Banhos públicos não livraram antigos romanos de parasitas

O grande diferencial do Império Romano para outros reinos, como Cartago – em quem Cipião, o Africano, sugeria que lhe passasse o cerol – foi a vida social dos cidadãos. Grandes banhos públicos garantia que você, pobretão, tomasse banho ao lado de um tribuno. Isso garantia que todo mundo ficava de olho em todo mundo. Eles tinham até privadas públicas, literalmente públicas, com um “troninho” ao lado do outro. Homens e mulheres em papo animado enquanto faziam o número 2.

O problema é que pesquisas recentes mostram que nos banhos públicos se compartilhava de ideias, fofocas e até parasitas.

Continuar lendo “Banhos públicos não livraram antigos romanos de parasitas”

Um microscópio de 1 real!

Esqueça a sua casa. Esqueça o seu computador, celular, tablet ou mesmo fogão e geladeira. Pense que você está lá nos confins esquecidos da África, ou num lugar sem saneamento básico, como os 80% dos municípios do Ceará. Pense que o máximo de desenvolvimento tecnológico desses lugares é o uso do fogo. Pene no que é um médico ir nesses lugares, sem poder fazer um diagnóstico mínimo, já que não pode ter um laboratório perto, sem nem um microscópio. Agora pense que ainda temos a Ciência, e a Ciência existe para resolver estes problemas.

Usando inteligência e criatividade, pode-se fazer qualquer coisa. Até mesmo um microscópio de dobradura.

Continuar lendo “Um microscópio de 1 real!”