Tag Archives: galáxia

Raio-X das turbulências de Perseus

O cluster de Perseus é um aglomerado de galáxias na constelação Perseus e é um dos objetos mais massivos do universo conhecido, contendo milhares de galáxias imersas em uma vasta nuvem de gás de vários milhões de graus. O telescópio espacial Hubble e o telescópio de raios-X Chandra captaram imagens quando um aglomerado de galáxias pequenas passou perto do cluster, perturbando os gases, formando o que chamamos  de onda de Kelvin-Helmholtz.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Hubble: Uma Janela Para o Universo

O Telescópio Espacial Hubble é lindo. Lançado em 24 de abril de 1990, os  2,5 bilhões de dólares são uma ninharia para as toneladas de dados e informações que ele nos trouxe. Uma pena que políticos e a população não veja assim. De qualquer forma, sendo responsável por 3 prêmios Nobel, zilhões de informações e belíssimas imagens, o Hubble é a nossa janela para a mais fascinante das fronteiras: O Espaço.

Sendo assim, eu não podia ficar sem legendar este vídeo, de forma a compartilhar com vocês um pouco das maravilhas que este aparelho trouxe. Aparelho, mas que se existir alma, com certeza ele tem uma e quando máquinas ganharem consciência, ele saberá do tanto de cientistas, pesquisadores e pessoas comuns que tanto adoram o trabalho que ele executa. Valeu, Hubble!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A busca por exoplanetas escondidos

Já catalogamos vários exoplanetas. Mas à medida que nossa tecnologia avança, estamos a cada dia descobrindo mais e mais novos mundos. Mundos que antes estavam escondidos dada a distância, mas com iniciativas como o MOA II, podemos ter um vislumbre do que temos lá fora.

Através da técnica chamada “microlente” conseguimos ver plantas que estão em sistemas muito distantes. Planetas frios como Netuno. Talvez, quem sabe, algum um pouquinho mais quente capaz de abrigar vida.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

As origens dos campos magnéticos das estrelas e galáxias

O que ajudou a Terra ser… a Terra e Marte a não ser a Terra é a questão da existência ou não de uma magnetosfera. O Sol, além de luz\ e calor, tenta a todo momento mandar todos nós para a vala com suas emissões de alta energia O vento solar é uma emissão de partículas de baixa densidade (normalmente prótons e elétrons), que se propagam pelo sistema solar a aproximadamente 450 km/s. Como a Terra tem um núcleo ferroso em movimento, gera-se um campo magnético em volta do planeta que nos protege, desviando essas emissões e gerando as belíssimas auroras (boreal e austral). Marte não tem esse núcleo em movimento e, por isso, não teve como se proteger e, por isso, (e graças à sua gravidade menor), sua atmosfera deu tchauzinho e foi embora.

Estrelas e até mesmo galáxias também têm campos magnéticos, isso todo mundo sabe. O que não se sabe é como se deu a formação desses campos magnéticos. Mas parece que estamos bem perto de descobrir toda a verdade.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Moléculas orgânicas complexas são encontradas em estrela-bebê

Como diria Isaac Asimov, criacionistas fazem soar como se uma "teoria" fosse algo que você sonhou após ter ficado bêbado a noite toda. Uma das mais idiotas desculpas para Evolução ser uma mentira, na cabeça deles, é que não temos sistemas complexos e, por isso, a vida jamais seria possível sem alguém ficar puxando as cordinhas. Isso, por si só, já mostra a ignorância desse pessoal, já que Evolução não tem nada a ver com origem da vida.

De qualquer forma, algumas substâncias naturalmente se polimerizam, formando substâncias mais complexas, como o formaldeído que produz o paraformadeído. Mas será que poderíamos ter substâncias mais complexas se formando fora da Terra? Não só podemos, como agora temos evidência de substâncias orgânicas se formando em discos proto-planetários, o que eu chamo de "planetas-bebê".

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A relatividade do tamanho

O ser humano acha-se único e inigualável. A Terra é seu lar e não há nada mais grandioso que o Planeta Azul, não é mesmo?A Terra possui as seguintes características:

Raio orbital Médio = 149.597.870,691 km
Diâmetro equatorial = 12.756,27249 km
Área da superfície = 5,10072×108 km²
Massa = 5,9742×1024 kg
Densidade média = 5,515 g/cm³

Se você realmente acha que vivemos em algo grandioso, veja imagens com algumas comparações, clicando AQUI.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας