A maravilha única das Wet Mountains à noite

Faz tempo que não posto um timelapse. É um video feito nas Wet Mountains, do Colorado, EUA. Elas formam uma pequena cadeia de montanhas no sul do Colorado, cujo nome deriva da quantidade de neve que recebem no inverno. As Wet Mountains são uma sub-cordilheira das Montanhas Sangre de Cristo, no sul do Sistema de Montanhas Rochosas.

Continuar lendo “A maravilha única das Wet Mountains à noite”

5 descobertas magníficas da Arqueologia

arqueologo

Arqueologia é uma ciência fascinante. Ela nos conta sobre nossos antepassados e nos ensina como eles viam o mundo de sua época. Muitas das descobertas mudou muito nossas concepções sobre os Antigos, seus modos de vida, suas cidades e a forma como tocavam seus interesses.

Algumas das descobertas são impressionantes e resolvi fazer uma lista, mas não apenas das pirâmides, esfinge etc. Ainda assim, claro, tem Egito no meio. Essas são 5 descobertas magníficas da Arqueologia.

Continuar lendo “5 descobertas magníficas da Arqueologia”

Michelângelo: A Mente do Mestre

Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni. Não apenas um artista, mas pintor, escultor, arquiteto, desenhista e gênio. Um dfos grandes nomes da Renascença.

Um dos mais fantásticos artistas entre os mais criativos, magníficos e influentes da história da arte ocidental. Usou desenhos para criar, explorar e se preparar para algumas de suas obras de arte mais famosas. Com os desenhos, aperfeiçoou a forma em termos de beleza e movimento.

Este vídeo é uma pequena mostra do seu gênio, ainda que curtinho, mas mesmo assim um tributo à sua genialidade;

Continuar lendo “Michelângelo: A Mente do Mestre”

Bruce McCandless. O Homem que Caminhou pelo Espaço

Algumas pessoas esperam anos para passar por um momento mágico em suas vidas. Nem todas conseguem, mas outras são agraciadas e vivem cada segundo ao sabor de seu desejo desde a infância. Dizem que a solidão é ruim, mas quando é uma solidão acompanhada por milhões, bilhões de pessoas, você não se sente sozinho. É um momento só seu, é um momento incrível. Você fecha os olhos e curte este momento, mesmo sabendo que poderá nunca se repetir. Não importa, aquele é o SEU momento!

Se teve uma pessoa que pôde dizer que viveu isso em plenitude foi o astronauta Bruce McCandless II. O que ele fez de memorável? Ele voou, voou; subiu, subiu. Largou o que o mantinha preso e caiu com estilo, em órbita, livre de amarras. Se teve um homem verdadeiramente livre, foi o Bruce!

Continuar lendo “Bruce McCandless. O Homem que Caminhou pelo Espaço”

O brilhantismo prateado de uma taça romana

Os antigos artesãos eram hábeis e faziam maravilhas, mesmo sendo vistos hoje com cara de “Ué?”. As ferramentas eram limitadas, então, contavam com a sua genialidade. Muitos dos processos ainda são usados hoje, mas com ferramentas modernas.

Este vídeo mostra como uma taça romana de 2 mil anos foi feita, mesmo conservando ainda hoje sua beleza.

Continuar lendo “O brilhantismo prateado de uma taça romana”

O balé de galáxias há muito perdido no tempo

Um aglomerado de galáxias é um festival de galáxias bem juntinhas (em padrões astronômicos, claro), que podem somar entre centenas e milhares de galáxias. A gravidade é as que mantém juntas, pois uma galáxia é pesada (mas não tão pesada quanto Yo Momma). Este aglomeradão é tido como as maiores estruturas conhecidas até agora, mas ainda temos dúvidas sobre como elas se formam. Para astrônomos, é muito difícil acompanhar, já que o movimento é muito lento e nossa escala de vida é bem curta. Sendo assim, simulações computacionais da movimentação dá uma bela ajudinha.

O projeto IllustrisTNG é um conjunto de simulações cosmológicas de formação de galáxias de última geração. Cada simulação no IllustrisTNG desenvolve uma grande faixa de um universo simulado logo após o Big Bang até os dias atuais, levando em consideração uma ampla gama de processos físicos que impulsionam a formação de galáxias. A TNG50 nos deu o resultado abaixo. Milhões de anos em poucos segundos de magia e fascinação pelo que há lá fora, que jamais poderíamos acompanhar em nossa tosca escala de vida ridícula.

Continuar lendo “O balé de galáxias há muito perdido no tempo”

Um luar mágico para um ano mágico

Hoje é o primeiro dia do ano de 2018. Começa mais um ciclo ao redor do Sol. Chamamos isso de ano, e este que vem é mais um dos muitos que vivi, mas não será como os anteriores. Nunca são a mesma coisa. Alguns sempre dizem “Graças a Deus que o Ano Acabou”. Falam isso TODO ano. Eu não sei, acho que sou um afortunado por esperar o melhor a vir, sem amaldiçoar o que se foi. Um ano pode ser ruim, mas eu fico impressionado que para certas pessoas nunca está bom. Eu nunca penso assim. Eu vejo a chegada do ano Novo como um luar.

Continuar lendo “Um luar mágico para um ano mágico”