Pesquisadores imprimem coração zero bala, com vaso sanguíneo e tudo

Muitas pessoas tentam a todo custo consertar o que está estragado, mas tem horas que não tem jeito. E se você reclama, tem sempre um idiota que diz “Não gostou? Faz melhor”. Bem, o pessoal da Universidade de Tel Aviv disse para segurar o arak deles enquanto “imprimiam” um coração completo e vascularizado. Se HaShem não fez coisa que preste, nós dar jeita!

Continuar lendo “Pesquisadores imprimem coração zero bala, com vaso sanguíneo e tudo”

Microfluidos permitem exame de sangue com laboratório num único chip

Eu adoro ver o bando de geeks (segundo a definição de uma amiga, geek é um nerd metrossexual) dizendo o quanto amam a tecnologia. Mal sabem eles que "tecnologia" não começo quando inventaram o Windows e sim quando o Homo habilis resolveu usar os primeiros utensílios de pedra lascada. Para isso, foi preciso inteligência e a criação de ferramentas. Pouco tempo depois, estávamos cruzando o céu em supersônicos e mandando espécies inteligentes para o espaço.

A tendência é o aperfeiçoamento dos equipamentos, e a miniaturização e simplicidade deles. Isso é conveniente para quando se precisar em lugares bem afastados e selvagens, sem meios eficientes de transporte e cercado de aborígenes estranhos. Algo como onde o Lealcy mora. Hoje, temos à nossa disposição um laboratório para efetuar exames de sangue de forma simples, e num único aparelhinho. Tudo começa com os microfluidos, mas que diabos são microfluidos?

Continuar lendo “Microfluidos permitem exame de sangue com laboratório num único chip”