Jornaleiro acha que morcego é ave

Eu gosto do jornaleirismo do Brasil. Aquela mistura de erro, ignorância, desinformação e cara de pau, principalmente na hora de encher o saco que a assinatura garante boas reportagens, o que sabemos não ser bem o caso.

Um exemplo disso é o Metrópoles, o jornal que ainda está no tempo do Levítico e acha que morcegos são aves. Continuar lendo “Jornaleiro acha que morcego é ave”

Voz dos Alienados 110

Eu adoro meus idiotinhas de estimação. Eu até fico triste quando eles demoram a aparecer. O bom é que sempre que surgem é garantia perfeita que virá um festival de imbecilidades, uma verdadeira tubulação gigante de esgoto proveniente da mente alienada, burra, estúpida e ignorante, numa imansa saraivada de dejetos mentais dignos das mentes mais toscamente idiotizadas.

Vocês também adoram isso que eu sei. Esta é a sua VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 110”

CREMESP diz “foda-se você e seu parente no hospital”

Meu pai esteve doente no final do ano passado. Uma série crise renal o fez ficar internado. Seus níveis de eletrólitos não estavam altos. Estavam altos pra caralho! Algo como dez vezes mais do que deveriam estar. Ele ficou internado e eu não pude visita-lo, porque o hospital estava lotado com casos de coronavírus. No máximo, os médicos saíam para falar com os familiares que estavam do lado de fora e que também não podiam visitar seus parentes. A única forma que eu pude falar com ele foi através de vídeo-chamadas feitas pelo celular da equipe médica. Segundo meu pai, foi assim que ele conseguiu suportar os dois meses lá, passando natal e réveillon longe da família.

Por sorte, não moro em São Paulo. Segundo o CREMESP, fazer vídeo-chamada viola o direito à dignidade dos pacientes. A pessoa só fica digna quando fica abandonada num leito de hospital, sem poder falar com ninguém. Ok, né? Continuar lendo “CREMESP diz “foda-se você e seu parente no hospital””

Voz dos Alienados 109

Estavam com crise de abstinência, né? Eu também. Sinto falta quando o bando de malucos não passa por aqui e deixa as suas perfeitas mostras de imbecilidade. Mas eles são ótimos em sempre nos ajudar, escrevendo o monte de insanidades, dignas das mentes mais do que perturbadas.

Bem, chega de palavrório. Vamos à sua série favorita: VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 109”

Voz dos Alienados 108

Estamos no meio da insânia. Ela começou há muito tempo e agora está cavalgando naqueles cavalos robóticos dos Galaxy Rangers. Pessoal também anda meio indócil nos comentários, e isso é bom, pois dá para se distrair dos retardos mentais do primeiro Energúmeno; mesmo porque, este bando de acéfalos que regurgita bobagens aqui não está por aí causando genocídios.

Então, já que estamos em meio a um lockdown auto-infligido, já que os governos estaduais são um bando de idiotas e não tomam uma decisão, vamos para mais uma edição do VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 108”

Voz dos Alienados 107

Ah, aquele cheirinho maravilhosamente fétido está tomando o ambiente de novo.  Aquele aroma de ignorância, boçalidade e estupidez que brota da fossa séptica do retardo mental de um bando de idiotas que resolvem externar o melhor de si mesmos, e olhem que eu estou até sendo educado, pois eu ainda acho que estes energúmenos fizeram um esforço para escrever, já que mal têm capacidade cognitiva para ficarem respirando sem aparelhos.

Simbora pra mais um VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 107”

Grandes ideias que você não deveria ter: Vassouromóvel

Trânsito nas grandes cidades é um problema sério. Acredite em mim: eu moro lá (no caso uma grande cidade, mas tem horas que eu penso que moro num engarrafamento). Claro, existem muitas soluções pra isso. Normalmente, envolvendo milhões de dólares em infraestrutura e transporte público, mas isso é coisa de mentes pequenas. Dois sujeitos tiveram a brilhante ideia de fazer uma vassoura-monociclo à lá Harry Potter.

Continuar lendo “Grandes ideias que você não deveria ter: Vassouromóvel”

Prefiro o abacaxi

Jornaleirismo de recursos precisa de qualidade (ou algo assim). Sempre tem alguém para encher o saco (normalmente “jornalistas”) para que gastemos nosso rico dinheirinho para assinar jornais. O problema é que o dinheiro que querem se mostra uma péssima escolha. Uma cientista portuguesa percebeu isso quando fizeram ela dizer o que ela não disse. Continuar lendo “Prefiro o abacaxi”

E no retorno, torno a ver o mesmo de sempre

Eu ia colocar o título “Lá e de volta outra vez”, mas todo mundo gosta de chupar o Tolkien e usar esta frase. Eu tive uma microférias excelente, obrigado, não que vocês tenham que se importar. Então, eu volto e continuo vendo gente enchendo o saco com medição da temperatura no pulso, o terraplanismo em tempos de Coronga.

Não sei por que as pessoas se preocupam com isso.

Continuar lendo “E no retorno, torno a ver o mesmo de sempre”