Imbecis do MEC fazem o que melhor sabem fazer: Sendo imbecis e pedindo vídeo de alunos cantando hino

MEC de novo aprontando das suas. Tinha sido divulgado nos meios de comunicação que o MEC tinha expedido um email solicitando que colégios perfilassem seus alunos para cantar o hino nacional e que os diretores filmassem o acontecimento. Eu achei esquisito, ainda mais que jornaleiros não gostam muito de postar fonte, mesmo quando é fonte oficial. Exortando meus vassalos a abrir o CSI Twitter, descobri (obrigado, Limão) que o comunicado era verdadeiro, pero no mucho.

Afinal, o que aconteceu? (sim, é pra você continuar lendo sem ser na página principal. Me processe).

Continuar lendo “Imbecis do MEC fazem o que melhor sabem fazer: Sendo imbecis e pedindo vídeo de alunos cantando hino”

Pedagogos, Ensino e por que está tudo errado nas escolas

Há algo muito errado no Ensino aqui no Brasil. Nossas crianças saem do colégio sem aprender nada. Passam anos e mais anos estudando língua português, mas saem escrevendo errado. Passam anos fazendo contas, mas não conseguem conferir o troco. São absurdamente ignorantes em História, Geografia, etc etc. Por quê?

Neste vídeo eu aponto muito breveme3nte o que está errado na Educação. A versão TL;DR é “não deixam os professores trabalharem direito”. A versão mais compridinha é…

Continuar lendo “Pedagogos, Ensino e por que está tudo errado nas escolas”

Brilhantismo burocrático obriga crianças a pegarem frutas pro almoço. Resultado mais que previsível

Dizem os sábios que de boas intenções, a faculdade de Pedagogia está cheia. Aliando isso a burocratas, temos risada garantida da parte de qualquer um que veja o futuro ou que simplesmente tenha conhecimento daquela chatice chamada "mundo real".

O pessoal do Departamento de Agricultura determinou uma norma obrigando que no almoço das crianças nas escolas elas tenham que pegar frutas, legumes e verduras. Se você já lidou com crianças, já sabe o que aconteceu antes que eu conte.

Continuar lendo “Brilhantismo burocrático obriga crianças a pegarem frutas pro almoço. Resultado mais que previsível”

Em Sampa, nota vermelha é nota excelente!

As escolas públicas de São Paulo não são um paraíso. Nenhuma escola pública é, nem mesmo nos EUA. Mas, de fato, a Secretaria Estadual de Educação faz jus ao ditado que um relógio quebrado está certo duas vezes por dia. Lá mandam materiais e kits para experimentos de Química, os professores passam por uma prova do mérito, no qual podem ganhar um aumentinho a mais, além de serem estimulados a cursar um mestrado ou doutorado (o que eu acho inútil. Ou você tem competência pra dar aula, ou não tem. Mestrado não te dará isso, mas enfim).

Aí eu fico sabendo que a prefeitura de São Paulo acha que esse negócio de cor azul é coisa de ableísta (google it!), pois promove apenas os que tiveram condições de saber um mínimo do que foi ensinado. Assim, os magníficos céleblos resolveram aprovar também alunos com notas vermelhas.

Continuar lendo “Em Sampa, nota vermelha é nota excelente!”