Tik Toker bate as botas de forma idiota e tentam vender as cinzas para ritual esquisito

O mundo é esquisito, e não acaba a esquisitice. Ela só se torna mais bizarra. E sempre tem um influencer metido, pode reparar.  Imagine que teve uma doida que resolveu hitar no Tik Tok. O que ela fez para ganhar views e compartilhamentos? Bebeu pesticida. Obviamente, morreu, o que não deixa de ser um tanto representativo. Achou esquisito o bastante? Pois saiba que tem um maluco que rouba cinzas de celebridades cremadas para fazer um “casamento fantasma” ou sei lá como chamam este vodu china.

Passando inseticida para ver se me livro de influencers, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Tik Toker bate as botas de forma idiota e tentam vender as cinzas para ritual esquisito”

Pesquisa para quem tem peito: como fazer exercício numa esteira mexe com seu corpo

Todo mundo gosta de peitinhos. Se bem que tem aqueles que gostam de peitões. O problema é se os fabricantes de esteiras para exercícios pensam neles. Ok, devem pensar, mas não da forma como você possa estar achando. Ninguém se importa muito quando as moças bem fornidas com seios vantajosos e avantajados ficam ao fazer exercícios. Só a ciência se preocupa.

Continuar lendo “Pesquisa para quem tem peito: como fazer exercício numa esteira mexe com seu corpo”

Quando duas mulheres brigaram de peitos de fora por causa de umas flores

Eu gosto de histórias apócrifas, que como diz o Analista de Bagé, apócrifo é mentira bem-educada. Eu considero aquelas historinhas que, se não são verdade, adoraria que fosse. Por exemplo, as pessoas viram tanto filme de Bang-Bang que acham que duelos-ao-pôr-do-sol eram algo corrente. Não eram, mas deixarei isso para outro dia. A história que contarei hoje – que ao que tudo indica não ocorreu, mas estou pouco me lixando e vou contar assim mesmo –toma lugar em Liechenstein, em 1892. Por causa de um arranjo de flores, duas digníssimas senhoras resolveram ir às vias de fato. Briga? Soco? Rabo de arraia? Puxão de cabeços e unhadas? Isso é para a plebe. Nobre resolve suas diferenças num duelo de espadas, e as duas senhoras foram para o Campo de Honra.

Sem a parte de cima dos vestidos. Sim, isso mesmo: de topless! Continuar lendo “Quando duas mulheres brigaram de peitos de fora por causa de umas flores”

Cidade americana aterrorizada com perseguição policial em altíssima velocidade

O que eu sempre gostei nos filmes policiais são as perseguições de carro. O bandido fugindo em altíssima velocidade. A polícia atrás. Todo mundo sendo um ás do volante, com manobras rápidas e frenéticas, tudo de tirar o fôlego. Mas aí a gente vem pro mundo real e vê uma das perseguições mais lerdas da face da Terra, com a polícia perseguindo um sujeito que roubara um caminhão de varrer rua.

Jogando um balde de água fria e sabão nas suas ideias de perseguições cinematográficas, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Cidade americana aterrorizada com perseguição policial em altíssima velocidade”

Mãe vence barreiras e chega em primeiro numa corrida, entrando pro Livro Guinness

Eu gosto muito de esportes. É bom para a saúde e ajuda a unir pessoas, aliando o fato que competições saudáveis mostra como o altruísmo pode nos ajudar a chegar mais longe. Corridas, por exemplo, são um perfeito exemplo, pois atletas se preparam e dão o melhor, correndo de igual para igual, visando saber quem chega primeiro, sendo mais forte, mais rápido.

Mas e as mães, como ficam? Ora, mas quem falou que mães não podem praticar esportes?

Continuar lendo “Mãe vence barreiras e chega em primeiro numa corrida, entrando pro Livro Guinness”

Quando Galileu, o voyeur, ficou observando duas senhoras se encontrando

Em 18 de outubro de 1989, teve início oficialmente a missão Galileo com o lançamento de que consistiria de um orbitador e de um sonda atmosférica  para estudar o planeta Júpiter, seus satélites e o que estivesse dando sopa no Sistema Solar. Sim, nós inclusive. Nós e a Lua.

Continuar lendo “Quando Galileu, o voyeur, ficou observando duas senhoras se encontrando”