Telescópio James Webb manda suas primeiras imagens

O James Webb é o telescópio espacial mais zicado, tendo sofrido inúmeros atrasos. Entretanto, agora está no ar… figurativamente, já que não  tem ar no Espaço, e eu nem sei por que eu tive que elucidar isso. Ou eu estou falando com idiotas ou estou tentando encher linguiça. Cartas para a redação.

Bem, o James Webb mandou as suas primeiras imagens. Elas podem ser um tanto quanto decepcionantes, mas isso tem um motivo. Continuar lendo “Telescópio James Webb manda suas primeiras imagens”

NISAR: Para quando você perguntar em que pesquisa aeroespacial ajuda na vida das pessoas

A missão NASA – ISRO Synthetic Aperture Radar (NISAR) é um projeto que visa fornecer imagens diurnas e noturnas em todos os climas de quase toda área seca e as massas de gelo da Terra. O satélite fornecerá mapas de áreas de cultivo em desenvolvimento em uma base global a cada duas semanas. As observações não serão interrompidas pelo clima e fornecerão informações atualizadas sobre as tendências em grande escala que afetam a segurança alimentar internacional.

Continuar lendo “NISAR: Para quando você perguntar em que pesquisa aeroespacial ajuda na vida das pessoas”

Juno, Ganimedes e Vangelis: o trio da maravilha

Eu adoro Júpiter; e adoro Vangelis também. Considero dois gigantes, cada um no melhor de sua atividade. Júpiter e seus inúmeros satélites são uma poesia, assim como Vangelis é uma poesia musical. No vídeo a seguir, a sonda espacial Juno é mostrada dando um rolé por Ganimedes. Isso aconteceu em junho, mas as imagens demoram um tantinho para chegar aqui.

Continuar lendo “Juno, Ganimedes e Vangelis: o trio da maravilha”

Ranço estatal acha que ir ao Espaço é só para escoceses. Ou algo assim

Você deve ter visto que dois bilionários, Richard Branson e Jeff Bezos, foram ao espaço nos últimos dias. Isso está deixando muita gente irritada. Podem alegar que tanto a nave do Branson quanto a do Bezos não são foguetes de verdade. Bem, e daí? Vão dizer o que em seguida? As naves não são escocesas? Continuar lendo “Ranço estatal acha que ir ao Espaço é só para escoceses. Ou algo assim”

Kaijus galácticos se enfrentam e foram pegos em vídeo… ou quase

Buracos negros são aqueles corpos celestes tão foda que a gente pode chamá-lo de Gojira (prefiro o nome original japa. Me processe) das galáxias. Já estrelas de nêutrons são estrelas extremamente densas. Uma colher de material de uma estrela de nêutrons chega a pesar muitos e muitos quilos. É praticamente um King Kong estelar, não que eu esteja chamando o King Kong de gordo, veja bem.

Já pensou quando um buraco negro pega uma estrela de nêutrons? Pois é. Não vai ter nenhum Gojira robótico de tamanho absurdamente grande, então, sai um pega pra capar, com o buraco negro ganhando, obviamente. Continuar lendo “Kaijus galácticos se enfrentam e foram pegos em vídeo… ou quase”

Como as primeiras estrelas se formaram?

Como as primeiras estrelas se formaram? Para ajudar a descobrir, a simulação de computador SPHINX da formação de estrelas no início do universo foi criada, alguns resultados dos quais são mostrados no vídeo apresentado. Além da radiação de fundo, o universo estava escuro. Logo, pequenos aglomerados de matéria ricos em gás hidrogênio começam a se aglutinar nas primeiras estrelas.

Continuar lendo “Como as primeiras estrelas se formaram?”

Uma sombra que passa, uma Lua que não se esconde

Durante esta semana, tivemos um eclipse lunar, quando a sombra da Terra fica no caminho do trânsito da Lua. A bem da verdade, a Lua não desaparece, mas fica avermelhada, já que o brilho do Sol é muito forte e parte de seus raios passam pela atmosfera terrestre.

O vídeo a seguir é um timelapse de um eclipse de 5 horas, tendo ocorrido em 31 de janeiro de 2018.

Continuar lendo “Uma sombra que passa, uma Lua que não se esconde”

Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!

Todo mundo sabe que buracos negros são fascinantes, mas uma catástrofe. Se não uma catástrofe espacial, ele pode gerar coisas bem horrível, como o filme Interestellar. Até mesmo uma estrela se ferra se chega muito próxima de um buraco negro. A grande pergunta é “ok, mas o que acontece?” Continuar lendo “Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!”