Tag Archives: moluscos

Pesquisa diz que polvos vieram do Espaço para colonizar a Terra

Não, não é brincadeira. Pelo menos acho que não é. Pelo menos não deveria ser. Eu não sei se é, estou em sérias dúvidas, mas é isso mesmo. Uma pesquisa aponta que os polvos e lulas são criaturas “extraterrestres”. Sim, ET Lula Home. Não apenas isso, esses seres filhotes de Cthulhu evoluíram em outro planeta antes de chegar à Terra, há centenas de milhões de anos, caindo aqui sob a forma de ovos congelados.

Desce mais uma cachaça, Reinaldo, que eu não vou escrever isso sóbrio!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Caracol malvadão parte pra cima do predador e contra-ataca

O processo evolutivo é uma eterna corrida de dois sentidos. Por um lado, o predador mais adaptado em catar seu almoço pega melhor o almoço, fica fortinho e continua vivendo. Já a presa tenta de todo modo dar um jeito de escapar, não virar almoço, e viver mais. Nesse meio-termo, existem as presas que contra-atacam, partindo pra ofensiva em cima dos predadores. Divertido, não? Pois, é, foi isso que pesquisadores notaram com relação a alguns caracóis.

Aqueles cascudos (os caracóis e não os pesquisadores) desenvolveram uma técnica em que balançam suas próprias conchas para atacar seus predadores, que devem ficar com o maior sinal de interrogação na cabeça por causa disso.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Qual a semelhança entre você e a lesma do mar?

A resposta seria os neurônios, mas você se ofenderia em ser chamado de cabeça-de-lesma, apesar de eu achar que a lesma do mar teria muito mais motivos para reclamar. Mas não fique triste, isso é muito importante, como mostra uma pesquisa do pessoal da Universidade de Illinois, que visa entender nossa cognição, memória e aprendizagem, com o auxílio daquelas coisinhas fofas que vivem no mar.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Mundo Ético: Polvo de tocaia pega caranguejo de surpresa

No lindo mundinho da Natureza, com unicórnios saltitantes, fadinhas volitantes, flores desabrochando e todo mundo cantando música-tema da Noviça rebelde, há certas criaturas vindas das profundezas que não dão a menor bola pro seu coraçãozinho puro, de vestidinho azul e um cachorrinho nos braços. O mundo das criaturas das Trevas, como caranguejos, por exemplo.

A nossa sorte é que somos bem guardados pelo Nosso Senhor Cthulhu!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Grandes Nomes da Ciência: Marcela Uliano

Este país é tão vergonhoso que pesquisa científica agora é feita literalmente com o pires na mão. Pessoas com brios e um tanto de vergonha jamais pedem dinheiro às pessoas para resolver seus problemas. Cientista quer porque quer saber das coisas e aí, amiguinho, o brio que se dane, dá essa grana aqui para que possamos trabalhar; como foi o caso de uma pesquisadora que pediu dinheiro pra galera para poder fazer sua pesquisa. O pior, digo, MELHOR é que conseguiu!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Amonitas, os imortais vencidos

Muito provavelmente, você nunca ouviu falar de amonitas. No máximo, vai fazer alguma referência obscura com os "filhos de Amom", uma tribo semítica que teria, segundo o relato bíblico, descendido de Amom (óbvio), filho da relação incestuosa de Ló e uma de suas filhas travessas (a outra gerou Moab). Só que o presente artigo não tem nada a ver com um povo incerto rolando que nem folhas ao sabor do deserto palestino. Os amonitas que estou falando aqui são o grupo de animais marinhos invertebrados, que pululava os mares há cerca de 300 milhões de anos e podem ser os ancestrais de invertebrados como o nautilus, animais da família Nautilidae, conhecido pelas espirais de sua concha (e que não tem nada a ver com números mágicos, como fi, mas isso fica pra outro dia).

Cientistas, a cada dia, desvendam mais segredos no nosso amiguinho conchudo, pois ele é o que pode ser chamado de vencedor, já que conseguiu sobreviver a 3 extinções em massa, coisa que não teremos problemas também, pois estamos em vias de nos matar primeiro. Afinal, o que sabemos sobre os amonitas?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pênis gigante de lula espanta cientistas

lula.jpgAntes que você pense bobagens, não se trata do seu presidente em atos indecorosos. Trata-se de tão somente uma perversão de cientistas torturadores, que não respeitam o reino animal e colocam (ops) a descoberto algumas peculiares de moluscos desavisados. Dessa forma, eles pegaram a pobre coitada e arregaçaram suas intimidades. Bando de cientista sem coração, que ficam fuçando a vida sexual das pobres lulas; taí o que arrumaram: uma lula com priapismo. Não se tem mais respeito pela natureza e não se pode espalhar seus genes por aí que algum maluco vem logo cortar o seu barato.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cientistas filmam leão marinho de ângulo inédito

leao-marinho.jpgCientistas do South Australian Research and Development Institute (SARDI) estão estudando o comportomento da fauna aquática ao sul da Austrália. Entre as espécies estudadas, o leão marinho (Otaria flavescens) foi o que mais surpreendeu. Os cientistas acoplaram um conjunto Crittercam, que é um pequeno pacote de instrumentos incluindo uma câmera, um GPS etc, desenvolvido para a National Geographic.

Aliás, é da própria National Geographic o vídeo a seguir, mostrando como a Natureza e a vida dos leões marinhos é bela e tranquila.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Lula Humboldt: O gigante esfomeado dos mares

lula_humboldt.jpgVocê deve ter lido 20.000 léuas submarinas. Se não leu, deveria ler. Sério! Um dos melhores livros de Júlio Verne. Numa das pasagens do livro, o submarino Nautilus é atacado por uma lula gigante. Fantasia? Não necessariamente. As lulas Humboldt (Dosidicus gigas) são enormes lulas que vivem no leste do Oceano Pacífico. Os “mosntrinhos” podem medir até 1,5 m e pesar 45 kg, apesar de perderem em tamano para o seu primo Mesonychoteuthis hamiltoni, cujo tamanho pode chegar até cerca de 15 m de comprimento.

Aé pouco tempo, achava-se que o aumento da concentração de dióxido de carbono estaria colocando em risco este espécime, mas parece que não é bem assim. Avistamentos que eram raros há 10 anos já podem ser feitos atualmente, onde muitos cientistas creditam esse sucesso ao clima e níveis de oxigênio.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας