Grandes Nomes da CIência

Biografias de cientistas conhecidos ou não tão conhecidos assim. Curiosidades e fatos sobre suas pesquisas, inclusive gente anônima que fez ciência e não recebeu os devidos créditos. Mais »

Livro dos Porquês

A sabedoria e o conhecimento. Isso é Poder! Abra sua mente, aprenda mais sobre questões básicas (e complexas) e tire suas dúvidas, de forma mais didática possível, sem ser aquelas aulas chatas de colégio. Mais »

Grandes Mentiras Religiosas

O mundo não é tão bizarro quanto fazem parecer. Mentiras e enganações para ludibriar as pessoas, lindamente desmontados, de forma a trazer à luz a desonestidade para tentar lhe fazer parar de pensar e simplesmente aceitar o que querem que você pense. Mais »

Caderno dos Professores

Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais »

 

Rótulos dão balão em consumidor apresentando alimento saudável quando não é

Todo mundo minimamente esperto sabe que marketing existe para lhe passar a perna e fazer você comprar o que não quer ou precisa. Ainda mais no caso de alimentos industrializados. Já começa que comida industrializada não é lá essas coisas, mas ninguém aqui tem canteirinho com horta e galinhas criadas no quintal de casa. Aí, a indústria reforça o apelo colocando no rótulo que este o aquele alimento tem 0% de açúcar e 0% de gordura. Ah, sim e nada de sódio, também. Será que estes alimentos possuem qualidade nutricional?

Resposta curta: não. Mas por que?

Curiosity flagra redemoinhos no solo marciano

A câmera de navegação do Curiosity observou vários turbilhões de areia sendo levantados por causa da convecção do ar, aquecido pelos raios do Sol atingindo o solo marciano.

O vídeo foi acelerado e o contraste foi modificado para fazer as alterações quadro-a-quadro mais fácil de serem vistas.

Os Fósseis

Fósseis são vestígios de seres vivos do passado. Estudar fósseis é como uma viagem no tempo por uma Terra desconhecida, é entender nosso passado, e compreender o quão frágeis são os seres vivos, que podem desaparecer completamente, sem deixar vestígios, já que os processos de fossilização são muito difíceis.

Este é mais um vídeo falando sobre conceitos básicos de ciência, mais especificamente paleontologia.

Refugiados participam de ato por paz, no Rio. Vai bombar?

Hoje foi um dia atípico. Um monte de gente quis fazer paralização à guisa de protesto, mas era para não trabalhar mesmo. Tá, ok. Não é tão atípico assim. De qualquer forma, o dia de hoje foi marcado por um evento aos pés do Cristo Redentor, pedindo solidariedade com a Síria, que está num arranca-rabo oficialmente há seis anos, mas que na verdade vem de longa data.

As ONG IKMR e o Movimento Amor Sem Fronteiras promoveram um “Ato pela paz” pelos moradores da Síria, naquele velho lenga-lenga “vamos fingir que nos importamos”. Na verdade, é só para aparecer, mesmo.

Poloneses são tão sádicos quanto qualquer um, segundo pesquisa

Stanley Milgram demonstrou de maneira científica que somos um bando de psicopatas. Seu experimento mostra o quanto nós podemos fazer besteira, quando temos alguma figura de autoridade nos induzindo – ou nem tanto – a fazer algo que de outra forma acharíamos reprovável. Seu experimento media a disposição de pessoas em aplicar choques elétricos a outra pessoa, que na verdade era um ator. Nem os gritos (fictícios, mas o examinado não sabia) dissuadiam as pessoas, e elas progrediam. Pior que isso, mulheres se mostraram com maior tendência a aplicar tortura. Clica lá no link acima e leia sobre isso. Eu espero.

Foi? Bem, isso não era para se repetir, não é mesmo? Qualquer um informado sabe desse experimento (0,0000001% da população) e já poderia antecipá-lo e não sucumbir à tendência de agir feito um sádico, certo? Bem, os poloneses não pensam assim.

As semelhanças morfológicas entre golfinhos e crocodilos

 

Em Biologia Evolutiva existe uma coisa chamada “Convergência”. São soluções que duas espécies totalmente distintas encontram para um mesmo problema, mesmo quando uma não tem nada a ver com a outra. A morfologia do golfinho e do tubarão é um perfeito exemplo. Elas são bem parecidas, mesmo levando em conta que tubarões são peixes e golfinhos são mamíferos.

O mesmo acontece com crocodilianos (répteis) e baleias (mamíferos). Mesmo que o ancestral comum a ambos tenha 288 milhões de anos, esses dois bichinhos fofos guardam ainda muitas semelhanças, e é função da ciência saber quais são elas e como se desenvolveram.

Como o cheirinho de chuva pode lhe trazer doenças

Você conhece uma substância chamada Octaidro-4,8a-dimetil-4a(2H)-naftalenol? Não? E “Geosmina”,  conhece? Deveria. É o cheiro desse composto que você sente quando chove, o chamado “cheirinho de terra” ou erroneamente pensado ser “cheiro de bactérias”. Deve ser porque esta substância é produzida pela Streptomyces coelicolor, uma bactéria encontrada no solo.

Pesquisadores estudam dentes de neandertais e descobrem muito do seu estilo de vida

Neandertais são nossos primos mais famosos, que tivemos o prazer de contribuir em mandar para a vala evolutiva. A importância deles é que são uma espécie de onde nós não evoluímos e estaria junto conosco hoje se Evil Darwin tivesse deixado. Bem, merda acontece e ela já limou 99% de todas as espécies que já viveram, o que em nada limita nossa curiosidade sobre saber sobre cada uma delas.

No caso dos neandertais nos interessa saber por serem uma outra espécie de hominídeos. Quem eram eles e o que comiam. Hoje, sabemos mais ainda sobre seus hábitos, como uma recente pesquisa publicada demonstrou.

Stephen Hawking tem medinho da Inteligência Artificial malvada

Eu tenho muitas opiniões. Às vezes eu mudo, mas algumas não tem como. Eu sustentarei até a morte. Uma delas é que o Stephen Hawking já morreu, sua cadeira adquiriu consciência e fica arrastando o cadáver de um lado pro outro enquanto fala com todo mundo, enganando os manés fazendo-os pensar que estão falando com o próprio Stephen.

Agora a cadeira, digo, o Hawking soltou mais uma das suas ao pedir aos líderes mundiais que mantenham a tecnologia sob controle antes que ela possa destruir a humanidade. Tenho certeza que um modo do Skynet desviar as atenções.

Pho, um Fóton Mucho Loco!

Sim, você leu isso com a voz do locutor da Sessão da Tarde. A NASA usa emissões de fótons de laser para medir as espessuras de camada de gelo da Terra. Para tanto, uma rajada com 10 mil pulsos é emitida, em que os fótons batem na camada de gelo e voltam até o sensor. Os dados são registrados e tabulados, e assim pode-se ter um vislumbre da espessura do gelo.

Esta animação foi criada e produzida por estudantes de arte do Colégio Arte em Design Savannah, na Geórgia, EUA. O funcionamento do laser inspirou os alunos para criar o personagem de Pho e sua aventura.