Segundo pedagoga, beijo de vó pode ser início de abuso sexual

Estamos num mundo tão louco que o que era necessário agora é abuso. Atenção não pode, nem carinho nem demonstrações de afeto, porque isso pode mascarar abuso sexual. Nada de demonstrar carinho, sem a permissão da própria crianças, pois um simples abraço e beijo de vó é algo pérfido e nocivo. Insano suficiente? Pois é o que pedagogas acham. Mas aí é pedagogo, não se espera coisa com um mínimo de lógica, certo?

Continuar lendo “Segundo pedagoga, beijo de vó pode ser início de abuso sexual”

Casais gays apresentam mesmo grau de violência domestica que casais héteros

Como qualquer pessoa que mora nas grandes cidades, eu sofro com uma praga chamada “vizinhos”. Sabem aquele lance “antigamente era melhor”? Se for com relação a você morando num lugar e o vizinho morando a 1 dia de cavalo de distância, sim. Volta e meia tenho que ouvir umas DR. E sim, já rolou DR de um casal homossexual que morava no apartamento ao lado. Rolou até um “Eu vou voltar pra casa da mamãe!”. Isso acabou em uma discussão no meu próprio domicílio (normalmente, eu falo “casa”, no sentido de “lar”, mas sempre tem um chato perguntando se eu não moro em apartamento). Minha mulher ralhou feio comigo. Só porque eu tinha pego uma cadeira para sentar na área, com uma cerveja aberta, apreciando a discussão.

Você pode pensar que casais homossexuais levam uma vida conjugal mais calma e tranquila que casais héteros, mas uma pesquisa mostra que muito pelo contrário. Uma recente pesquisa mostra que casais homossexuais masculinos tem seus percentuais de violência e abuso (psicológico e até mesmo sexual). E você achou que o mundo dos casais gays era um imenso filme do Wong Fu, obrigado por tudo.

Continuar lendo “Casais gays apresentam mesmo grau de violência domestica que casais héteros”

Pais pastores maníacos abusam, torturam e matam filho e enteado

Kauã e Joaquim eram irmãos. Tinham seis e três anos, respectivamente. Tinham! Suas longevidades não foram longas, já que eles morreram carbonizados em um incêndio em 21 de abril deste ano. Trágico? É pior do que você pensa. Tão pior que os pais estão sendo investigados. Motivo? Se beneficiarem da morte dos filhos para ascender socialmente dentro da igreja.

Ah, eu não falei? Papai e mamãe são pastores de uma igreja evangélica. E esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Pais pastores maníacos abusam, torturam e matam filho e enteado”

Pai acusado de estuprar filha pequena dava aulas sobre pedofilia em escolas

No tosco mundo de Hades, a insânia é a ordem do dia. Já não bastava as maluquices diárias. Ele sempre espera chegar sexta-feira para soltar as aberrações humanas para conhecimento do público. Um bom exemplo disso é um zé ruela que tira onda de bonzão nos colégios, ensinando sobre sexo e abusos de pedófilos, mas quando chega em casa, dá exemplos práticos para a própria filha.

Impedindo que idiotas venham abusar da sua paciência, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Pai acusado de estuprar filha pequena dava aulas sobre pedofilia em escolas”

A epidemia do estupro étnico

criancamuculmana.jpegNa Austrália, Noruega e Suécia, há um crime racial específico ocorrendo: homens islâmicos estupram mulheres ocidentais por razões étnicas. Isso é sabido porque os criminosos declaram abertamente suas motivações sectárias.

Adolescentes australianas foram sujeitadas a horas de degradação sexual durante uma série de violações em grupo em Sydney, entre 1998 e 2002. Os criminosos moldaram a razão para suas ações em termos explicitamente étnicos: as vítimas eram chamadas de “sluts” e “porcas australianas” enquanto abusadas. Na corte suprema australiana em dezembro de 2005, um estuprador paquistanês declarou que suas vítimas não tinham direito de dizer “não”, porque não escondiam o rosto sob o véu. Continuar lendo “A epidemia do estupro étnico”