Tag Archives: marte

Meteorito fofoqueiro traz segredos da atmosfera marciana

Várias missões de exploração e observações sugeriram que Marte, um dia, já teve um clima quente, capaz de ter oceanos de água líquida em sua superfície. Para manter Marte quente seria preciso uma atmosfera densa com um efeito estufa suficiente; o problema é que sua baixa gravidade tem probleminhas para manter uma atmosfera lá. Seu núcleo morto não é capaz de gerar uma magnetosfera como a da Terra e o açoite por partículas de alta energia provenientes do Sol contribuiu para mandar uma atmosfera que ele tinha e era “mal presa” embora. Pobre Marte.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Hubble registra Phobos passando por Marte

O Telescópio Espacial Hubble continua firme e forte dando uma zoiada pelo Universo enquanto ainda não é descomissionado de vez, o que eu espero que nunca aconteça porque… bem, é o Hubble, né? Dessa vez, ele estava registrando umas imagens de Marte, quando o pequeno satélite Phobos estava em sua órbita normal e acabou sendo registrada pelo Hubble, mas tão pequena que é este satélite que ele parece uma pequena estrela.

Ao longo de 22 minutos, o Hubble levou 13 exposições separadas, permitindo que os astrônomos criassem um vídeo de lapso de tempo que mostra o caminho orbital de Phobos. As observações de Hubble foram destinadas a fotografar Marte, e o “Hello Ladies” de Phobos foi um bônus.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

NASA em Marte: 20 Anos de pesquisas e conquistas

Há 20 anos NASA pesquisa Marte da forma mais hardcore. mandando para lá sonda, satélites e rovers. eu já tinha falado que Marte é Cybertron, e nesses longos 20 anos, a Aventura Humana em busca de outros planetas conseguiu muito, mas ainda nem arranhamos a casquinha de nossas possibilidades.

não espero ver o Homem chegar e fincar os pés no Planeta-Guerreiro, mas também não me surpreenderia se conseguirmos nessa minha escala tosca de vida. Que nós o conquistaremos é um fato e não é mais uma questão de “SE” e sim “QUANDO”. O vídeo a seguir é uma comemoração do tanto que a NASA tem conseguido nessas duas décadas. Vamos ver?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quanto é um ano marciano?

Marte não é como a Terra. Por estar numa órbita maior, o tempo que demora para dar uma volta ao redor do Sol é maior que o período orbital da Terra. Enquanto o ano terrestre é de 365 dias (e algumas horas), o ano marciano equivale a 687 dias terrestres. Isso faz com que as estações também tenham um período maior.

Claro, você pergunta por que isso seria interessante. Quando se tem instrumentos de medidas e rovers operando basicamente dependendo de energia solar, é preciso saber quanto de sol os dias marcianos terão, para que no inverno marciano se poupe energia nas baterias até que as células solares possam recarregá-las novamente.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Curiosity flagra redemoinhos no solo marciano

A câmera de navegação do Curiosity observou vários turbilhões de areia sendo levantados por causa da convecção do ar, aquecido pelos raios do Sol atingindo o solo marciano.

O vídeo foi acelerado e o contraste foi modificado para fazer as alterações quadro-a-quadro mais fácil de serem vistas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Opportunity faz 13 anos

O rover MER-B, mais conhecido como Opportunity foi lançado em 7 de julho de 2003 e pousou em Marte em 25 de janeiro de 2004 no Meridiani Planum. São 13 anos de pesquisas, análises e descobertas e Oppy, como é carinhosamente chamada (toda nave, navio e rover é chamado de “ela”), ainda estrá lá, firme e forte, apesar da duração de sua missão ter sido planejada para 90 dias marcianos (cada dia tem, em média, 24 horas 39 minutos e 35 segundos).

NASA comemora a chegada na adolescência de um dos seus bebês e fez até vídeo. Eu não podia deixar de traduzir, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

De onde vieram os satélites de Marte?

E eis que ele, Senhor da Guerra resolveu que seus inimigos jamais teriam paz. Dois de seus mais severos soldados nos observam, instilando os sentimentos inspirados em seus próprios nomes: o medo e o terror: Fobos e Deimos.

– Das crônicas mitológicas que foram inventadas agora.

Nós temos boas explicações sobre como nosso satélite natural (Lua, para os íntimos) foi criado. Mas não devemos esquecer que Natureza não segue livro de receitas. Será que o processo se repetiu para os satélites de Marte? Afinal, como eles apareceram?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Curiosity identifica vestígios da existência de oxigênio gasoso em Marte antigamente

Oxigênio, enquanto elemento, não é bem uma raridade no universo. Tê-lo em forma gasosa é. O problema do oxigênio é ser o elemento com a segunda maior eletronegatividade (o maior é o flúor, como você não se lembra das aulas de Química no colégio). Isso faz com que ele seja muito reativo e oxidante; e aliás, o termo oxidação veio dele, até descobrirem que várias substâncias oxidam as outras, isto é, roubam elétrons.

Uma das grandes dúvidas era saber se Marte teve atmosfera com oxigênio. Sempre se imaginou que sim, através de evidências indiretas, como os tons avermelhados das rochas e solo marciano, devido à presença de óxido de ferro. Aquelas rochas vieram de algum lugar, claro. Ação do ferro com o oxigênio gasoso? Ou a formação dessas rochas se deu durante a acreção do planeta? Bem, uma recente pesquisa mostra que, sim, há evidências diretas que o Planeta-Guerreiro já teve oxigênio em sua atmosfera.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os seixos viajantes de Marte

Todo mundo ficou maravilhado com a descoberta de córregos em Marte, mesmo não tendo a NASA dito nada a esse respeito. Informações AQUI. Agora, uma pesquisa conduzida por uma equipe da Universidade da Pensilvânia analisa seixos, simples seixos marcianos. O que tem demais esses seixos? Bem, eles parecem que adoram um passeio, pois dados mostram que eles viajaram creca de 48 km.

Algumas das evidências trazidas pelo rover Curiosity sustentam cada vez mais a teoria que a água fluiu em abundância pelo Planeta Guerreiro. Pequenos e notavelmente redondos seixos sugerem que um leito de rio antigo tenha existido, e por ele essas rochas viajaram felizes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Marte, sais hidratados e a diferença que a água de hidratação faz

No dia 28 de setembro, a NASA noticiou a descoberta de sais hidratados em Marte. Mais do que isso, a sazonalidade na qual esses sais aparecem indicam que há uma boa possibilidade de ter água líquida sob o solo do planeta vermelho. Mas com é esse negócio de água de hidratação?

Para saber mais é preciso indagar, é preciso perguntar os por quês. Neste vídeo, falamos um pouco sobre águas de hudratação e veremos como elas mudam totalmente a química e física de uma determinada substância. É mais uma edição do seu Livro dos Porquês

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας