Seres santos e abençoados melhoram o mundo criando plásticos melhores

O plástico é uma maravilha: durável, barato e imune à quase totalidade de agentes biológicos. Os principais problemas do plástico é que ele não se decompõe fácil, seu preço faz com que se usem em larguíssima escala e, por fim, o fato de ele não ser atacado por agentes biológicos o faz ser um produto que não é biodegradável e, por isso, sua poluição aumenta a cada dia. Esqueça o canudinho plástico. Aquilo não é nada em comparação às milhares de toneladas de plástico que países asiáticos mandam pro ambiente. E nada ali é canudinho, que tem menos plástico que o seu tão amado sachê de catchup e o plástico que embrulha o seu copinho de papelão.

A Química trouxe a revolução dos plásticos. Cabe aos gloriosos, divinos e hipersábios químicos resolverem o problema dos plásticos. VALHEI-ME, QUÍMICOS! VÓS QUE NOS AJUDEM!

Continuar lendo “Seres santos e abençoados melhoram o mundo criando plásticos melhores”

Químico eletrocuta bactérias e elas ficam serelepes

Lembram do artigo sobre a bandagem elétrica que acaba com biofilmes de bactérias? Aí você ficou: MUAHAHAHAHA, mete eletricidade nessas disgramadas e mandem-nas pro Inferno das Bactérias. MUA-HA-HA! Agora, imagine que você está dando um rolé num parque e vê uns caras colocando eletrodos numa piscina natural para dar uns choques no que tiver á e descobre que as bactérias lá não só estavam vivinhas da silva como adorando a eletricidade a ponto de se alimentarem dela. Bizarro, não?

Continuar lendo “Químico eletrocuta bactérias e elas ficam serelepes”

Enzima boladona detona plásticos, trucida, aniquila, devora e se empanturra. Ok, não é nada disso

Você sabe que, hoje, a enorme quantidade de plásticos joganos no ambiente é algo absurdo, principalmente as garrafas PET. Há muito tempo busca-se meios para conter esta poluição toda.

Você também deve ter lido, ouvido ou visto sobre uma enzima com poderes mágicos de comer plástico. Bem, esqueça. Não é nada disso. a começar que enzimas não comem nada, pois, sequer são seres vivos. O máximo que a respectiva enzima faz é catalisar (e enzimas são muito boas nisso) a degradação do plástico em substâncias mais simples. Só que pessoal confundiu com o termo “digestão química”, que é quando uma substância atua sobre a outra, degradando esta segunda substância. Aí, os jornaleiros que traduziram com o Google translator, meteram essa de enzimas comedoras de plástico. Mas como é isso?

Continuar lendo “Enzima boladona detona plásticos, trucida, aniquila, devora e se empanturra. Ok, não é nada disso”

Sistemas fotossintetizantes são mais velhos do que se imaginava

Você lê Ceticismo.net. Você é informado e sabe sobre como o oxigênio surgiu. Se passou a acompanhar hoje, vou dar uma dica: fui há muito, muito tempo, com o que se tornaria mais tarde as algas azuis, ou cianofíceas. Não, nada de plantas ainda. Elas só apareceriam muito milhões de anos depois. De qualquer forma, sabia-se mais ou menos quando começou a haver fotossíntese, mas isso precisará ser reescrito em breve, já que uma nova pesquisa aponta que já havia organismos fotossintetizantes há 3,6 bilhões de anos, mais ou menos um bilhão de anos antes do que se acreditava até agora.

Continuar lendo “Sistemas fotossintetizantes são mais velhos do que se imaginava”

A reação venenosa do cloro com vinagre

Uma sequência de fotos soltas no 4Chan (onde mais poderia ser?) mostra um zé ruela misturando vinagre com solução de hipoclorito de sódio.  A sequência mostra que o cara se ferrou bonito, pois deve ter acarretado uma mistura altamente corrosiva e isso detonou om o braço do sujeito.

Ou será que não?

Continuar lendo “A reação venenosa do cloro com vinagre”

Reações Oscilantes e a Segunda Lei da Termodinâmica

Reações oscilantes são reações em que o caminho da reação chega até um determinado ponto, volta às condições iniciais, continuam a se processar, voltam, vêm e assim ficam até chegar ao final da reação e não prosseguem mais. Alguns acham que isso viola a Segunda Lei da Termodinâmica, mas estão errados.

O químico Andrea Sella explica isso. Só que ele cometeu um erro. Ele chama a reação de reação de reação de Belousov (na verdade, reação Belousov–Zhabotinsky). Mas os reagentes que ele usa são para a reação chamada reação Briggs-Rauscher. Ainda assim, vale ver o vídeo. Ativem as legendas.

Continuar lendo “Reações Oscilantes e a Segunda Lei da Termodinâmica”

Cinética Química

Cinética Química é a parte da Química que estuda o quão rápido uma reação química pode ser. É muito importante, pois muitas reações precisam ocorrer bem rápido, enquanto outras precisam ocorrer bem lentamente.

Em vídeo anterior, estudamos alguns tipos de reações, e agora vamos ver como podemos acelerar ou retardar isso. Seu modo de vida, inclusive sua própria vida, depende disso, mesmo que você não saiba.

Mas irá saber agora, no Livro dos Porquês!

Continuar lendo “Cinética Química”

As Bases

Já vimos sobre os Ácidos, os perigosos ácidos. Mas tudo na Química pode ser perigoso, mesmo aquelas que parecem ser boazinhas por neutralizarem os ácidos. Elas são as bases.

Aqui veremos algumas curiosidades sobre elas, e como elas podem ser bem perigosas, se não manuseadas com cuidados. Do que as bases são capazes em várias fases?

Continuando a série de vídeos sobre Funções Químicas, aprenderemos um pouquinho a mais sobre bases em mais um LIVRO DOS PORQUÊS

Continuar lendo “As Bases”

Reações Químicas

Reações químicas são o processo pelo qual nós temos uma ou mais substâncias e conseguimos obter muitas outras… ou apenas uma só. Nossas indústria, nossas casas e até o interior de nossos corpos é uma constante sucessão de reações químicas.

Essas reações nunca são iguais, cada uma dependendo da natureza das substâncias envolvidas. Sendo assim, que tal darmos uma olhadinha em alguns poucos exemplos? Eis mais uma edição em vídeo do LIVRO DOS PORQUÊS!

Continuar lendo “Reações Químicas”

Os Ácidos

Ácidos são substâncias interessantes, incríveis e… perigosas. Acham que só porque algo tem “ácido” no nome, é algo vindo de Satã para acabar com as nossas vidas. Mas é injusto. Ácidos estão dentro de nós, à nossa volta,

Por mais que as pessoas tenham medo dos ácidos, ainda assim sentem  curiosidade, e é para isso que existe este canal: para dar respostas às suas curiosidades sobre a Ciência.

Continuar lendo “Os Ácidos”