Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina

A vida monasterial é difícil, exigente em termos de empenho, devoção e disciplina. Mas na Tailândia parece que isso é exacerbado, já que ali é um Brasil piorado (sim, conseguiram isso). Já começa que Tailândia é a capital mundial da prostituição e tráfico de drogas, mesmo ambos serem ilegais lá. O altíssimo índice de dependência química chegou ao ponto de muitos mosteiros do país, como o Thamkrabok – um mosteiro budista localizado a 140 quilômetros de Bangkok, capital do país – se especializar no tratamento da dependência de drogas.

O que ninguém contava é que 4 monges e um abade fossem grampeados num exame antidoping por terem usado droga sintética que passarinho não usa.

Viajando loucamente nas maluquices monasteriais, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina”

Monge budista psicopata tem ordem de prisão. Mas não por ser monge budista psicopata

Você aprendeu que muitas religiões saem na piorada entre si, mas budistas são bonzinhos, meigos e puros de coração. Até mesmo Arthur Clarke caiu nesta conversa mole dizendo em um de seus livros que eles faziam parte da religião que nunca entrou em conflito com ninguém. Nada mais longe da verdade. Hoje, temos brigas de monges (mentira, sempre tivemos. Mais ao longo do texto) e até monge budista que propaga terrorismo.

Sim, isso mesmo. Monge zen-vergonha que chegou a receber crítica internacional severa, foi capa da Time e recebeu sérias e rudes palavras da ONU via cartinha. Só que o negócio escalo tanto que o próprio Governo de Myammar mandou dar um basta.

Continuar lendo “Monge budista psicopata tem ordem de prisão. Mas não por ser monge budista psicopata”