Reino Unido manda bem e a maior parte da geração de energia tem emissão zero de carbono

Geração de energia é algo muito complicado. Um país industrializado precisa de uma política de geração de energia bem planejada. Como o Brasil não é uma coisa, não pode ter a outra. O Brasil tem momentos que sofre picos de consumo de energia e, por isso, precisa ativar as usinas termelétricas. Sendo majoritariamente uma produção de energia por meio de hidrelétricas, a quantidade de carbono lançado na atmosfera sobe muito quando precisa ligar as esquentadinhas. As usinas nucleares seriam uma melhor pedida, mas os silvícolas deste país ainda têm medinho de isso aqui virar Chernobyl, sendo que nem somos tão incompetentes assim.

Já a Inglaterra e o restante do Reino Unido (não são a mesma coisa) estão no caminho contrário. Sendo sua geração elétrica por meio de combustíveis fósseis, pela primeira vez desde a Revolução Industrial, a geração de energia com emissão zero de carbono ultrapassa a geração por meio de carvão e gás no final de maio.

Continuar lendo “Reino Unido manda bem e a maior parte da geração de energia tem emissão zero de carbono”

A maravilha do fogão solar mágico

Eu adoro soluções ecológicas. Tanto as sérias, que ajudam a reduzir índices de poluição e purificam ar e águas, quanto as idiotas, mas isso é puro divertimento sádico. Nisso aparece uma nova solução ecológica para o pessoal pobrinho cozinhar. É um fogãozão solar supimpa, capaz de assar e churrascar suas iguarias. Mas não ligue agora!

O Wilson Solar Grill é muito maneiro. Aquela coisa cozinha qualquer coisa! Mas como? Fogão solar não funciona de noite? Deixa de ser retardado, o Wilson Solar Grill é tão foda que ele cozinha até de noite. Sim, amiga dona de casa! Ele pode armazenar energia térmica e você poderá cozinhar seus alimentos à noite. Maaaaaaaaaaneiríssimo, não?

Continuar lendo “A maravilha do fogão solar mágico”

Inaugurada usina solar flutuante em lago de hidrelétrica. E você achando vantagem

O Brasil é um lugar que tecnologia é levada a sério. Amamos WhatsApp e Candy Crush. O problema é que não conseguimos fazer o que a Alemanha Nazista fez na década de 1940 e a URSS fez na década de 1950 (e não estou falando de extermínio de pessoas. Neste quesito, somos muito bons, obrigado).

Mas nem tudo está perdido (está, mas tentam nos iludir assim mesmo). Nós agora desenvolvemos a primeira usina solar flutuando em lago de hidrelétrica. Que maravilha. Estou com os olhos marejados com tanta tecnologia. Agora sim resolvemos nossos problemas (e você já me conhece o suficiente para saber o que vem por aí).

Continuar lendo “Inaugurada usina solar flutuante em lago de hidrelétrica. E você achando vantagem”

As origens dos campos magnéticos das estrelas e galáxias

O que ajudou a Terra ser… a Terra e Marte a não ser a Terra é a questão da existência ou não de uma magnetosfera. O Sol, além de luz e calor, tenta a todo momento mandar todos nós para a vala com suas emissões de alta energia O vento solar é uma emissão de partículas de baixa densidade (normalmente prótons e elétrons), que se propagam pelo sistema solar a aproximadamente 450 km/s. Como a Terra tem um núcleo ferroso em movimento, gera-se um campo magnético em volta do planeta que nos protege, desviando essas emissões e gerando as belíssimas auroras (boreal e austral). Marte não tem esse núcleo em movimento e, por isso, não teve como se proteger e, por isso, (e graças à sua gravidade menor), sua atmosfera deu tchauzinho e foi embora.

Estrelas e até mesmo galáxias também têm campos magnéticos, isso todo mundo sabe. O que não se sabe é como se deu a formação desses campos magnéticos. Mas parece que estamos bem perto de descobrir toda a verdade.

Continuar lendo “As origens dos campos magnéticos das estrelas e galáxias”

Pesquisadores estudam o ferro no interior das estrelas e como ele interage com a energia

O Sol, nosso amigo Sol, é a mais fantástica indústria química de nosso sistema. E ele é até pequeno (mas não a menor estrela), em comparação com Betelgeuse. Começando com o simples hidrogênio e acarretando em… nós?… estrelas foram capazes de sintetizar todos os 92 elementos que são encontrados na Natureza. Isso, nós sabemos. O que procuramos entender mais é como as boçais quantidades de energia fluem pelo interior das estrelas. Sempre se teorizou sobre o papel do ferro na inibição da transmissão de energia a partir do núcleo do Sol para perto da borda da sua banda de radiação, a região entre o núcleo do sol e zona de convecção exterior.

Agora, pesquisadores conseguiram recriar experimentalmente o processo, entendendo melhor o que acontece no núcleo das estrelas.

Continuar lendo “Pesquisadores estudam o ferro no interior das estrelas e como ele interage com a energia”

Os frutos dourados (e mais eficientes) do Sol

Células solares são excelentes, mas ao mesmo tempo ruins. São excelentes por não usarem nada mais que o poder de Helios como fonte de energia e ruim pela eficiência ser tão baixa. Ressalte-se que estamos falando de gerar energia elétrica, e não simplesmente esquentar água pro seu banho. Uma das saídas seria usar a energia solar para produzir hidrogênio para queima ou hidrocarbonetos à partir de gás carbônico.

Continuar lendo “Os frutos dourados (e mais eficientes) do Sol”