Tag Archives: tempo

Quanto é um ano marciano?

Marte não é como a Terra. Por estar numa órbita maior, o tempo que demora para dar uma volta ao redor do Sol é maior que o período orbital da Terra. Enquanto o ano terrestre é de 365 dias (e algumas horas), o ano marciano equivale a 687 dias terrestres. Isso faz com que as estações também tenham um período maior.

Claro, você pergunta por que isso seria interessante. Quando se tem instrumentos de medidas e rovers operando basicamente dependendo de energia solar, é preciso saber quanto de sol os dias marcianos terão, para que no inverno marciano se poupe energia nas baterias até que as células solares possam recarregá-las novamente.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Fundação Cacique Cobra Coral agora em Brasília para ver se chove

Brasília é um lugar estranho com gente esquisita. Normalmente, quem vai pra lá não fica legal; eu até diria que são os políticos, mas eles mesmos não ficam lá pois, segundo as palavras de Justo Veríssimo, se Brasília fosse boa, o Niemeyer moraria lá. Como vivemos no país da Pseudociência, Brasília não poderia deixar de completar o tanque de idiotice. Seu governador, Rodrigo Rollemberg, acabou de assinar mais um convênio com a Fundação Cacique Cobra Coral.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cacique Minhoquinha do Tempo agora está em terras paulistanas

Essa entraria para a conta: Paulistanos imitando. Não sei, mas exemplos devem servir para algo. Até os maus exemplos são úteis, nem que seja para servir de parâmetro do que não se deve fazer. Já que com o Bisprefeito a Fundação Cacique Cobra Coral não se criou, eles mudaram seus tentáculos para São Paulo, sob a gestão atual do Dória.

Parabéns, paulistanos, agora vocês terão o tempo controlado por entidades mágicas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cacique Cobra Coral falha e tempo fica uma bosta. Mas quando acerta, mesmo?

E quando Thor, filho de Odin e Deus do Trovão, encontrou sua adversária, o céu tremeu. Ela era Iansã, Senhora da Tempestade. Ventos começaram a soprar, com o rosto sacana e Eolos mostrando que ele estava ali para zuar com a bagaça. Raios cruzaram o céu, obra de Lord Raiden. Os mares revoltos de Ulmo, Senhor das Águas, lavaram a costa. O mundo ia encontrar o seu fim. Então, chega ele, grande, poderoso, de salto alto, lantejoulas e longos cílios postiços. Ele ajeita a peruca roxa, contrastando com o batom verde limão cheio de glitter, e mete as mãos nas cadeiras. E assim, o Cacique Cobra Coral, Senhor do Tempo, manda parar ou ia dar uma navalhada na cara de todo mundo.

Bom, foi isso que eu entendi quando disseram que a Fundação Cacique Cobra Coral está fazendo um excelente trabalho controlando o tempo, a pesar da bosta de tempo que fez ontem, com chuva e ventos fortes. Se disseram, eu acredito!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Fundação Cacique Minhoquinha tira o fiofó da reta e coloca a culpa da chuva no motorista

Todos nós conhecemos a Fundação Cacique Cobra Coral Papagaio Vintém. Sobre os poderes mágicos da senhora dona Adelaide DingLingLIng, já cansamos de falar por aqui. Mas mais poderosos são os poderes de Iansã, Senhora das Tempestades. Quem queria ver eclipse ontem se ferrou, pois a Orixá ficou bolada que Xangô deu um balão nela e foi admirar os dotes peitorais da Katy Perry. O céus escureceram, trovões ribombaram e o mundo caiu sob a forma de uma chuvarada no meio do Rock’n Rio. OP problema é que o Cacique achava que queria apito, mas Iansã falou que ali ele não apitava nada.

E agora, Adelaide?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Mãe, quando crescer quero ser divulgador de Ciência

Vi uma discussão (eu tenho que dizer que é "no bom sentido", pois para o brasileiro médio, "discussão" significa sair na porrada) sobre o papel de blogueiros de divulgação de Ciência, seu alcance e como fica em frente ao que chamamos lix… digo, sessões de ciência dos sites de notícias.

Particularmente, eu não sei como surgiu esta discussão e nem acho que isso seja relevante, enquanto discutamos (vem cá! vem pra porrada, anda!) a discussão discutida.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Descoberto no Reino Unido o calendário lunar mais antigo do mundo

Tão antigo quanto o próprio Homem é a necessidade de medir o tempo. Enquanto éramos caçadores e coletores, até que não fazia muita diferença, mas saber quando chegava o inverno já fazia diferença. Quando passamos a plantar nossos próprios víveres, conhecer a época certo de plantio e colheita era vital. Pensamos que no foi no Crescente Fértil que todas as grandes invenções começaram, mas não é bem assim. Enquanto Egito, Assíria, Babilônia e Hititas estabeleciam uma guerra fria (não, aqueles povecos semíticos não entram nesta lista), na região que os romanos mais tarde chamariam de "Britânia" os povos já mediam e contavam o tempo, construindo megalitos, calendários e megalitos que eram calendários, como Stonehenge. Mas agora, arqueólogos descobriram o que está sendo considerado o calendário lunar mais antigo do mundo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cacique Cobra Monroe foge convenientemente do convênio com a prefeitura do Rio

É fácil pegar um mentiroso. Basta deixá-lo se afogar na própria mentira, até que ele mesmo vê que não há como sustentá-la e foge como ratos de um navio afundando. Claro que na incrível necessidade de acreditar em coisas fantásticas, como sacis, santas chorando e crente capaz de provar a existência de algum milagre, vemos pessoas desistindo do raciocínio mais óbvio, justificando o injustificável; e é por isso que muitos ainda acreditarão nos poderes mágicos do Cacique Minhoquinha, digo, Chefe Ororo Coral, digo, Funcação Xavier para Médiuns Ladrões, digo, Fundação Cacique Cobra Coral, que alega poder controlar o tempo e volta e meia estabelece “parcerias” com a prefeitura do Rio de Janeiro.

Entretanto, por increça que parível, parece que o amor acabou, o sonho não saiu do forno e a Fundação ralou peito do convênio de forma muito conveniente, mediante o tempo maravilhoooooooooooooso destes últimos dias.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας