O que é Efeito Magnus?

– Fim de jogo, galera! Estamos aqui com Demerval Eleutério, que marcou o único gol da partida, aos 47min10s do segundo tempo, com um gol feeeeeeeeenomenal! A bola subiu, subiu e foi rodando até que fez uma cuuuuuuuuuurva e entrou no gol! Diga-nos, Dedê, como você conseguiu isso?

– Ah, nóis entrou com muita umiudade respeitando o adeversário e seguindo as instruções do professor e então ajente foi jogando e quando aconteceu eu tive ajuda com tranquilidade de nossinhor Jesus e a mão de Deus desviou a bola que ia pra fora e isso fez com que nosso time xegasse às finais do campeonato e não desmerecendo nosso adeversário conseguimos a tassa de campeão com a graça de Deus.

O cientista assistindo a TV levanta a sobrancelha, pois ele sabe o que aconteceu ali. Você também saberá. Basta ler o Livro dos Porquês.

Continuar lendo “O que é Efeito Magnus?”

Por que aviões voam?

Eu estava em dúvida sobre o que postar agora. Pedi ao senhor Harvey Dent para ele me dizer, mas o Iberê foi mais rápido. Sendo assim, precisamos rever isso. Precisamos entender fatos básicos sobre o porque do avião voar. Mas não é só isso! A mágica é: como aquela bagaça consegue voar de cabeça pra baixo?

O ano letivo acabou, mas nunca é demais aprender. Nunca acaba o período de querer saber mais. Nunca chegam as férias para o LIVRO DOS PORQUÊS!

Continuar lendo “Por que aviões voam?”

No futuro, asas de aeronaves irão bater. Condores riem.

Sejamos sinceros, a Evolução teve mais de 4 bilhões de anos para testar protótipos. Tudo o que você puder imaginar em termos de mecânica, a Natureza provavelmente já experimentou e descartou 99% delas (não que a Natureza não faça as suas gambiarras). Agora, uma empresa alemã resolveu reinventar o voo, criando um protótipo que voa batendo asas.

Continuar lendo “No futuro, asas de aeronaves irão bater. Condores riem.”

Ancient Aliens ou Estados Unidos já tinham conhecimento de discos voadores no sec. XIX

Mas não é bem do jeito que você está pensando. O que acontece que várias pessoas sempre projetaram máquinas voadoras. Da Vinci não foi o primeiro e com certeza ainda hoje temos outros homens maravilhosos e suas máquinas voadoras. Alguns acharam realmente que a melhor saída para sair da gravidade da Terra sem ter problemas graves era a forma discoide. O pessoal aprendia muita mecânica mas esquecia da ação do ar e de como ele se comporta enquanto fluido.

Vários projetos surgiram. Entre eles o de um alemão. Não era alemão falsificado e sim alemão mesmo. O problema do país começou quando austríacos passaram a achar que eram alemães, da mesma forma que pinschers pensam que são dobermanns.

Continuar lendo “Ancient Aliens ou Estados Unidos já tinham conhecimento de discos voadores no sec. XIX”

Os céus amigos do ganso que voa de cabeça pra baixo

Enquanto a United ficou famosa por entregar seus passageiros em seus locais de trabalho (desculpem, não resisti, mas duvido que algum passageiro ofendido venha reclamar), o mundo natural acha que esse negócio de asa, planos de voo e linha do horizonte é coisa pra fracos e galináceos (sim, eu sei). Hardcore mesmo é fazer piruetas no ar like a boss. Qualquer um que voe de asa delta pensa assim, o fato de acabarem caindo mostra que eles têm muito a aprender com o amiguinho aí da foto.

Continuar lendo “Os céus amigos do ganso que voa de cabeça pra baixo”

Pássaros são peças-chave na engenharia aeronáutica

O que difere os seres humanos do mundo natural é que não precisamos desenvolver tecnologias na base da Seleção Natural, onde as modificações são lentamente testadas, descartadas, testadas de novo ad infinitum, até que algo mostre que é realmente útil e faz diferença para o determinado ser vivo. Obviamente, isso não adiantará muito se ocorrer algum desastre natural que acabe dizimando quase tudo pela frente, ou alguma mutação doida crie uma cilada evolutiva. Não, nós não precisamos o velho sistema de tentativa-e-erro,e se a Natureza fez o favor de ir testando e selecionando ao longo dos bilhões de anos de história evolutiva, só mesmo um idiota começaria a reinventar tudo do zero, e foi isso que os pesquisadores da Universidade da Califórnia, em San Diego, fizeram: tomaram pássaros como modelos, onde alguns loucos estudam maravilhosas máquinas voadoras.

Continuar lendo “Pássaros são peças-chave na engenharia aeronáutica”

Por que os gatos sempre caem de pé?

quedadogato.jpgOs gatos fazem parecer fácil: pulando ou caindo de alguma estante alta ou qualquer móvel para pousar graciosamente nas suas quatro patas.

Mas há um esforço felino complicado que ocorre nessas quedas tão estilosas.

Os gatos tem um senso de equilíbrio altamente apurado e uma espinha muito flexível (porque eles possuem mais vértebras que os humanos), o que os habilita a girar seus corpos para corrigir sua posição enquanto caem, uma habilidade inata conhecida como “reflexo corretivo”. Continuar lendo “Por que os gatos sempre caem de pé?”