10 perguntas embaraçosas sobre a Bíblia parte 2

Há algum tempo, eu postei 10 perguntas embaraçosas sobre a Bíblia. Bem, esta é a parte 2. Será que ir~]ao responder estas perguntas? Porque as anteriores, quando respondiam era enrolação, e nunca respondiam todas.

Vamos, filhos de Deus. Vocês conseguem me aniquilar no campo da argumentação, não conseguem? Manda ver aí! Continuar lendo “10 perguntas embaraçosas sobre a Bíblia parte 2”

Maria, A virgem que não era

Os cristãos têm vários dogmas. Alguns são mais fortes que outros. Alguns deles são tão fortes que as principais vertentes cristãs, apesar de divergirem em quase tudo, aceitam de comum acordo, como o nascimento milagroso de Jesus de uma mãe virgem. Isso vale para católicos romanos e ortodoxos, e protestantes (não todos). Maria é cognominada “A Virgem” (ou Virgem Maria, o Virgi, ou Vixi, ou só Ixi), pois Jesus foi gerado sem que sua mãe tivesse feito sexo com alguém, muito menos José. Assim, o nascimento milagroso de Jesus o livra do Pecado Original, o que já o deixa mais santo que todos os mortais que nasceram e morreram. Claro, as coisas não são tão simples assim, e o problema é que, ao entendermos tudo o que estava por detrás disso, vemos que foi apenas fruto de uma briga política pelo poder, sustentada debilmente por uma confusão por parte dos redatores da Bíblia.

Continuar lendo –>

Santíssima Trindade Desmascarada

Um dos pontos mais fundamentais que constroem as diferenças doutrinárias entre todas as vertentes cristãs é o trinitarismo, a doutrina da Santíssima Trindade. Discussões acaloradas surgem entre cristãos trinitarianos e os unitarianos. Os trinitarianos dizem que a Santíssima Trindade não pode ser derrubada pela Ciência com suas provas e pesquisas, pela História dos Concílios com seus registros e evidências e muito menos com o exame racional do tema. É uma questão de fé, um dogma, algo que, como sempre, devemos acreditar porque nos mandaram acreditar. Mas temos a questão teológica do tema, onde podemos muito bem analisar a única fonte que eles não podem ignorar: A BÍBLIA!

Aqui veremos e analisaremos se a Santíssima Trindade é fundamentação biblicamente. E tudo começa com… Clique aqui para ler o restante deste artigo »