Polícia prende cartomante enganadora (desculpe o pleonasmo)

E no maravilhoso mundo da enganação, sempre tem dois achando que vão sair de casa para se dar bem, se encontram, mas só um efetivamente consegue. O problema é que, às vezes, isso dá ruim para o trapaceiro, como foi o caso da cartomante desclassificada (desculpem o pleonasmo) que viu o tarô nascer quadrado na Asa Sul de Brasília, após enganar uma otária que acredita em tarô (desculpem o pleonasmo) e meter a mão em R$ 100 mil em joias.

O caso começou quando uma dona de 47 anos, com mais dinheiro que bom senso, recebeu um telefonema de alguém se dizendo astróloga. Mostrou rede social e talz. Lá nos “feices” e nos “Insta” a tal astróloga se dizia “cartomante, quiromante, leitora de búzios e Tarô”. Então, a trapaceira quiromante (desculpem o pleonasmo) falou para a tal dona rica (é empresária, e se ela lida com seus negócios como conduz sua vida, fico pasmo que ainda tenha negócio) mandou um migué que tinha conhecimento de fatos da vida da tal empresária e do pai dela. A golpista insistiu para que a vítima fosse sozinha até dela. E A MULA FOI!!

Sim, eu sei que esta parte está muito mal contada, mas vou bancar o crédulo e acreditar que não foi a tal empresária que foi lá porque quis. Ou será que ela é tão idiota assim? Vamos prosseguir!

Passou-se 4 dias, a empresOtária foi ter de novo com a vidente sacripanta (desculpem o pleonasmo) e ouviu que tinha que pagar a mais, pois eram 72 ispritus que estavam fazendo mal a ela, logo, o trabalho ficaria 72 vezes mais caro. A empresOtária entregou nove pulseiras de ouro e brilhantes que estava usando (quem sai com 9 pulseiras de ouro e brilhantes na rua?).

Quando chegou em casa, a empresOtária se tocou que tinha caído num golpe (porra nenhuma! Alguém deve ter dito o quanto ela era burra. Provavelmente o marido, o que deve ter saído um sonoro esporro!). A imbecil ligou para a vidente desonesta (desculpem o pleonasmo) exigindo que devolvesse as joias, ganhando como resposta um “Aqui, ó!”., e se quisesse as jóias teria que pagar R$ 45,9 mil. A empresOtária correu pra polícia, coisa que deveria ter feito desde o início, e agora a cartomante bandida (desculpem o pleonasmo) foi pro xilindró, mas já deve ter pago os 3 reais da fiança e ido embora.

Quanto à empresOtária, eu digo: BEM FEITO!

Nada nessa história faz sentido, e as pessoas nem seriam tão burras, mas eu conheço casos parecidos, e, por isso, até acredito. Mas que está mal-contado, está.

E lembrem-se: Vudu é pra jacu!


Fonte: G1

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s