Misturar opioides com canabis para tratar dor não dá final feliz

Todo mundo sabe que misturar diferentes tipos de medicamentos para o mesmo fim não dá final feliz. O problema é que quem deferia saber, parece que não sabe, e nem estou levando em conta a auto-medicação por motivos que vocês já vão saber daqui a pouco. Bem, uma pesquisa abordou sobre prescrições médicas que estão receitando canabis e opioides como forma de tratamento de dores. Sim, ao mesmo tempo.

Resumo da pesquisa: Deu ruim, mano. Muito ruim!

Continuar lendo “Misturar opioides com canabis para tratar dor não dá final feliz”

Quem fuma maconha tem probleminhas com o esperma

Muitos países estão descriminalizando a maconha, principalmente para uso medicinal. Claro, a maior parte das vezes não é maconha, maconha. O que se libera são os canabinóides, entre eles o famoso tetrahidrocanabinol, mais famoso ainda pela suia sigla: THC. Ok, beleza. O que pesquisadores querem saber é “tá, adolescentes e grávidas podem usar o THC. Mas o que acontece em seguida?

Bem, o que acontece é que, segundo uma pesquisa recente, o THC pode afetar espermatozoides e, possivelmente, as crianças que eles concebem durante os períodos em que estiveram usando a droga. Na versão TL;DR: vai dar ruim pra você e seus descendentes.

Continuar lendo “Quem fuma maconha tem probleminhas com o esperma”

Canabinoides afetam a memória. Maconheiros iam reclamar mas esqueceram

Atualmente, há um grande movimento para liberar geral a maconha para tratamento médico. Claro, quem fala isso é uma besta, já que tem muita diferença entre usar canabinoides e o jererê. Alguns pacientes fumam maconha para combater a epilepsia, a esclerose múltipla e ocorrências de dores crônicas, mas em países em que isso é permitido é preciso de receituário específico. Em alguns estados norte-americanos, tratamentos com maconha são permitidos, apesar de haver lei federal criminalizando o uso. Sim, é uma bagunça, mas ter estados com leis independentes acabam nisso.

De qualquer forma, uma das alegações é que canabinoides não têm efeito colateral, mas só quem não entende um mínimo de farmacologia vai alegar isso. O problema é que pesquisas recentes estão mostrando que remédios extraídos de princípios ativos encontrados na maconha afeta a memória.

Continuar lendo “Canabinoides afetam a memória. Maconheiros iam reclamar mas esqueceram”