Itália contraria Vaticano e aprova venda de pílula abortiva

A Agência Italiana dos Fármacos (AIFA) – numa medida que eu entendo como “mostrar o dedo médio pra ICAR” – autorizou na noite de quinta-feira (30/07) o uso da pílula abortiva no país. O Império do Mal (aka Igreja Católica) ficou possessa com a decisão, protestou, bateu o pézinho, colocou as mãos na cintura e caiu em prantos, dizendo que a AIFA era feia, boba e chata. Mesmo assim, os Jedis da Agência de Fármacos não deram a menor bola. Como última tentativa de comoção, a ICAR ameaçou os médicos que prescreverem a pílula de excomunhão, bem como as pacientes que tomarem o remédio. Sim, você já viu essa notícia antes AQUI, AQUI e AQUI, mas há alguns quilômetros de distância deles. Continuar lendo “Itália contraria Vaticano e aprova venda de pílula abortiva”

ICAR muda de ideia e critica excomunhão no caso da menor grávida

As pessoas mais idosas tinham ditados eficiente e que retratavam bem o mundo, mas infelizmente as pessoas não costumam dar ouvidos, e a ICAR é uma boa prova disso.

“Passarinho que come pedra sabe o cu que tem”, já dizia o adágio. Só que algumas bestas não sabem o cu que têm e comem além de sua cota de pedras, tendo um desfecho pra lá de indigesto, como foi o caso da menina de nove anos grávida de gêmeos mostrou. Vendo que a opinião pública se voltou contra seus dogmas idiotas, o Império do Mal voltou-se contra um de seus Siths, mostrando que, como todo bom predador, eles não desdenham voltar-se contra um de seus membros (ops), quando o caldo entorna. Continuar lendo “ICAR muda de ideia e critica excomunhão no caso da menor grávida”

Igreja não culpou padrasto que engravidou menina de nove anos

Particularmente, eu nunca esperei justiça divina. E também, nunca levei religiões a sério, a ponto de achar que elas se importassem com os inocentes. E uma vez mais, não me sobrou nenhuma dúvida sobre a história criminosa no passado da Igreja Católica e nem dos podres que ela sustenta até hoje, tanto em termos de recursos humanos, como na teologia que produzem.

Eu sempre deixo bem exposto que a Ceticismo.net não é contra  os religiosos em si, mas sim com o comportamento das religiões, em seu caráter dominador. Eu não condeno alguém que escolhe seguir uma linha religiosa. Não critico nem os cristãos, o que critico é  o seu comportamento. Mas eu estava errado. O cara que escolhe seguir voluntariamente o cristianismo tem probabilidade de possuir grandes problemas comportamentais. Quem escolhe seguir a ICAR é – agora tenho esta opinião – uma pessoa sem moral ou caráter. Ainda mais quando defendem o ato CRIMINOSO de um de seus líderes religiosos, como é o caso do estúpido arcebispo de Olinda e Recife que excomungou os médicos, mas não viu nada demais ou errado no padrasto ter estuprado e engravidado uma menina de nove anos., em um martírio que durou três anos. E reitero, isso me dá nojo! Continuar lendo “Igreja não culpou padrasto que engravidou menina de nove anos”