instituto de pesquisa que fica em Bolzano, Itália. É nele que se localiza o Instituto de Múmias e do Homem de Gelo, onde Otzi ajuda a Humanidade a saber sobre ela mesma. E uma das descobertas foi uma bactéria escondida nas entranhas do Homem do Gelo.

Continuar lendo “Bactéria encontrada em múmia da pistas sobre migrações humanas”

O que é mumificação

Soldados! Aqui, 4000 anos de história vos contemplam. Aqui, tesouros vos aguardam! Não o tolo ouro, cujo valor varia de sociedade para sociedade. O principal tesouro é a cultura, a Ciência, os segredos escondidos aqui, mas conservados nelas, nas múmias.

O que são, como se formam? Quais os mistérios que a Química pode revelar no estudo das múmias? Egiptologia? Não, eles não foram os únicos a desenvolver técnicas de mumificação,

Mas que é essa mumificação? Por que as sociedades mumificavam? Quem eram essas pessoas? Vistam seus jalecos e coloquem um fedora. Corram pra biblioteca e abram o LIVRO DOS PORQUÊS.

Encontrada bactérias no corpo de Ötzi

Ötzi era um cara bem legal. Só não se sabe se ele gostava de mulher. Conhecido como o Homem do Gelo, Ötzi deixou-se para a posteridade, tendo hoje 5300 anos, mas com corpinho de 5280. Cientistas o estudam até hoje e, claro, você clicou no link acima apontando para o artigo em que eu falo sobre ele, né? Então vai lá, eu espero.

Foi? Muito bem, bom garoto! Agora, uma biópsia mostrou uma coisinha não tão legal. Ötzi estava com o bicho-ruim dentro do corpo. Não, não era Satanás, era um trecho de DNA que não pertencia a ele. Seriam os reptilianos vindo sorrateiramente para o nosso planeta? Os Invasores de Corpos? Não o que penetrou (Ui!) no corpo do Ötzi foi…

Continuar lendo “Encontrada bactérias no corpo de Ötzi”

O mistério das múmias inglesas

Normalmente, quando falamos em "múmias" logo lembramos do Egito e seu querido rei Tutancâmon (Tut, para os íntimos). Entretanto, várias civilizações mumificavam seus mortos, ou deixavam no tempo mesmo, onde as múmias acabavam se formando por vias naturais, como é o caso das múmias em Atacama, no Chile, da cultura dos Chinchorros. Agora, 2 esqueletos de cerca de 3 mil anos de idade foram achados nas Hébridas Exteriores, feitos de ossos de, pelo menos, 6 pessoas diferentes.

Continuar lendo “O mistério das múmias inglesas”