Da recente descoberta da carta de Galileu e sobre como continuam com desinformação

Pessoal está entusiasmado com um documento sob a forma de uma carta que Gelileu teria escrito para seu amigo quando durante o processo em que sua batata estava assando em forno eclesiástico. Fui ler o artigo da Ars Technica, parei no primeiro parágrafo, olhei quem escreveu. Sim, jornalista, tinha que ser! Para começar já veio com a bobagem que Galileu foi acusado por dizer que a Terra girava ao redor do Sol. AINDA estão espalhando esta estupidez!

O artigo é Newly discovered letter by Galileo resolves puzzling historical Mystery (Carta de Galileu recentemente descoberta resolve mistério enigmático). O título já é uma bosta, mas piora com o cabeçalho “AND YET IT MOVES” (e ainda assim se move).

Continuar lendo “Da recente descoberta da carta de Galileu e sobre como continuam com desinformação”

O Maravilhoso Mundo da Química Parte 2

O mundo da Química continua rodeado de maravilhas. Um mundo mais perto de você do que você pensa, ou sequer gostaria. Sim, a Química, por mais que seja a mais odiada das Ciências, é a que permitiu que você tivesse tudo o que tem hoje. Lide com isso.

Eu já tinha participado de um episódio do SciCast sobre Química, mas é um assunto tão grande que teve que ser quebrado em duas partes. E aqui a temos: a segunda parte do SciCast da ciência que cuida das misturas e combinações. Divirtam-se, e que a Química esteja com vocês.

Continuar lendo “O Maravilhoso Mundo da Química Parte 2”

Grandes Nomes da Ciência: Marie-Anne Pierrette Paulze

Vejam, distintos leitores, a bela moça da gravura ao lado. Sim, gravura; em sua época ainda não tinha sido inventada a fotografia. O suave delinear do pescoço descendo até ombros claros. Um meio-sorriso maroto da aristocracia. Um queixo um tanto desdenhoso, digno de sua mocidade, ornamentando por um cascatear de cabelos ondulantes, encimados por um chapéu de plumas, como era moda daqueles dias.

Mademoiselle Paulze era assim. Um sopro cálido numa manhã de primavera, mas ela era mais que um simples rosto bonito. Mesmo em seu papel de esposa de um advogado, ela deu brilho com sua inteligência, e mesmo a Química tem muito a agradecer por seu trabalho.

Continuar lendo “Grandes Nomes da Ciência: Marie-Anne Pierrette Paulze”

O Maravilhoso Mundo da Química

Existe um mundo que as pessoas vivem mas não se dão conta. Um mundo envolto de maravilhas, um mundo fantástico, onde as coisas nunca ficam paradas, mas estão em eterna mudança. Um mundo mágico, verdadeiramente incrível. Esse mundo que as pessoas dizem odiar, mas tão importante, é a base de tudo o que conhecemos, de tudo o que fazemos, de tudo oque criamos.

Este é um episódio do SciCast que conta com a minha participação e grande elenco. Um episódio que fala do mais incrível mundo que poderia existir. Ele fala sobre o Maravilhoso Mundo da Química.

Continuar lendo “O Maravilhoso Mundo da Química”

Grandes Nomes da Ciência: René Laennec

Os pais entram pelo Pronto Socorro desesperados. Eles trazem um grande embrulho nos braços. A primeira figura de branco é Deus para quem precisa., mas é apenas um homem. O ruído sibilante dá o alarme e séculos de conhecimento acumulado entram em ação. A mãe leva a ão na boca, o pai explica simplesmente que ele não está respirando, doutor. Ouvidos escutam, mas os olhos não acompanham, pis estao fitando outra coisa. Mãos treinadas mão até o aparelho, e uma extremidade bipartida são levadas aos ouvidos enquanto o peito já desnudo por uma rapidez mal observada recebe o frio toque do aparelho.

O estetoscópio é instrumento diário, simples e imprescindível nas mãos de um médico. Apesar de meio que óbvia a sua utilização, o estetoscópio é de invenção relativamente recente, e isso se deve a Renné Laennec.

Continuar lendo “Grandes Nomes da Ciência: René Laennec”

A Informática Maldita do Cardoso

Saiba, ó príncipe, que entre os anos em que os mares engoliram o Rio de Janeiro no último temporal e os anos do surgimento dos Filhos, Sobrinhos e Cunhados de Políticos, houve uma era inimaginada, quando reinos esplendorosos se espalharam pelo mundo como mantos azuis sob as estrelas. Para cá veio Cardoso, escritor mundialmente famoso autor de Por que todo idiota acha que é preciso ser famoso para ter muitos seguidores no Twitter.

Esse é o mundo do Cardoso!

Continuar lendo “A Informática Maldita do Cardoso”

Grandes Nomes da Ciência: Agnodice

A mulher em dores excruciantes adentra o hospital… o que poderia se chamar de hospital aquele açougue. Sem suturas, sem instrumentos cortantes decentes, sem esterilização, sem antisséptico. Aquilo era o Inferno na Terra. Não, não estamos falando do Brasil. A mulher em trabalho de parto estava recusando qualquer tentativa de socorro. Ela só queria ser atendida por uma pessoa. Não uma pessoa qualquer, mas uma figura lendária. Tão lendária que nem sabemos com certeza se existiu. Tão lendária que a história acima descrita pode nem ter ocorrido. Mas o nome da pessoa ainda permeia a História.

O nome dessa mulher era Agnodice.

Continuar lendo “Grandes Nomes da Ciência: Agnodice”

O gelado reino de Netuno

O reino dos planetas-deuses é desolado. A partir do planeta-guerreiro, o sistema solar já está muito frio, espaçado, praticamente morto. Quando chegamos no planeta-deus Netuno, não há água líquida, seu reino marinho repousa apenas na mitologia. É muito frio, deserto, sem vida; mas, nem por isso, vazio. Há uma imensa vizinhança circundando o reino de Netuno, magnífica, mas indiferente, com uma frieza de dar dó, pois além de não dar bola para as bactérias que andam sobre a Terra e constroem mísseis balísticos, os longínquos mundos perto de Netuno estão longe demais do Sol para serem paraísos caribenhos. No máximo são como Zamhareer , o infeno de gelo.

Com informações infernalmente precisas, abram o seu LIVRO DOS PORQUÊS, seção Astronomia.

Continuar lendo “O gelado reino de Netuno”

Os 1001 anos da esplendorosa ciência islâmica

Antes de nossos pais, avós, bisavós e do seu antepassado mais antigo do qual você se lembra, a ciência islâmica já dominava o mundo, da Ásia Central à Europa ocidental. Aqui contaremos um pouco sobre como os desbravadores do pensamento científico moldaram nosso mundo e como sua influência não é apenas a pedra basilar de tudo o que sabemos hoje. É simplesmente MUITO MAIS!

Este artigo conta um pouco da Ciência Islâmica, e como ela influenciou nosso mundo de hoje, a começar pela Renascença.

Clique aqui para ler todo o artigo »

Os incríveis desejos de Robert Boyle

robert_boyle.jpgNão, este artigo não tem nada a ver com sacanagem. Robert Boyle, um dos mais célebres cientistas da Inglaterra (e estupidamente chamado de Pai da Química pela agência EFE, sendo repetida pelo Terra) deixou um legado de trabalhos meticulosos. A partir desta segunda-feira, a Royal Society comemora seus 350 anos com uma exposição de vários documentos, como os primeiros trabalhos de Charles Darwin e o manuscrito original do Philosophiæ Naturalis Principia Mathematica (Princípios Matemáticos da Filosofia Natural), de Isaac Newton, o livro de maior peso científico e considerado uma peça-chave para o desenvolvimento científico. Procurei alguma obra publicada pelo Behe lá, e o sistema caiun na gargalhada, sem eu nem saber o porquê.

No tocante a Robert Boyle, a Royal Society publica uma lista de “desejos” que o autor de The Sceptical Chymist (O Químico Cético) teria pensado para o futuro.

Continuar lendo “Os incríveis desejos de Robert Boyle”