Category Archives: Tecnologia

Descobertas evidências mais antigas do uso de animais de tração

A primeira das grandes inovações tecnológicas foi a roda. Sem a roda, não teríamos saído do lugar, pouco nos aventurando pelas cercanias. Uma coisa é você sair pra dar um rolé. Outra é ter que ir buscar coisas e como todos os homens sabemos, o lance é fazer uma viagem só de ida e volta. A domesticação do gado foi crucial para isso. Não só para as deliciosas vaquinhas nos darem leite pra fazer manteiga como a maravilhosa picanha nossa de cada dia, mas também para o gado bovino servir como animal de tração.

Os egípcios, há uns 4000 anos, já usavam animais de tração, o que não significa muito já que a estimativa de início do uso de força animal estava sendo estipulada como sendo em torno de 6 mil anos, mas parece que não é bem assim, pois pesquisadores encontraram vestígios mais antigos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

YouTube, Artigo 13 e o fim da Internet (em VÍDEO!)

Veio a celeuma do Artigo 13, com um monte de babacas dizendo que seria o fim da internet, que o YouTube, coitadinho, ia fechar as portas, o Facebook iria acabar, voltaríamos ao tempo das cavernas, todo mundo comendo carne crua e grunhindo.

Bem, Youtubeiros são histéricos com qualquer ameacinha ridícula, mesmo com coisas que só serão válidas para a Europa, mas são burros o suficiente em cair na pilha do Tubo, que mandou cartinha fazendo-se de coitados. Daí, como o monte de retardado teria que pegar no batente, saíram vociferando pela internet afora. Eu tinha escrito sobre o artigo 13, mas videozinho é legal, também.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Lagartixas que caminham sobre a água. Amem, Sáurios!

Lagartixas têm poderes. Além de escalar poderes graças aos milhares de estruturas semelhantes a pêlos (dane-se o acordo ortográfico), elas ainda conseguem matar as pessoas de susto por serem geladas (ok, não são exatamente “geladas”). Não só isso, elas foram agraciadas com o gene de Jesus e podem andar sob a água, que nem o Jesus Lizard (o nome é esse mesmo).

Então, pesquisadores de Oxford resolveram pesquisar como lagartixas caminham sobre a água, mesmo sabendo o porquê.

Versão TL;DR: tensão superficial. Maiores informações abaixo, se quiserem. Não estou mais me importando.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Sim, açúcar ajuda a pensar direito

Pessoal adora culpar coisas com o passar do tempo. Saiu a culpa, acham que é maravilha, para depois colocar a culpa novamente. É tipo o lance do ovo que uma semana faz mal, na seguinte faz bem, na outra faz mal… e assim por diante. O açúcar é outro que oscila entre vilão e mocinho. Alguns dizem que faz as crianças serem hiperativas (o que é mito), além de praticamente causa r a morte prematura (o que é outro mito). Tem quem defenda que pessoas que ingeriram açúcar e foram prestar exames tiveram um desempenho melhor.

Isso é verdade ou mito?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os uivantes ventos num morro de Marte

O InSight segue a grande tradição da NASA em arrumar um acrônimo para depois dar um significado que caiba no acrônimo. InSight significa Interior Exploration using Seismic Investigations, Geodesy and Heat Transport (Exploração interior utilizando Investigações Sísmicas, Geodésia e Transporte de Calor). Trata-se de um módulo terrestre projetado para aterris.. amartiçar (sim, eu sei!) na superfície marciana (sim, eu também sei que é pleonasmo. Não enche!). Sua missão é fuçar as entranhas marcianas (me refiro ao planeta e não Dejah Thoris) e os segredos que ela esconde. Enquanto rovers como o Curiosity dão um rolé pela superfície, catando pedras e analisando atmosfera e rochas na superfície, o InSight examina a crosta, manto e núcleo marcianos.

Só que seus sensores captaram mais do que isso.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Artigo 13: O Fim da Internet com YouTubers desesperados e eu rindo muito

Está começando mais um festival de idiotice generalizada. Mais uma vez, youtubeiros estão com ataque de pelanca que o mundo ia acabar, que a Internet como conhecemos não ia mais existir, o leitinho com pêra foi cancelado pela vovó que resolveu sair de casa e puxar ferro na academia etc etc e, claro, etc. O motivo é as normas que a União Europeia meteu e resolveu catar no embalo redes sociais e o YouTube. Ninguém por lá gosta do Google, principalmente em questões envolvendo direitos autorais e violação de privacidade. Os pontos mais polêmicos são os artigos 11 e 13 que, segundo o pessoal chiliquento, vai destruir a Internet. Pessoal deu atenção quando um youtubeiro hipster de Portugal teve ataque de pelanca sem apresentar nenhum argumento e, claro, os indefectíveis palavrões (aqueles que o Google disse que não seriam permitidos no Tubo).

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Sci-Hub enfrenta os terríveis Ivans das editoras científicas

Eu já tinha escrito dois artigos (links no final) sobre a necessidade de acabar com o paywall das pesquisas científicas. Cobra-se um absurdo para ler um artigo, sendo que nadinha é revertido pro pesquisador. É apenas usura das editoras, e cientistas precisam ter seus trabalhos revisados e ter acesso a trabalhos revisados de outrem. Muitos lutaram contra isso, como Aaron Swartz, que derramou zilhões de artigos científicos para a posteridade, fazendo muitos ficarem MUITO irritados. Sua seguidora, a drª Alexandra Elbakyan, meteu o pé na porta e criou o Sci-Hub, uma espécie de fonte underground de periódicos. Você quer? Basta jogar o link que o Sci-Hub te libera o acesso. Isso deu pega-pra-capar e todo mundo saiu caçando o Sci-Hub, que vive trocando de domínio.

Agora, o Sci-Hub tem outro inimigo: a Rússia.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bactérias encontradas na ISS não deveriam estar lá. O que pode dar errado?

Você pode pensar que o ambiente hostil do Espaço não abrigaria formas de vida de qualquer forma. Pros próprios astronautas estarem lá já é um problema. Então, é pouco provável que não haja microorganismos, certo? Bem, se você pensou nisso, você é um idiota, já que quanto mais simples o organismo, maior será a chance dele sobreviver em qualquer lugar. Que o diga extremófilos na beira de um vulcão submarino.

Foram identificadas algumas cepas da bactéria Enterobacter, dando um rolé na Estação Espacial Internacional (ISS). Não é que essa bactéria fará algum mal, mas o problema é que ela não deveria estar ali.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A Caixa Preta dos periódicos de Humanas

Eu fiz um video em que perguntei a utilidade das chamadas “Ciências” Humanas. Bom, ninguém deu uma resposta objetiva (se bem que se fossem pessoas objetivas, teriam feito Exatas). Três pesquisadores resolveram testar esse lance que paper de Humanas aceita qualquer lixo. Daí, criaram artigos falsos e totalmente sem o menor sentido. Os resultados apenas comprovam o que todos sabíamos.

E sim, eu tinha escrito um artigo sobre isso. Mas vídeo também é legal, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Medinho de agulhas? Toma várias, então (microscópicas, claro!)

Eu detesto agulhas, que nem essa aqui do lado. Todo mundo detesta. Agulhas são algo que eu tenho que lidar e prefiro receber injeção (como numa vacina) do que uma doença infecto-contagiosa. Ainda assim, não gosto de agulhas. Seria legal que houvesse um sistema para entregar remédios e vacinas sem usar agulhas. As pistolas até são eficazes ou aqueles dispositivos de aplicar insulina, mas poderíamos ter algo melhor, certo? Algo como aplicar por meio de um tecido composto por nanoagulhas, capazes de entregar o precioso medicamente sem machucar as nossas queridas células.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας