A viagem à Lua é um mito?

As pessoas são estranhas, muito estranhas mesmo. São capazes de acreditar em coisas pra lá de estapafúrdias, como horóscopos, cartomantes, pastores e até que existem pessoas honestas no Congresso. Parte disso se deve à uma necessidade de acreditar em algo. Acreditam em maluquices diversas, mas são incapazes de ver o mundo real à sua frente. Falta de tomarem a pílula vermelha, ou estão mesmo precisando de um supositório de verdade? Difícil dizer.

Mesmo depois de 40 anos, ainda existem malucos, burros, desinformados, tolos, ignorantes e, em boa parte, fanáticos religiosos, que se recusam a acreditar que o homem realmente pisou na Lua. Como em qualquer caso onde prefere-se a ficção à realidade, malucos diversos pensam que ainda vivem num mundo pós 2ª Guerra e início da Guerra fria, onde os governos faziam tramóias, criavam ilusões, escondiam a verdade do público entre outras sandices, como o caso Roswell (em que acham que tem uma espaçonave lá escondida). Da mesma fora que querem acreditar em qualquer besteira, se recusam a acreditar na Ciência e as evidências que são mostradas. As pessoas são muito estranhas…

Afinal, por que acreditam nestas baboseiras? Uma reportagem do prestigiado jornal The New York Times demonstra que, pelo menos, 6% dos norte-americanos (chamar de “estadunidense” é palhaçada de comunistinha que usa tênis Nike e bebe coca-cola) não acreditam que o homem foi à Lua. Mesmo porque, lá não é o que se pode ser considerado a nação mais culta do mundo. Como aqui no Brasil a quantidade de toscos é muito maior, eu colocaria em uns 20%, no mínimo.

Algumas pessoas retardadas alegam que não seria possível o homem ter chegado à Lua em 1969 com a tecnologia da época, da mesma forma que acreditam que ETs phone home tenham ajudado os egípcios a construírem as grandes pirâmides. O mesmo tipo de gente que acha que andar com fitinha do Senhor do Bonfim dá sorte e impedirá de tomar esporro do chefe. Alguém aqui tá meio sem parâmetros de raciocínio (supondo, é claro, que esse pessoal raciocina).

Vamos pensar, então. Um bando de ETs, viajando em velocidade Warp, chega aqui na Terra para bancarem os mestres de obra, colocando a peãozada pra trabalhar. Depois, dão “tchauzinho” e picam a mula. Em contrapartida, ninguém foi à Lua por causa da Corrida Espacial e – só para sacanearem os soviéticos – inventaram essa tramóia toda, com a ajuda de efeitos especiais. Sei… muito sentido, né? Se foi assim, foram bem incompetentes. Podiam ter colocado Neil Armstrong e Buzz Aldrin lutando com sabres de luz. Enquanto isso, Leonid Brejnev estava de capacete dizendo “Venham pro lado vermelho da Força”.

A mania das conspirações resulta em coisas absurdas, daí o imenso sucesso de filmes como Arquivo X. O pessoal se pega em cada detalhe mínimo, agem como num teste de Rorschach e colocam suas conclusões sobre algo que só eles vêem. Pessoas que vêem conspirações por todos os lados não merecem maior atenção que malucos que alegam ter visto o Monstro do Lago Ness. Céticos costumam duvidar de alguma ocorrência, exigindo provas que as demonstrem ser verdadeiras. O que estes idiotas fazem não é ceticismo, é ignorância, já que as provas são apresentadas, mas a mente ridícula desse pessoal se recusa a aceitar. Eles defendem uma “mente aberta”, mas as suas próprias são fechadinhas que nem uma noz. Por sinal, seus cérebros são do mesmo tamanho também…

Já aqui, em Terras Brasilis, nós somos brindados com o glorioso Show da Lua (cujo autor também “prova” que a Bomba Atômica não existe e as explosões em Hiroshima e Nagazaki jamais ocorreram). Ao lado dele, o site A Fraude do Século, mantida por um… er… homônimo meu (ele se chama André Basílio e, para minha infelicidade, eu o conheço pessoalmente). Aliás, o pessoal do Projeto Ockham (lamentavelmente, um site atirado às moscas atualmente) conferiu-lhe o Prêmio Dragão Invisível, pelas suas “valiosas” contribuições e demonstrar um conhecimento de Física que nenhum cientista sério poderia sonhar.

Os produtores do programa MythBusters (os Caçadores de Mitos) até fizeram um programa todinho destinado a examinar as alegações dos maníacos por teorias de conspiração. Vocês poderão assistir ao episódio completo no YouTube. Jay Windley é dono de um dos vários sites preocupados em desmentir as besteiras daqueles que questionam a ida à Lua. Seu site, o Clavius¹ (que por sinal recebeu o nome de uma estação espacial na Lua, na obra 2001 – Uma Odisséia no Espaço) desmistifica as teorias conspiratórias, as quais questionam tolamente o material fornecido pela NASA.

Harrison Schmitt, piloto do módulo lunar na última das missões Apollo e posteriormente senador federal, declarou em entrevista que o estado lastimável das escolas de seu país tem resultados previsíveis. “Se as pessoas decidem que vão negar os fatos da História e os fatos da ciência e tecnologia, não há muito que se possa fazer a respeito”, ele disse. “Quanto à maioria dessas pessoas, eu simplesmente lamento o fracasso do nosso sistema educacional”, diz Schmitt. Se ele soubesse a quantas andam o ensino brasileiro, ele ergueria as mãos pro céu.

Como desmistificar as bobagens que falam por aí? Bom, de princípio devemos lembrar as condições geopolíticas da época. Principalmente a chamada “Guerra Fria”, onde EUA e URSS mediam forças. Para que, eu ainda não sei, mas política é assim mesmo.

A URSS conquistara o espaço enviando o primeiro satélite artificial (Sputnik), enviou o primeiro ser vivo ao espaço (a cadela Laika) e, mais tarde, o primeiro homem a entrar em órbita (Yuri Gargarin, autor da antológica frase: A Terra é azul!). Assim, os americanos estavam ansiosos por mandar alguém à Lua. É tentador achar que eles inventaram essa história para passar a perna nos russos, só que isso implica num pequeno detalhe: espionagem.

O mundo da espionagem não é como nos filmes de James Bond, com um agente secreto mais conhecido do que papel higiênico. Só faltava andar com um anúncio em neon. A espionagem era mais perigosa porque era um mundo de espelhos e cortina de fumaça. Na verdade, ainda é assim.

Francis Gary Powers foi piloto do famoso avião-espião U2 (de onde você achava que o nome da banda tinha se inspirado?). Em 1960, ele recebeu ordens para sobrevoar a URSS e tirar algumas fotografias de alta altitude. Por um problema técnico seu avião teve que pousar em solo soviético e ele foi preso. Isso gerou um belo incidente diplomático para os EUA. Em 1962, o mundo quase chegou a uma 3ª Grande Guerra, onde a espionagem americana (mais uma vez usando o U2) descobriu que Nikita Kruschev ordenara a construção de uma base de lançamento de mísseis em Cuba. Este incidente ficou conhecido como A Crise dos Mísseis Cubanos. Kennedy pressionou a URSS e Kruschev arregou, retirando os mísseis de lá. Placar de Humilhação Internacional: EUA 1 x 1 URSS.

Levando em conta este histórico de espionagem dos dois lados, fica claro que a URSS tinha pleno interesse no programa aeroespacial americano e vice-versa. Mesmo porque, um foguete pode tanto levar astronautas como uma ogiva nuclear, e ninguém iria querer levar uma bomba atômica na cabeça (exceto pelo tosco que acha que nunca conseguiram fazer uma). Se houvesse o menor indício que o homem nunca pisou na Lua, CLARO que a URSS botaria a boca no trombone. Os EUA não correriam o risco desse vexame.

Alguns podem achar que a URSS seria boazinha em esconder para ter um ás na manga quando precisassem. Só que não dizem quando seria. Além disso, alegam que a URSS não foi à Lua, e que isso era prova que seria impossível tal proeza. A questão é que a Lua nunca fora prioridade nos planos da URSS. Convenhamos: ela saiu na frente em tudo e mostrou superioridade técnica. O que lhe restava mais provar? Que tal provar que os americanos estavam mentindo? ;)

Luna 15 foi uma sonda espacial construída por nossos amigos vermelhinhos afim de espionar o que Tio Sam estava aprontando no Espaço. Ela acompanhou os astronautas americanos e captaram suas transmissões de rádio. Por que fingiriam que tudo foi bem, se tinham o queijo e a vodka na mão pra humilharem os americanos de novo? Em vez disso, a URSS quis provar que seria desperdício de dinheiro enviar cosmonautas (como eles chamam) à Lua, se podiam enviar uma sonda robótica como a Luna 15. Eles tentaram e… falharam! Assim, a URSS simplesmente decidiu cancelar qualquer projeto de levar alguém à Lua e dirigiu seus esforços e cabeças pensantes para fins mais pragmáticos: a construção de uma estação espacial: A Estação Myr.

Os americanos sabiam que teriam que correr atrás para desenvolverem mais tecnologia, e isso começou nos anos da 2ª Guerra. Eles decidiram intensificar as aulas de Ciência nos colégios, a fim de terem melhores cabeças para ingressarem nas faculdades e, por fim, terem técnicos, engenheiros, físicos etc. Guerras sempre são um bom motivo para o desenvolvimento tecnológico. É uma pena que seja assim, mas a humanidade não toma jeito.

Os EUA tentaram construir estações espaciais também, mas fracassaram. O Skylab acabou reentrando forçadamente na atmosfera e se espatifou na Austrália (pelo menos, o que sobrou dele durante a reentrada). A Estação Freedom não serviu pra muita coisa. Mas a Myr não só sobreviveu esse tempo todo, como foi adaptada para se acoplar à ISS – Estação Espacial Internacional.

Em tempo: esse negócio que os americanos desenvolveram uma caneta que escrevia em todas as posições, enquanto os russos usavam lápis é folclore. Na verdade, os russos também desenvolveram esse tipo de caneta. Por quê? Porque lápis usam grafite, que apesar de poder ser usado em qualquer posição, se quebra fácil; e levando em conta que esta variedade alotrópica do carbono conduz eletricidade, os cientistas não correriam o risco de promover um acidente por causa de um curto circuito causado por um pedaço de grafite à deriva no interior da nave.

Os malucos ainda ainda alegam que uma das principais provas é o fato da bandeira estar “adejando” em meio a um vento no local. Realmente, seria impossível que uma bandeira adejasse em um lugar sem vento, já que a Lua não possui atmosfera. É por isso que a bandeira NÃO ESTÁ adejando. Ela está amassada, basta ver que em todas as fotos (clique na imagem para ampliar), ela está sempre na mesma posição. Aliás, se o pessoal alega que as fotos foram feitas em estúdio, de onde tava vindo o vento? Será que NINGUÉM percebeu que um ventiladorzão tava fazendo a bandeira mexer? O que acontece é que a bandeira está suspensa por uma vara de metal, de forma que ela ficasse reta. Manipulá-la com aquela roupa toda é inviável. Claro que ela teria que ficar amarrotada, ainda mais que ela não devia estar muito lisa, pois foi acondicionada num módulo muito pequeno.

Também há a questão da foto de Neil Armstrong. Quem foi que tirou? Ninguém. Aquele não é Neil Armstrong, é Buzz Aldrin, numa foto tirada por Armstrong (a foto que abre o artigo). As fotos do astronauta descendo não são do primeiro homem na Lua e sim do segundo. Mas, claro, os teóricos da conspiração não acreditarão nisso. Não que faça alguma diferença, é claro.

Há ainda a controversa foto na NASA, onde os astronautas estavam treinando o caminhar com aquela roupa. Na foto (clique para ampliar), aparece alguém agachado ao fundo e, dizem os maníacos por conspirações, que aquele é o diretor Stanley Kubrick. A foto ao lado foi retirada de um site que faz essa afirmação e até compara com fotos do próprio Kubrick. De minha parte, tem que ser muito imaginativo para ver o cara lá, já que quase não se vê nada do homem na foto. OP que é mais provável? Um técnico ali, aparecendo na foto por acidente, ou o Stanley Kubrick, sendo que não se vê nenhum detalhe? Bem, tem gente que acha que vê Jesus numa torrada. O efeito é o mesmo.

Os cientistas e pesquisadores queriam saber, também, como era a mecânica do solo lunar. Assim, pediram a Neil Armstrong pra fazer uma pegada e fotografá-la.

AHÁ!!! Nessa os teóricos da conspiração flagraram o erro: como poderiam fazer uma pegada sem umidade?

A resposta: E o que tem o orifício anal com a vestimenta masculina? Vão numa praia e andem pela areia. Ah, mas na praia tem umidade? Então vão num deserto como o de Atacama, cuja umidade é baixíssima. Ainda assim, verão que sim, pode-se ter pegadas. Sem falar que o solo Lunar é feito basicamente de poeira fina, oriunda milênios de erosão e bombardeio de raios solares e meteoritos. Isso somado a falta de ar, que geraria ventos, manteria a pegada para sempre lá, intocada, até que algo a desfaça. Não é o caso da Lua.

Agora, se querem uma perfeita prova que o homem foi à Lua, que tal irmos a algum observatório astronômico? Os astronautas da Apolo 11 colocaram espelhos refletores no solo lunar, virados para a Terra. Os observatórios utilizam lasers, cujos fachos chegam até os espelhos e são refletidos de volta. Os computadores calculam, mediante o tempo de ida e volta, a distância e, assim, calibram os aparelhos. Não sei, não. Acho que se não tivesse nada lá em cima, alguém teria reclamado. Será que todos estão na folha de pagamento da CIA? Seria que os espelhos existem e foi obra de Extraterrestres?

A verdade é que a NASA não voltou mais lá, na Lua, porque – como todo órgão governamental – ela sofre sempre com cortes no seu orçamento. Assim, ela preferiu investir em veículos que não se perdessem durante uma viagem, isto é, que pudessem ser sempre reaproveitáveis. Estes veículos são os ônibus espaciais. Só que agora eles têm um problema sério! A China está na corrida para levar um astronauta à Lua, assim como a Índia e o Japão.

Isso está gerando certa controvérsia. Buzz Aldrin, hoje com 78 anos, acha que deviam dar mais atenção à Marte. Marte é um planeta similar em muitas coisas com a Terra, como o tamanho (e, portanto, gravidade), duração do dia, estações etc. Muitas pesquisas estão no caminho de desvendar como ter água líquida lá para se construir uma base espacial. Só que a NASA está reiniciando um projeto para mandar outros astronautas à Lua.

Por fim, alegam ser estranho que a NASA tenha perdido os filmes originais do pouso. Quem nunca teve um documento perdido dentro de uma repartição pública? Não é porque é a NASA que algum burocrata lçá não tenha feito nenhuma cagada, perdendo ou mesmo apagando os filmes. De qualquer forma, conseguiram cópias das imagens televisionadas e refinar sua qualidade. Até o momento, 40% das filmagens foram restauradas.

Os vídeos originais ficavam armazenados em imensas pilhas de bobinas de fita. Cada uma continha 15 minutos de filmagem. Nas décadas de 1970 e 1980, faltaram tapes e a NASA apagou e reutilizou cerca de 200 mil bobinas. O destino da documentação original da missão Apollo 11 deve ter sido selado justamente neste afã de fazer economia, coisa normal em governos.

Abaixo, vocês podem ver algumas imagens do pouso na Lua.

http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf

A conquista da Lua foi um feito sem precedentes na história da humanidade. Alguns outros virão. Não importa que meia dúzia de acéfalos não acredite. Isso muitas vezes decorre de baixos graus de escolaridade, ou a recusa de reconhecer que sim, o homem pode fazer coisas maravilhosas sem ajudas sobrenaturais. Muitos dos “céticos conspiracionistas” são tolos religiosos, que se pegam num ou outro versículo, afim de justificar a impossibilidade do homem alcançar as estrelas. Somos crianças que mal saímos de casa, mas com certeza, não estamos mais presos aos nossos berços e, como disse o finado Carl Sagan, o Universo está à nossa espera.

¹ Lamentavelmente, eu cometi um sério erro neste artigo. Eu tinha, anteriormente, dito que o site Clavius tecia questionamentos sobre a veracidade da viagem à Lua. Epic Fail. Na verdade, o Clavius DESMISTIFICA as teorias conspiratórias. O Ariel Wollinger me chamou a atenção para a injustiça cometida. Em Ceticismo.net não podemos fazer vista grossa para os nossos próprios erros. Portanto, faço agora uma RETRATAÇÃO PÚBLICA para com os mantenedores do site Clavius.

Aqui nós temos um perfeito exemplo da importância das revisões por pares, onde buscamos indícios de erros, diferente de usarmos de Apelo à Autoridade. Eu cometi um erro e, portanto, devo desfazer isso. Errar é humano e consertar os erros – bem como admitir a culpa – uma obrigação. Obrigado, Ariel, pelo apontamento do erro; e a vocês, leitores, peço desculpas pela informação errônea. Prometo que terei mais cuidado na próxima vez.

157 comentários em “A viagem à Lua é um mito?

  1. Ufa, que susto. Quando vi o título do post, pensei que vocês haviam virado cegos que acreditavam mesmo que toda essa história é um mito.
    Boa matéria.

  2. Pegadas precisam de umidade??em Brasília na época seca não fica muito diferente da lua e aqui é fácil deixar pegadas na poeira,que afirmação ridícula…

  3. Falando em comunistinha que toma coca-cola, engraçado foi quando uma professora minha, marxista e anticapitalista até o talo, tomou coca-cola na aula de despedida. Eu que há mais de um ano não tomo mais refrigerante achei bizarro.

    1. Eu assisti às finais de Polo Aquático durante o Pan-Americano de 2007. Um bando de idiotas estava xingando as atletas americanas, gritando Yankee Go Home!
      .
      Um tava com boné do Chicago Bulls e outro com tênis Nike. Só não estavam bebendo coca-cola porque o patrocinador era a Pepsi. Adivinhem o que eles estavam bebendo. ;)

      1. @André,
        Quem tá doido pra mandar “de volta pra casa” são os americanos q tem q aturar os parasitas brasileiros e mexicanos no país deles, sinto-me envergonhado.

  4. André. o site clavius é pra fazer o debunk das conspiracoes da lua, nao o contrario. Nao entendo porque voce achou o site idiota:

    Moon Base Clavius is an organization of amateurs and professionals devoted to the Apollo program and its manned exploration of the moon. Our special mission is to [b]debunk the so-called conspiracy theories[/b] that state such a landing may never have occurred.

  5. Tava olhando essa página “show da lua” e eles ainda questionam algumas outras coisas como possíveis sombras nas fotos (e a própria posição delas), resistência dos negativos a temperatura de lá.

  6. ahahah! o fantastico acabou de tirar um puta sarro dos conspiracionistas!! aahahah!! a globo nao existe!!! LOL!

    chupa seus idiotas ignorantes!! Como diria Penn Jillette
    SHUT
    THE
    FUCK
    UP!!!

  7. Muito obrigado! Você acaba de esclarecer todas as minhas dúvidas sobre o assunto! Ainda bem que existem sites como o seu, senão seriam só conspirações, 2012, o messias vai voltar, etc. Que tal um artigo sobre o incidente com o World Trade Center? Há muita especulação sobre o que realmente tenha ocorrido. Se não for pedir muito, pelo menos alguns links e um breve resumo sobre o fato, se não for pedir muito, novamente.

  8. Babacas do ceticixmo.net (vcs devem ser cariocas)

    Ao invés de ficarem especulando por que a URSS denunciariam os EUA ou qual interesse esse ou aquele país teriam em desmascarar essa história, mostre os fatos de como é capaz uma nave ficar em órbita na lua em grande velociade e conseguir fazer a alunissagem apenas com tais propulsores de combustão interna (sem problema algum em nunhuma das viagens). Ou como é capaz de uma nave fazer a decolagem para sair da lua (fico imaginando o astronauta ligando a nave igual se liga um carro).

    Os seus problemas é que quando se tem dúvida em um assunto, mas esta dúvida favorece a vcs, vcs fazem de tudo para ridicularizar este. Mas se a dúvida os disfavorecem vcs tem resposta, mesmo que mentirosas, pra tudo!!!

    1. Ao invés de ficarem especulando por que a URSS denunciariam os EUA ou qual interesse esse ou aquele país teriam em desmascarar essa história, mostre os fatos de como é capaz uma nave ficar em órbita na lua em grande velociade e conseguir fazer a alunissagem apenas com tais propulsores de combustão interna (sem problema algum em nunhuma das viagens).

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Gravidade

      Ou como é capaz de uma nave fazer a decolagem para sair da lua (fico imaginando o astronauta ligando a nave igual se liga um carro).

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Leis_de_newton

      Os seus problemas é que quando se tem dúvida em um assunto, mas esta dúvida favorece a vcs, vcs fazem de tudo para ridicularizar este.

      https://ceticismo.net/religiao/tipicas-justificativas-religiosas/#09

      Mas se a dúvida os disfavorecem vcs tem resposta, mesmo que mentirosas, pra tudo!!!

    2. @Petres,

      “Babacas do ceticixmo.net (vcs devem ser cariocas)”

      “Os seus problemas é que quando se tem dúvida em um assunto, mas esta dúvida favorece a vcs, vcs fazem de tudo para ridicularizar este. Mas se a dúvida os disfavorecem vcs tem resposta, mesmo que mentirosas, pra tudo!!!”

      1. Achei que veria argumentos sobre o nivel de tecnologia da nave de latão ou a super tencologia de 78 bites que fez o homem chegar aonde nunca mais voltou. Seu celular tem processadores 4000 mil vez x do que o homem que levou o homem A LUA. Uma insanidade.

  9. Desde que conheci o site Show da Lua e o livro do mesmo autor, desacreditei que o homem realmente tenha ido à Lua. Desde então, depois de muitos anos, este é o primeiro texto que leio que desmente tais argumentos. Mas há um que ainda me intriga: o argumento do Cinturão de Van Allen e dos ventos solares.
    Quem defende que o homem nunca foi à Lua afirma que o homem tem tecnologia para ir ao espaço, mas ainda não para sair da atmosfera da Terra, onde seríamos protegidos do contato direto com os ventos solares, da radiação e das partículas do espaço. Sair da atmosfera terrestre, ou do cinturão de Van Allen, e ainda mais caminhar na Lua que não tem atmosfera, seria ser bombardeado “diretamente” por esta radiação e estas partículas.
    Teriam os veículos espaciais e os uniformes dos astronautas da atualidade condições suficientes para levar o homem em segurança ao espaço exterior?

    1. Teriam os veículos espaciais e os uniformes dos astronautas da atualidade condições suficientes para levar o homem em segurança ao espaço exterior?

      Sim, teriam.

  10. Sou um dos céticos da primeira ida do homem à lua, então sei que serei graciosamente incluído no rol daqueles aos quais você se refere como imbecis, retardados e outros adjetivos muitos usados por você. O que me causa profunda estranheza, no seu artigo, é você achar “normal” que o maior feito da história dos EUA tenha sido tratado com desleixo tal a ponto das fitas da gravação terem sido reutilizadas e perder-se a gravação original . Você aceita esse fato como plausível, sem ao menos se dar o direito de pensar no quanto isso seria convencional àqueles que tudo explicam a respeito da primeira ida do homem à lua(Sim, por mais que se questione aspectos centíficos/físicos etc e tal da viagem lunar, para tudo haverá explicação)?. Quanto aos Caçadores de Mitos, o teste realizado por eles não é válido: o que se questiona é a primeira ida, quando o mundo vivia um período político no qual os EUA fariam QUALQUER coisa para manter e hegemonia política e bélica sobre o mundo; das outras idas(essas sim, com imagens guardadas com carinho pela Nasa), sobraram no solo lunar todos os “ingredientes” necessários para validar o teste deles.
    Mas essa é só minha opinião, claro.

    1. ou um dos céticos da primeira ida do homem à lua, então sei que serei graciosamente incluído no rol daqueles aos quais você se refere como imbecis, retardados e outros adjetivos muitos usados por você.

      Isso significa que vc dará uma explicação sólida e nada rizível que sustente a sua opinião.

      O que me causa profunda estranheza, no seu artigo, é você achar “normal” que o maior feito da história dos EUA tenha sido tratado com desleixo tal a ponto das fitas da gravação terem sido reutilizadas e perder-se a gravação original

      Vc nunca trabalhou para políticos, né? Nunca teve contato com pessoas incompétentes?

      Você aceita esse fato como plausível, sem ao menos se dar o direito de pensar no quanto isso seria convencional àqueles que tudo explicam a respeito da primeira ida do homem à lua(Sim, por mais que se questione aspectos centíficos/físicos etc e tal da viagem lunar, para tudo haverá explicação)?.

      Eu pensei direito e a cr´pitica não se sustenta mediante as inúmeras evidências.

      Quanto aos Caçadores de Mitos, o teste realizado por eles não é válido: o que se questiona é a primeira ida, quando o mundo vivia um período político no qual os EUA fariam QUALQUER coisa para manter e hegemonia política e bélica sobre o mundo; das outras idas(essas sim, com imagens guardadas com carinho pela Nasa), sobraram no solo lunar todos os “ingredientes” necessários para validar o teste deles.

      E sobre a URSS?

      Mas essa é só minha opinião, claro.

      Vc tem o direito a tê-la, mas toda ela foi refutada antes mesmo de vc escrever. Mal aí.

    2. @Jmaxyyz, Mas por favor, não jogue todo o seu trabalho no lixo: não estamos falando de terceiromundismo ou quetais, estamos falando da maior potência do planeta, que havia supostamente realizado o maior feito de todos os tempos, e, assim dizendo meio timidamente, REGRAVAM A FITA? Você, que já nos brindou com tantos textos magníficos sobre Luthero e sobre a conveniência de “esquecermos” certos aspectos óbvios… Péraí, tantos textos sobre Luthero, agora fiquei na dúvida…Mas em suma, é tudo tão óbvio que deveria, ao menos, incomodar a mente de uma pessoa com o seu perfil, ou ao menos o perfil que eu acreditava que você tivesse.
      É a primeira vez, nesse tempo todo que acompanho o seu trabalho na web, que você não adiciona nada quando dá sua resposta a um post no seu blog/site.
      Antevejo você respondendo, em negrito, MÉRITO SEU.
      Vou resumir a ópera: você se apegou piamente aos dados que lhe foram apresentados, os ditos dados “científicos”. Mas esses, convenhamos, são muito refutáveis. E quem os refuta, também merece respeito, não basta chamá-los de imbecis e outros adjetivos mais nobres. Você não assistiu aquele documentário, cujo título traduzido é mais ou menos “Pousamos na Lua?”? Também taí pra quem quiser assistir e merece respeito.
      Pelo menos, é claro, na minha opinião.
      Parabéns pelo seu trabalho.

      1. Mas por favor, não jogue todo o seu trabalho no lixo: não estamos falando de terceiromundismo ou quetais, estamos falando da maior potência do planeta

        Onde muitos estados proíbem o Ensino da Evolução.

        que havia supostamente realizado o maior feito de todos os tempos, e, assim dizendo meio timidamente, REGRAVAM A FITA?

        Para quem gastou RIOS de dinhewiro tentando provar que Saddam tinha usinas de armas nucleares e acabou dizendo “é, acho que estávamos enganados”, isso é fichinha. Pq será que acabaram com os ônibus espaciais? Talvez porque estes não existiram tb. E como fica as outras provas? Basta UMA que deponha que o Homem não foi à Lua. Vc tem alguma? Oh, sim… a fita.

        Você, que já nos brindou com tantos textos magníficos sobre Luthero e sobre a conveniência de “esquecermos” certos aspectos óbvios… Péraí, tantos textos sobre Luthero, agora fiquei na dúvida…

        Falácia do Olha o Avião.

        Mas em suma, é tudo tão óbvio que deveria, ao menos, incomodar a mente de uma pessoa com o seu perfil, ou ao menos o perfil que eu acreditava que você tivesse.

        Não vi nada de óbvio, meu caro conspiracionista.

        É a primeira vez, nesse tempo todo que acompanho o seu trabalho na web, que você não adiciona nada quando dá sua resposta a um post no seu blog/site.

        Vc afirmou. Vc tem o ônus da prova. por gentileza PROVE que a NASA não tinha tecnologia para mandar o Homem à Lua. PROVE que é tudo mentira.

        Antevejo você respondendo, em negrito, MÉRITO SEU.

        Não é mérito, é obrigação.

        Vou resumir a ópera: você se apegou piamente aos dados que lhe foram apresentados, os ditos dados “científicos”.

        Começamos com os mesmos argumentos dos Criacionistas que pretendem desqualificar evidências. Puxa, não tenho a maçã que caiu na cabeça de Newton (sim, eu sei), logo não existe a Força da Gravidade.

        Mas esses, convenhamos, são muito refutáveis.

        Refutação sem prova é falácia. Mas, pode tentar.

        E quem os refuta, também merece respeito, não basta chamá-los de imbecis e outros adjetivos mais nobres.

        Vc está querendo me dizer que se um famoso cientista disser que viu uma abóbora criar asas e sair voando, É CLARO, que vc acreditará. Certo?

        Você não assistiu aquele documentário, cujo título traduzido é mais ou menos “Pousamos na Lua?”?

        Tb vi o documentário do Êxodo Decodificado, Quem Somos Nós e blábláblá. Quero um artifo científico. Saca um aí da manga, sim?

        Também taí pra quem quiser assistir e merece respeito.

        Não quero. Pode chorar.

        Pelo menos, é claro, na minha opinião.

        Opinião anotada e declarada vazia e inconsistente. Fênquiul.

    3. Concordo com vc.. os desleixo com as fitas originais me parecem mesmo muito estranho… e o fato da corrida vale sim o trabalho de falsificar a viagem pois era algo mt importante pra eles e sabemos que o russos estavam sempre na frente em tudo…além de diversos detalhes técnicos mostrados em fotos e documentários ingleses que vi questionados por fisicos e doutores que tenho certeza não ganhavam nada pra falar…

      1. Documentários. Sim, vi muitos

        • Jesus era ET
        • Dinossauros não existiram
        • O Dilúvio aconteceu
        • O Mar Vermelho se abriu
        • Madre Teresa curava só de pôr as mãos
        • A Terra é chata etc

        Seu argumentum ad verecundiam e nada é a mesma coisa

      2. Concordo com vc.. os desleixo com as fitas originais me parecem mesmo muito estranho…

        Estranho mesmo é ouvir uma historinha mal contada e ficar repetindo por aí aos quatro ventos como se fosse verdade. Você SABE de quais fitas estão falando? TEM IDEIA do que aconteceu? CONHECE a história toda por trás da “perda das fitas”? Se a resposta para alguma dessas perguntas for SIM, vai saber também que as imagens foram recuperadas e que no final NADA se perdeu. Argumento inválido, como sempre.

        e o fato da corrida vale sim o trabalho de falsificar a viagem pois era algo mt importante pra eles e sabemos que o russos estavam sempre na frente em tudo…

        Exatamente pelos “Russos” (Soviéticos na época, que fique claro) estarem na frente em tudo que eles seriam os únicos com capacidade para desmentir uma farsa, o que NUNCA fizeram, mesmo quase 50 anos depois do feito. E aí? Também fazem parte da “conspiração”?

        além de diversos detalhes técnicos mostrados em fotos e documentários ingleses que vi questionados por fisicos e doutores que tenho certeza não ganhavam nada pra falar…

        Claro, afinal se está num documentário só pode ser verdade. As sereias do Discovery Channel ou os aliens do History Channel concordam com você!

  11. P.S.: E quando você pergunta ” E sobre a URSS?” fica claro que você não se “logou” naquele período de tempo em que a humanidade flutuava…
    (Fez sentido isso?)

      1. @André,
        Espero não tê-lo ofendido com meus comentários, não era a intenção, já que você me chamou de conspiracionista tentando jogar na vala comum da ignorância um simples pedido que lhe fiz: ouça o contraditório de uma questão que foi considerada de suma importância para a humanidade mas que, a exemplo da bíblia, quem nela acredita não está nem aí para as evidências que a contestam.
        Só isso.
        Existem coisas que merecem o nosso respeito, mesmo não concordando com elas. E não me refiro à fé e outras coisas que alienam.
        Obrigado pelo espaço.

        1. Espero não tê-lo ofendido com meus comentários, não era a intenção, já que você me chamou de conspiracionista tentando jogar na vala comum da ignorância um simples pedido que lhe fiz

          Eu fiz o pedido primeirto: provas das suas alegações.;

          ouça o contraditório de uma questão que foi considerada de suma importância para a humanidade mas que, a exemplo da bíblia, quem nela acredita não está nem aí para as evidências que a contestam.

          As “alegações” vêm com alguma evidência? Não, não vêm. É o mesmo que eu der ouvidos a blábláblá Evolução não foi provada.

          Existem coisas que merecem o nosso respeito, mesmo não concordando com elas.

          Não respeito teorias sem fundamento evidencial. Respeite o que vc quiser e eu respeitarei gente séria que embasa suas alegações com evidências.

          Seus amigos apresentaram alguma?

          E não me refiro à fé e outras coisas que alienam.

          Eu me refiro a evidências. SÓ UMA. Não peço mais que UMA evidência.

  12. Eu acho inapropriado chamar esses indivíduos de céticos. Na verdade, eles são crentes, por acreditarem nessas tolices sem pé nem cabeça, carecendo de uma total falta de provas de seu ponto de vista. Os argumentos usados por esses crentes são uma verdadeira demonstração de falta de conhecimentos básicos sobre fotografia, física e astronomia, entre outros.
    Para piorar, os crentes alegam que apenas a primeira viagem teria sido uma fraude, as demais não (a não ser alguns radicais, que alegam que todas foram uma fraude). Isso mostra o grau de consistência de suas alegações.
    Eles também alegam que a tecnologia de quarenta anos atrás não poderia ter proporcionado a viagem à Lua, quando, na verdade, seria mais que suficiente. Os elementos realmente necessários para uma viagem à Lua (e a qualquer outro lugar no espaço) são trabalho, vontade e dinheiro, muito dinheiro. No caso dos EUA, alguns bilhõezinhos de dólares. :grin:
    Eu não preciso ir até a Antártica para saber que outras pessoas viajaram até lá, a estão explorando e até mesmo construíram bases no continente. As provas apresentadas falam por si mesmas, além dos testemunhos de todos os países envolvidos na exploração antártica, incluindo o Brasil.

  13. André,acredito que esse número de pessoas que não acreditam na ida do homem à lua é mais assustador do que podemos imaginar aqui no Brasil.até semana passada eu estava conversando com o pessoal do trabalho sobre isso..trabalho com 30 pessoas aproximadamente e apenas 2 acreditavam e 1 delas não tinha certeza. então esse número de pessoas descrentes nesse fato é bem maior!!
    quando falei pra eles que nossa geração verá o homem pisar em marte eles praticamente zombaram de minha cara!!!é nisso que da falar certos assuntos com gente ignorante!!

  14. André, pelo amor de Deus. Eu achava que você era tão lúcido, diante de tantas matérias que tive a oportunidade de ler aqui.
    Mas com essa do homem ter ido à lua, vc caiu muito no meu conceito.
    Que provas mais toscas vc colocou, acredito que esteja brincando não é mesmo? Daqui uns dias vc coloca sua verdadeira opinião né? :shock:
    Acho que desta vez vc viajou, igualzinho aos crentes.

    1. Ok, GENEO, as sondas russa e japonesa viram uma miragem e VOCÊ, um alto pesquisador aeroespacial mostrará a nós, pobres mortais, todas as provas DEFINITIVAS que provem que aquilo tudo é uma grande conspiração.

      Pode começar, sob pena de ser expulso caso não consiga. Site idiota promovido por adolescentes não vale. Quero informações técnicas e científicas, publicadas em periódicos sérios. Manda ver GENEO.

  15. ola pessoal, eu olhei as fotos que o Abbadon colocou em link, o que eu acho estranho é que as imagens são muito pequenas e mal “resolvidas”, levando em consideração que a sonda que está mapeando a lua está bem “próxima”, haja visto as fotos de alta distância de satélites, que estão no google earth, que são bem nítidas e tal, possuo um telescópio newtoniano de 200mm, e as imagens dele são impressionantes, mesmo levando em consideração a distância da lua, a poluição luminosa e a atmosfera que influencia e muito na qualidade da imagem, outra dúvida que tenho é com relação as fotos dos astronautas na superfície lunar, não se observa nenhuma estrela ao fundo, o que mesmo aqui na terra com um binóculo de boa qualidade dá para se observar nebulosas, aglomerados de estrelas e até galaxias…fica minha dúvida

    1. @sergiobiju, Em relação a não aparecer nenhuma estrela ao fundo,isso se deve ao fato do astronauta focalizar um objeto brilhante próximo(a própria Lua) e a luz das estrelas distantes é insuficiente para sensibilizar o filme.

  16. Leio o site há um tempinho, mas o suficiente p/ ter uma noção de uma certa galera que costuma frequentar os comentários, principalmente o da parte que trata de Religião…enfim, tomei um susto quando vi o titulo desse post, pensei por um momento que tu ia defender a “teoria cientifica” da conspiração. Ainda bem que não, mas tu poderia apenas escrever PROJETO LUNA….e pronto, deixasse que os sabidos fossem descobrir do que se tratava.

  17. Os tolos religiosos não acreditam porque têm aquele ridículo argumento que o homem ao ir à lua está querendo ser mais que Deus.

    1. @Alexandre Figueiredo,
      Não são apenas tolos religiosos que duvidam da viagem à Lua. Tem também os comunistinhas de faculdade e os pseudo-cientistas que vêm em tudo uma razão cientifica de como as coisas deveriam funcionar para apontar os erros.

      1. boa noite colega!

        apesar do tom pejorativo, aqui encontra-se uma pessoa com estudo e conhecimento mínimo para discorrer sobre um projeto de tal magnitude.

        bem, mas não é pra falar de mim (foda-se né?), é pra falar do post. todo mundo fala aqui de uma pseudo-ciencia da qual não dispõe, então vou fazer simples para o senhor. como prova de que tal evento é/foi possível peço ao nobre colega que apresente um, eu disse UM SÓ, esqueca, desenho, croqui, projeto – chame do que quiser – do módulo lunar apollo 11 com seus dois astronautas equipados dentro, prontos para sair. obviamente gostaria que mostrasse por onde vão sair e como. caso não encontre eu não me importo que senhor desenhe a mão ou da forma que achar melhor, desde que use as medidas corretas. só isso.

        caso não consiga explicar tão simples ato, i.e., como sair do modulo lunar eu aconselho o senhor a procurar outro assunto para discutir. obrigado!

  18. boa noite,

    devido à forma acalorada como escreveu seu texto, nem vou entrar nos detalhes do que o nobre blogueiro chama de “ciência” ou das “provas” que confirmam tal fato. sem entrar em detalhes de verdadeiro interesse tecnológico necessários numa missão de tal envergadura, como propulsão e blindagem, passo direto ao ponto que interessa:

    o caro blogueiro cético pode acreditar o tanto que quiser na na3a, por contraditório que isso possa parecer – mas antes de bravar tão mau educadamente sobre um conhecimento tecnógico/científico do qual não tem, diga-se de passagem, responda como diabos o centro da objetiva da máquina pode estar descentrado na própria foto que ilustra o post? vai ter que explicar que maravilha cética é essa que “distorce” o centro focal e objetivo da foto para a canela direita do astronauta?! não vou nem comentar as outras anomalias da foto, visto a maturidade apresentada. muito obrigado e se aceita um conselho: mesmo a na3a tem seus dogmas, liberte-se.

    by the way, pra não ficar de mimimi que não apresentei uma foto “comprovada cientificamente” no site da na3a, eu tenho certeza que a foto “original” referida está lá – já achei uma vez. apenas fiquei com preguiça de procurar novamente devido à tão ridículo desafio. o assíduo blogueiro certamente dispôe de tempo para tal. corrija o post, o senhor presta um deserviço às pessoas que leem blogs em português e são “céticas”. boa noite!

    1. Milhões de cientistas analisando as fotos (russos, inclusive, para encontrar fraudes) e apenas um JÊNEO como vc descobriu… bem, na verdade a princesa não descobriu nada. Até mais ver.

  19. Sobre a bandeira sim tem uma haste de ferro/alumínio para que puxem a bandeira, sim ela estava amassada e sim quando ele fincava a bandeira no solo ela balançava, porem no vídeo quando ele para de mexer na bandeira ela se move sozinha, repare que ele nem toca mais e ela se move.

    O porque os russos não falaram nada, vai saber o real motivo,(vai saber o pq nenhum governo de outro país falou sobre a mentira dos ataques a torre gêmeas) o que sei é se não fosse a impressa nós não iríamos saber dos atuais lançamentos de foguete em direção ao espaço e naquela época não é diferente de hoje, o pouco que sabemos é através da impressa.

    Quem ficou na lua filmando a decolagem do modulo lunar ? Algum repórter da cnn? O que li foi que eles tinham uma câmera com controle remoto? Não deveria ter um atraso pelo fato da distancia?

    Sobre as sombras não tenho o que falar, pois não me convenceu, precisaria estar lá sem atmosfera para saber.

    Conversa ao vivo com Nixon e o astronauta não teve atraso na conversa, e como sabe até hoje não temos essa tecnologia, pois ainda se vê em telejornais (por ex.) um atraso para quem esta do outro lado da conversa.

    Porem com o tempo uma nova janela se abre, e se tudo isso foi feito de propósito, para dar margem a essas especulações, pois eles tiveram que modificar tudo pois o que eles viram por la não era ainda para nós sabermos, o que será que viram por lá?

    Tenho duvidas sobre a “röntgen equivalent man” ou rem e o cinturão de Van Allen, não posso discordar pois ainda não tenho a sagacidade de compreender de fato como é, portanto ficarei na dúvida.

    Não sou crente e tenho ciência que um soldado romano mandou ver na biscate da mãe de Jesus, por isso Jesus e Madalena deveriam ser que nem coelhinhos, afinal de contas Jesus viu em Madalena o que era a mãe dele.

    1. quando ele para de mexer na bandeira ela se move sozinha, repare que ele nem toca mais e ela se move

      Pelo mesmo motivo que quase não usaram combustível para IREM até lá: inércia, esta coisinha mágica conhecida desde os tempos de Newton e estudada em colégios decentes. Agora, se vc nunca esteve em um…

      O porque os russos não falaram nada, vai saber o real motivo

      Eles são aliens, greys, reptilianos, illuminatis, maçÕnicos ou membros do PT e do PSDB.

      vai saber o pq nenhum governo de outro país falou sobre a mentira dos ataques a torre gêmeas

      Mais um débil mental que acreditou nas sandices do Zeitgeist. Claro, todo mundo sabe a verdade, e estes são aquelesw que fazem montagens para colocar no YouTube.

      o que sei é se não fosse a impressa nós não iríamos saber dos atuais lançamentos de foguete em direção ao espaço e naquela época não é diferente de hoje, o pouco que sabemos é através da impressa.

      Se não fosse a imprensa, vc jamais saberia do arranca-rabo que está na Síria. Conclusão: aquilo é mentira, eles vivem na maravilha e regados a leite e mel.

      Quem ficou na lua filmando a decolagem do modulo lunar ? Algum repórter da cnn?

      Câmeras automáticas, estas desconhecidas que desde os tempos de Georges Méliès eram usadas.

      O que li foi que eles tinham uma câmera com controle remoto? Não deveria ter um atraso pelo fato da distancia?

      Velocidade da lua: 300.000 km/s. Distância média entre a Terra e a Lua: 384.400 km. Arredonde para 400.000 km e peça a um aluno de ensino médio fazer a continha do tempo da viagem.

      Resumindo, Colégio: matricule-se em um.

      Sobre as sombras não tenho o que falar, pois não me convenceu, precisaria estar lá sem atmosfera para saber

      Se alguém é ignorante ao ponto de não saber da mais fundamentais leis do movimento, não pode realmente falar nada. Se espera ser convencido de algo, senta e espera. Ninguém perde tempo em convencer gentinha que fugiu do colégio.

      Conversa ao vivo com Nixon e o astronauta não teve atraso na conversa

      Primeiro, IGNORANTE, vc não viu a transmissão ao vivo, naquela época. Segundo, teve o MESMO atraso que tem hoje: poucos segundos. Se o Sol se apagasse AGORA a luz aqui ainda duraria 8 MI-NU-TOS. Sim, eles tinham a tecnologia, a mesma tecnologia que hoje. POrque, SUPREMA INTELIGÊNCIA, telejornal não é só voz, mas imagens também. A informação é muito maior. Agora, me diga: qual é o atraso que um correspondente falando via rádio da Rússia tem, hein? Bem, vc não sabe. Não sabem nem cinemática.

      Porem com o tempo uma nova janela se abre, e se tudo isso foi feito de propósito, para dar margem a essas especulações, pois eles tiveram que modificar tudo pois o que eles viram por la não era ainda para nós sabermos, o que será que viram por lá?

      Esse pessoal anda vendo filmes demais.

      Tenho duvidas sobre a “röntgen equivalent man” ou rem e o cinturão de Van Allen,

      Adoro a músicas dos dois.

      Não sou crente e tenho ciência que um soldado romano mandou ver na biscate da mãe de Jesus, por isso Jesus e Madalena deveriam ser que nem coelhinhos, afinal de contas Jesus viu em Madalena o que era a mãe dele.

      Alguém vai na farmácia comprar gardenal para a criatura?

      1. @André,

        Oi André, obrigado por responder prontamente meu post, vc me fez uma pergunta ali em cima:

        É verdade André de fato não sei , então terei que repetir o que li:

        Agora, me diga: qual é o atraso que um correspondente falando via rádio da Rússia tem, hein?

        R: 2 segundos (eu pensava que era 4)

        Alguém vai na farmácia comprar gardenal para a criatura?

        R:não né. Só disse isso para não me chamar de crente rsrs.

        REM e Allen não são músicos André,rsrs

        1. @Knight,

          Sobre a sombras, peço desculpa, é meu péssimo habito de não concluir um texto.

          Sobre as sombras que não me convenceram, quero dizer sobre os sites que falam das sombras estarem em varias direções, e em minha pesquisa isso de fato acontece também aqui, a sombra do mesmo objeto pode ter varias direções.

          Eu quero aprender, eu quero ter ciência de fato disso, se puder me indicar por onde devo começar seria muito bom.

          EU QUERO TER UMA MENTE SAGAZ tambem o que me falta é estudar, sei que sabe só analisando minha escrita e minha forma de perguntar, pf me indique pela web onde posso aprender.

          Obrigado:.

        2. Eu quero aprender, eu quero ter ciência de fato disso, se puder me indicar por onde devo começar seria muito bom.

          http://wwww.google.com

          EU QUERO TER UMA MENTE SAGAZ tambem o que me falta é estudar, sei que sabe só analisando minha escrita e minha forma de perguntar, pf me indique pela web onde posso aprender.

          Existem coisas chamadas “colégios”.

        3. @André,

          AHH não são eles que mencionei né, gosto da musica Jump,rs, o outro nem conhecia..rs. (O Cinturão de Van Allen é uma região onde ocorrem vários fenômenos atmosféricos devido a concentrações de partículas no campo magnético terrestre, descobertas em 1958 por James Van Allen, fonte: wik),(Röntgen ou Roentgen (símbolo R) é uma unidade de medida de radiação ionizante, a mesma fonte. )

          OK google, pensei que teria algum site especifico, vlw.

          Colégios? Não era bem isso que queria , mas esta certo, vlw.

  20. Como as pessoas são estranhas. Fanáticos religiosos acreditam em milagres, ressurreição, apocalipse, arca de noé, abertura do mar vermelho, dentre outras falácias, mas não podem entender a evolução científica. Se existe uma estação espacial já frequentada por tantos astronautas, inclusive um brasileiro, qual a dificuldade em chegar à lua. Sinceramente, não dá nem vontade de argumentar com uma galera assim.

      1. @cloverfield,
        Ah, por favor. Todos tem o livre direito à argumentação, mas só espero que esta não seja retirada da biblia. Resposta pronta não dá pé. Argumentemos com inteligência.

    1. @LucianoNovoLivrePensador,

      Só para ficar claro, a mãe do tal jezzus ficou tarada no soldado romano e fez o que o papy de joshua nunca fez com ela. (essa é minha crença).

      Temos um brasileiro na estação espacial? ok Esse ai é aquele que ama as pessoas com titulo.

      E por enquanto só iremos até lá, além disso só os ”bots da mirc” que vão poder viajar além desse ponto.

      É sempre assim as respostas de quem acredita na nazza e no pateta, ou ofendem, ou tiram sarro ou não tem argumentos.

      1. @Knight,

        Knight há mais agências espaciais para além da NASA. Tem a ESA, JAXA, a brasileira AEB, ACS a Roscomos e há mais. Se “acreditar” ou aceitar o que elas publicam como verdade é equivalente ao pateta, viva a Disney….

        PS – se o vosso astronauta (sou Português) é provinciano e gosta de pessoas com titulo, não sei, mas é preciso ter uns quantos para lá chegar lá isso é.

  21. Olha meu amigo. Tenho paz sim, independente de qualquer messias, profeta ou religião. Minha vida é completa e serena. Acredito que para o homem atingir seus objetivos só depende dele mesmo, do seu trabalho, do seu esforço, da sua visão da vida e de saber aproveitar boas oportunidades quando surgem e nunca desistir de lutar por um ideal. E isso é um fato. Você não precisa fazer promessas para um “santo” qualquer, frequentar assiduamente uma religião específica e muito menos dar algum dinheiro ou objeto de valor para algum pastor ou coisa parecida para ter saúde e sucesso pessoal e financeiro. Na verdade, você só precisa ser dedicado. trabalhador, inteligente e cuidar de sua saúde, tudo isso pelo seu próprio esforço pessoal.
    Não espero que vc entenda isso, Cloverfield, mas pelo menos pense a respeito.
    E se quiser alguma informação a respeito, este mesmo blog tem uma parte toda dedicada a isto.
    Ah, e que a paz, sua paz, nossa paz, a paz merecida e conquistada e não supostamente dada por alguma religião, também esteja com você.

  22. André,

    Primeiro Parabéns pelo texto. Há e haverá sempre pessoas que, ou por falta de conhecimentos, ou por questões ideológicas, nunca aceitaram a um facto aceite pela comunidade cientifica. Mas “e contudo ela move-se” certo?!

    Sei que é fácil perder a paciência e de apelidarmos os descrentes de burros, imbecis e tudo mais. Mas devemos ter em conta que nem todos têm de ter conhecimentos de astronáutica, ou fisica.
    Se perguntar aqui por que é que os aviões voam, verá que muita gente não sabe. Responderam; Ora porque tem asas…
    Há quem não entenda o que é uma orbita, ou que não entenda como se pode aterrar num corpo celeste sem atmosfera.

    As novas gerações não imaginam o mundo antes do Ipad… E ficam surpreendidas quando descobrem que os touchscreens capacitivos remontam à década de 60.

    Não imaginam que a Apollo 11 foi o culminar de 15 anos de trabalho e recolha de informação. E muitas missões não tripuladas.

    Muitas delas acabam não por aceitar aqui no forum, que talvez tenhamos razão, mas aceitarão com o tempo…. Bem haja

  23. E que tal duas verdades? A corrida à lua seria o auge de qualquer país tal como aconteceu aos Estados Unidos. Penso que por isso temos duas verdades, a aterragem na lua filmada na terra e a aterragem real, se uma não funcionasse havia sempre a outra. A realidade é que as coisas correram bem e fomos (foram) à lua, disso não tenho dúvidas.

  24. Não vejo o meu post, vai outro. Acredito que ambas as versões são verdadeiras ou seja, antes do homem ir para a lua já haviam filmado o desembarque no solo lunar, neste caso na terra, mas como a missão foi um sucesso não foi necessário utilizar as imagens. Levo em conta a necessidade dos Estados Unidos chegarem à lua, sem esquecer quem era o presidente na altura, uma pessoa seria capaz de enganar o mundo inteiro.

  25. André, atualiza ae. É MIR, não Myr. E ela não foi reutilizada, foi destruída algum tempo depois dos primeiros módulos da ISS terem sido colocados em órbita. Não sei se já comentaram aqui, ainda não li os comentários.

    1. Apareceu isso aí no Terra, só por curiosidade fui ver os comentários, deixando alguns também meus.
      É, infelizmente dessa vez, o André estava certo, a ignorância é comum nos conspiracionistas, pois eles pedem evidências, eu apresentei as fotos tiradas por sondas dos locais de pouso, e outras evidências, e os cidadãos simplesmente dizem que eu não provei nada e ignoram o resto dos argumentos.
      Além de uma coisa que eu já sabia: Física, Engenharia e História/Geografia não costumam ser os fortes dos conspiracionistas. Hum, isso explica muita coisa.

  26. Só uma pergunta que não vi a resposta (sem querer entrar no time dos céticos, mas que admito não entender). A lua recebe a luz do sol tanto quanto a Terra, o brilho dela vem da luz solar. Pq não há fotos dela do lado iluminado? Pq sendo a lua tão grande (pequena em relação à Terra, mas ainda assim de um tamanho razoável) não há mudanças de cenários? Montanhas, morros, etc. Qualquer coisa visível? E quanto aos espelhos… Se os EUA quisessem terminar o que começaram, poderiam ter ido após aquela data à lua para montar as provas e, sendo com o intuito de completar verdadeiramente a missão, não acho que diriam isso publicamente. Acho particularmente que eles estavam à um passo de chegar a lua naquela época e talvez tivessem apressado um pouco as coisas por causa do clima de Guerra Fria, etc. Que hj não faz sentido, mas na época era extremamente relevante.

    1. Pq não há fotos dela do lado iluminado?

      1) Vc sabe que a Lua tem rotaçõ também, né? Esse período de rotação é semelhante ao da Terra. Por isso, sempre vemos a mesma face da Lua. Não existe esse negócio de lado iluminado e lado escuro.

      2)

      Isso aqui é lado escuro? Pra mim, está muito bem iluminado.

      não há mudanças de cenários? Montanhas, morros, etc. Qualquer coisa visível?

      3) Viu a foto acima? Preste atenção. Me diga se e igual a este aqui:

      http://www.lpi.usra.edu/exploration/education/hsResearch/crateringLab/

      http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1359907/Astronomers-create-detailed-lunar-landscape-images-seen.html

      Para onde vc mandaria um astronauta? Pra região cheia de crateras e buracos ou para terrenos mais lisos?

      e os EUA quisessem terminar o que começaram, poderiam ter ido após aquela data à lua para montar as provas e, sendo com o intuito de completar verdadeiramente a missão, não acho que diriam isso publicamente.

      Diga isso à URSS que acompanhou TODAS as Missões Apolo de pertinho. Os filhos de Lênin ficariam muito felizes em demonstrar que os yankees mentiram, e exporiam tudo na TV, como fizeram com Francis Gary Powers.

      Acho particularmente que eles estavam à um passo de chegar a lua naquela época e talvez tivessem apressado um pouco as coisas por causa do clima de Guerra Fria, etc.

      A URSS nao mandou um homem à Lua pq simplesmente não quiseram e nunca isso esteve em seus planos, mas eles acompanharam TODAS as missões. Diga-me: como os EUA esconderiam isso deles?

      1. Apenas uma correção, André, os soviéticos tentaram levar cosmonautas à Lua, pelos programas N1-L3 e LK, mas devido a alguns problemas (desinteresse dos líderes soviéticos, que só liberaram verba, e ainda parte da solicitada, em 1964, a morte de Sergei Korolev, os problemas no veículo de lançamento, o N1, e outros), não conseguiram.
        Na Encyclopedia Astronautica tem mais informações:

        http://www.astronautix.com/articles/whynrace.htm

    1. A Embraer deixa de produzir aviões que voam só porque o PT mente? A Petrobras nunca perfurou um poço de petróleo só porque a Dilma diz que não sabe de nada? A lógica é a mesma. A NASA é uma agência civil, dizer que nada que vem deles é mentira só porque o governo têm histórico de “mentir”, é uma falácia. Ps.: e até que me prove o contrário, acho que Fidel até hoje come criancinhas.

  27. Como os astronautas passaram os 3 anéis de Van Allen com seus raios gamas fulminantes. A própria NASA já admitiu em vídeo que não possível sair da órbita terrestre. Está no Youtube.

        1. Vou montar um vídeo provando que a gravidade atua de baixo para cima, mencionando o Walter Luftal (sei lá como se escreve o sobrenome dele). Acho que isso basta para provar que a gravidade atua de baixo para cima, e você vai ter que aceitar isso como fato.

          Para mim, basta saber que os russos não disseram nada quanto a isso tudo ser armação, o que é um exemplo lindo de como comprovação independente funciona. Se o seu MAIOR RIVAL nada faz para desmerecer seu trabalho, é porque algo de verdade tem ali.

          Não adianta nem linkar esses vídeos. O Dr. André sabe bem que eu nunca os assisti (ele é onisciente, creio eu), nem nunca perderei meu tempo com eles. Só quero saber da opinião dos russos.

        2. Ah sim, você realmente acha que acreditamos que o homem foi à Lua só porque a Globo disse… Bom, já que é isso, parafraseando a ex-Global Xuxa: Arrã, senta lá, Celso! Kkk

        3. Eles acreditam até que os EUA enganaram URSS, Cuba, China, Coreia do Norte e etc, além de todos os institutos de pesquisa do mundo, menos eles, conspiracionistas.
          E o pior, acreditam realmente que se houve fraude, a NASA cometeria “erros” tão primários nas fotos/gravações que qualquer um poderia descobrir.

    1. O próprio James Van Allen que não apenas dá nome aos cinturões, mas também os estudou por anos e ajudou a NASA a bolar um plano para uma travessia segura, discorda veementemente de você E desse suposto vídeo fake do “Yutubiu”

      1. Tá superficial esse teu argumento.Diz pro pessoal da NASA na reportagem do Youtube: NASA confirma “Nunca foi a Lua”

    2. Raios gama???
      Colega, pesquise primeiro o que é vento solar antes de digitar tal asneira.
      E aproveita e pesquisa também sobre radiação alfa, a que constitui os cinturões, e veja esse argumento desabar como um castelo de cartas.

      1. Amigo raio gama foi uma maneira ( gíria) de falar. Eu só quis dizer que há uma barreira que impede o homem de ir à lua: O Youtube tem uma gravação do pessoal comentando a impossibilidade de sair da atmosfera por problemas de radiação. Vê lá e para de te exibir: – NASA confirma “Nunca foi a Lua”

        1. No YouTube tem um vídeo que mostra uma águia levando um bebê em um parque. Ou outro onde um cara voa batendo as asas… Realmente uma fonte confiável de informação.

        2. “Sair da atmosfera” e “problemas de radiação” são duas dificuldades completamente diferentes, uma não inclui nem exclui a outra. As únicas barreiras reais ao vôo espacial tripulado são: a falta de dinheiro; a falta de vontade social e política; e a falta de conhecimentos científicos e tecnológicos adequados.

          ps: Quando alguém escreve “amigo” num comentário, já sei que o que vem em seguida é tudo, menos manifestação de amizade.

        3. ps: Quando alguém escreve “amigo” num comentário, já sei que o que vem em seguida é tudo, menos manifestação de amizade.

          Pois é. Como diz o “velho deitado”, amigo de cu é rola.

          :)

        4. Não, não impede, pois a radiação lá presente é principalmente alfa, constituída majoritariamente de prótons, sendo que até uma folha de papel pode barrá-los. E a nave possuía um revestimento de 5mm de alumínio, suficiente para proteger os astronautas. Aí tem algumas informações:

          http://www.braeunig.us/apollo/VABraddose.htm

          Mas pesquise no Google o que eu recomendei.
          E seria bom que você colocasse o link oficial do site da NASA onde ela declara impossível atravessar os cinturões.

    3. 1 – São dois os principais cinturões de radiação, e nenhum deles tem “raios gamas fulminantes”, e sim partículas ionizadas e elétrons. Para mais informações a respeito dos cinturões, sugiro que pesquise a respeito – a Wikipedia serve, mas aconselho a evitar a versão em português, que é uma bosta;
      2 – A ESA, a JAXA, e outras agências espaciais, que igualmente lançaram e continuam a lançar satélites e sondas interplanetárias, também chegaram a essa perturbadora conclusão?

      1. Especialmente a ROSCOSMOS e a CNSA que já mandaram cápsulas que circunavegaram a Lua e voltaram incólumes. Inclusive a NASA mandou a Órion no fim do ano passado e sobreviveu à radiação dos cinturões. O “argumento” do cidadão lá é completamente inválido em muitos níveis.

      2. E o que dizer da antiga URSS, que também teve um programa lunar tripulado? Efetuando até mesmo voos circunlunares (não tripulados por humanos) na espaçonave Zond (Soyuz 7K-L1 para os íntimos), vai ver fizeram um acordo com os americanos para ter a tecnologia das bombas nucleares em troca de deixarem eles fingirem um pouso lunar (li isso de um conspiracionista, esse entendia muito de História!).

    4. Procure outras coisas além de canais do Youtube.
      Youtube tem coisas muito boas, mas também é terreno fértil para disseminação de informações erradas (como essas que você passou) e teorias conspiratórias que não tem embasamento nenhum.

    5. YouTube? O lar do Felipe Neto, Cauê Moura, Nando Moura, João Revolta, Daniel Fragay, Otário Asnonymous, Condessa de Loppeux e outros pensadores e filósofos do mesmo quilate? Peraí.

      AHAUHAUAHUAHUAHAUHAUAHAUHAUHAUH
      UHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHUAHAUH
      UHAUHAUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUH
      UHAUHAUAHAUHAUHAUAHAUHAUAHUAHAU
      UHAUHAUAHUAHAUHAUAHAUHAUAHUAHAU

      Pronto. Terminei.

      1. Para que os outros sempre achem que você tenha certeza do que você diz é so fazer um video gritando no youtube.

        Quanto mais você gritar mais as pessoas vão te dar razão.

    1. Com você acreditando ou não, a ciência prova que foram. Ou você também não acredita na ISS ou em satélites geoestacionários? Já sei, você acha que seu GPS só tem sorte em acertar o caminho todas as vezes!

  28. Aposto que isso é coisa de religioso. Se o homem foi para a Lua, porque deus não puniu ele com, sei lá, remoção das genitálias de todos os humanos e procriação através da polinização ?
    Já que esses homens ridículos não aprenderam nada com a torre de Babel.

  29. É tão esquisito as pessoas duvidarem, quanto é estranho outras pessoas defenderem com ardor uma coisa da qual não se tem efetivamente prova alguma, a não ser as apresentadas por quem historicamente já mentiu dezenas de vezes à humanidade. O maior mistério destas viagens é explicar PORQUE não voltaram mais em 40 ANOS ? Ah, não me digam que não tem nada para ver lá, isto é insulto a inteligência. Nem que é muito caro, para um país que gasta centenas de bilhões de dólares em armas. Este é o grande mistério, porque não voltaram, construíram base de estudos, telescópios, laboratórios, uma infinidade de experiências fantásticas ? Com a palavra os sabichões.

    1. 1) Curiosamente, a Rússia mandou uma sonda coladinha com os astronautas americanos, mas não falaram nada e perderam a chance de fazer os EUA passarem vergonha.

      2) NASA sempre sofreu com cortes de verbas, pq o governo americano estava mais ocupado fornecendo armas para a Indochina, governos ditatoriais na América Latina, península arábica, Afeganistão etc. Isso qualquer um que estudou História sabe. Claro, não é o seu caso.

      3) A conquista da Lua apenas a Apolo 15 foi realmente científica. O restante era só pra mostrar ao mundo que eles tinham condições e avisar aos soviéticos que eles podiam meter um ICBM no Kremlin se quisessem. Rússia pousou várias sondas lá, mas não quis gastar dinheiro mandando ninguém, preferindo construir seus mísseis. Mais uma coisa que quem estudou História sabe.

      4) Claro que tem coisa pra ver lá, mas governantes não se interessam por ciência pela ciência. Verba para pesquisa científica sempre sofre cortes.

      5) Venha com questionamentos novos. Essas baboseiras cansaram de serem refutadas.

    2. “quanto é estranho outras pessoas defenderem com ardor uma coisa da qual não se tem efetivamente prova alguma, a não ser as apresentadas por quem historicamente já mentiu dezenas de vezes à humanidade”

      Estranho é acreditar num escritor de manual de instruções que disse que “se baseia em intuição, em um palpite”, para afirmar que a ida à Lua foi uma farsa. O mais estranho ainda é criticar os americanos dizendo que eles mentem, e acreditar nas “evidências” sobre uma possível fraude levantadas por.. um americano. Ou você acha que toda essa papagaiada sem respaldo científico algum foi inventada pelo cara que criou o “A Farsa do Século”? Se acha, é mais ingênuo do que imaginávamos.

      Veja quem é o estúpido do Bill Kaysing, se informe sobre ele e entenda os motivos que o levaram a inventar essa besteira toda.

      E veja também que o dono do site brasileiro nada mais fez do que copiar as merdas inventadas pelo Kaysing só pra ganhar dinheiro vendendo livros para os imbecis que acreditam em teorias da conspiração.

  30. Não gaste vela boa com defunto ruim, man. Não vale a pena. Esses aí a gente dá dois tapinhas nas costas e fala “tá, tá”…

  31. simples, Não havia tecnologia pronta para pousar voltar com segurança sem falhas no pouco tempo que tiveram para desenvolver tudo.

    Prove.

    Documentário não é prova. Nem perca seu tempo. Quero provas mediante pesquisa científica.

    Meu smartphone tem mais memória e processamento que todos os computadores da nave.

    E? Só porque vc é incompetente demais para estudar e fazer algo melhor que ver pornografia na Internet n~]ao implica que outros sejam como vc.

    Só mesmo infantilidade acreditar nessa viagem fake.

    Então explica isso para a URSS, que mandou uma sonda ACOMPANHAR a Apollo 11 e CONFIRMOU o pouso.

    Puxa, como os russos eram bonzinhos, né?

    Outra causa provada são os Cinturões de Van Allen impedem a passagem de qualquer ser humano a própria Nasa afirmou isso em vídeo no site deles..

    Você deve estar se referindo a este vídeo

    Em NENHUM MOMENTO o engenheiro diz que o cinturão de Van Allen impede que humanos passem. Ele diz que é perigoso. Sabe o que é perigoso, também? Andar numa corda bamba entre 2 arranha-céus, de olhos vendados. O legal desse vídeo neste canal retardado é o comentário “Por que não usaram a proteção da Apollo 11?”. O Engenheiro não disse como era a proteção. E, PUXA, vamos usar computadores como o Collossus, pois ele ajudou a decodificar códigos nazistas. Por que usar modernos, né? Afinal, os esquipamentos da Orion são IGUAIS às da Apollo8 (OITO), CERTO? Só gente burra, estúpida e iletrada, além dos que vivem vendo documentários, mAs nunca abriram um livro na vida, afirmam coisas assim.

    Aliás, você sabe do que é feita a radiação do Cinturão de Van Allen? Aliás, os DOIS cinturões de Van AlleN (ah, você não sabia? Sim, são dois! E um transiente.)

    O primeiro é o mais “perigoso”: prótons de alta energia. E prótons se bloqueia facilmente. O problema seria a quantidade deles. Poderiam matar? Sim, da mesma forma que raios Ultra Violeta causam câncer. Diga: só porque vc sai à rua você contrai câncer imediatamente? Katherine Johnson sabia disso (diferente de você, que só vê documentário do History, que fragmenta entrevistas para dar o sentido que eles querem). Johnson plotou um curso entre as partes mais finas do cinturão, de forma que a Apollo 8 (sim, 8. A primeira a cruzar o cinturão de Van Allen. Todo mundo soube disso, inclusive os soviéticos, mas assistidor de documentário do history não sabe) passasse rapidamente. Os poucos prótons que se chocaram com o módulo foram desviados, Fim.

    O segundo é feito de partículas beta. Sabe o que é isso? Vc aprendeu no colégio, né? Elétrons. Sabe o que elétrons fazem? No mínimo carregar a bateria do seu smartphone. Você sabia disso? O seu documentário mencionou isso?

    http://image.gsfc.nasa.gov/poetry/tour/AAvan.html

    Não é infantilidade saber que o Homem foi à Lua. É no mínimo estudar o básico de Física.

    Agora vamos pra sua refutação. Baseado em Física, também. Nada de documentário.

    Leituras (que eu sei que você não lerá)

    Clique para acessar o philip_plait_-_bad_astronomy.pdf


    https://lsda.jsc.nasa.gov/books/apollo/s2ch3.htm
    http://www.nasa.gov/50th/50th_magazine/coldWarCoOp.html
    http://www.scientificamerican.com/article/apollo-moon-khrushchev/
    http://history.nasa.gov/AAchronologies/1969.pdf

    1. Porra, André. Matou mosquito com tiro de bazuca bomba H. Não sobrou nem o pó do coitado. Fazia tempo que analfabetos científicos como esse não apareciam por aqui (NESTE post, exatamente).

      1. Como vocês são mais perspicazes que os conspiracionistas e todas as instituições astronômicas do mundo inteiro.

        Os primeiros por não saberem usar photoshop, os segundos por nunca terem percebido.

        Olha, vou bloquear seus contatos, mas não acredite em mim. É uma conspiração. Você poderá continuar comentando, ok?

      2. o que mais tem é foto do rover lá sem as marcas da roda na poeira…

        Claro, afinal marca na poeira agora é prova que estiveram lá… mas não é esse um dos argumentos que os conspiraciotários usam para “DESPROVAR” a ida do homem à Lua? Que não seria possível deixar marcas na superfície? Decida-se, marca na poeira prova ou não prova a ida de alguém a algum lugar?

        incrivel isso parce que foi colocado lá só pra foto,

        “Parece”. E de qual foto você está falando, já que existem MILHARES de fotos de TODOS os rovers em solo marciano…

        deve ser montagem no photoshop bem provavel…

        “Deve”, “provável”… de achismo tá cheio, agora, evidência que é bom, NADA, né?

  32. Rafael desculpe mas você nunca verá o homem pousar em marte..

    Arrã. Falou o Nostradamus de Taipas

  33. Dei-me o trabalho de ler o seu post, mas ainda não me convenci da “Viagem à Lua”. Para cada “prova” à favor da viagem, há uma dúzia de provas contrárias. Mesmo as críticas suscitadas pelo “Show da Lua”, chamado ironicamente por você de “glorioso”, você não pôde abordar.

    Espelhos na Lua, até podem ser considerados um bom indício da suposta viagem. Mas chega a ser má fé, tentar passar isso como prova cabal. Sondas podem fazer isso sem a presença humana, de igual maneira. O referido também se aplica às “rochas lunares” trazidas.

    Fora este seu argumento (batido e usado por todos os crentes nas viagens à Lua), caímos na boa e velha subjetividade: “Ah, a URSS isso…”, “Ah, a URSS aquilo…”. Só Deus sabe se eles descobriram a farsa, se pretendiam também fazer o mesmo, ou se pretendiam com isso chantagear os EUA mais à frente. E convenhamos, mesmo que o fizessem, nada garante que lhe dariam crédito. A verdade é que a URSS caiu, e desde aquela época já sofria de problemas (internos) maiores e mais sérios que uma corrida espacial.

    No final, vemos que você(s) tem/têm fé, porque, na verdade, todos nós temos. Se você acha mais digno crer em cientistas e físicos a padres e pastores, convém que reveja os seus conceitos quanto ao que é ceticismo. Abraços!

    1. Pelo comentário (especialmente o último parágrafo), já dá para tirar uma conclusão: Trata-se de um beócio que ACHA que sabe o que é ceticismo e o que é ser cético.

      O idiota deve pensar a mesma coisa do aquecimento global, que já está mais do que comprovado que realmente existe e está acontecendo.

    2. Dei-me o trabalho de ler o seu post, mas ainda não me convenci da “Viagem à Lua”.

      Como se alguém se importasse com sua opinião. Quer duvidar, azar o teu. Só não quer dizer que esteja certo.

      Para cada “prova” à favor da viagem, há uma dúzia de provas contrárias.

      Todas cientificamente incorretas e/ou retiradas do cu imaginário dos conspiracionistas analfabetos científicos.

      Mesmo as críticas suscitadas pelo “Show da Lua”, chamado ironicamente por você de “glorioso”, você não pôde abordar.

      Porque são tão estúpidas e repetidas à exaustão que nem valem a pena serem citadas. Quando você aparecer com uma “evidência” de verdade, poste aqui que EU farei questão de refutar.

      Espelhos na Lua, até podem ser considerados um bom indício da suposta viagem.

      Bom, de alguma forma eles chegaram lá, não? Se isso não prova uma viagem à Lua, o que provaria? Levar você até lá e soltar? (de preferência sem traje espacial)

      Mas chega a ser má fé, tentar passar isso como prova cabal.

      Má fé é entrar aqui, falar um monte de bosta e não provar nada do que diz, como você.

      Sondas podem fazer isso sem a presença humana, de igual maneira.

      Então quer dizer que havia tecnologia pra levar sondas e espelhos, sem pilotos, pousar onde queriam automaticamente, mas não havia tecnologia pra levar gente. Qual a diferença, me elucide por favor!

      O referido também se aplica às “rochas lunares” trazidas.

      Se você conseguir fazer uma sonda que traga 300 kg de rochas da Lua, sugiro que contate a NASA e mande seu CV, de verdade. Se os Soviéticos conseguiram trazer apenas poucos gramas desta forma, e você consegue trazer quilos, tá perdendo tempo comentando aqui quando deveria estar trabalhando na área!

      Fora este seu argumento (batido e usado por todos os crentes nas viagens à Lua)

      É um saco ler os mesmos argumentos sempre, né? É assim que nos sentimos quando os conspiraciotários vem aqui encher o saco com as mesmas ladainhas batidas over and over again…

      , caímos na boa e velha subjetividade: “Ah, a URSS isso…”, “Ah, a URSS aquilo…”.

      Mesma subjetividade do “Ah, a NASA mente…”, “Ah, a ida do homem à Lua foi uma farsa mas não apresento uma evidência plausível para refutar meus argumentos mais furados que um queijo Suíço…”, “Ah não tem estrelas nas fotos mas até hoje as imagens do espaço também não tem estrelas, então estão nos enganando desde 1960 e a Terra é plana”. Cansativo, né?

      Só Deus sabe se eles descobriram a farsa, se pretendiam também fazer o mesmo, ou se pretendiam com isso chantagear os EUA mais à frente.

      Arrã. Faz todo o sentido. 50 anos se passaram e cadê a chantagem?

      E convenhamos, mesmo que o fizessem, nada garante que lhe dariam crédito.

      Claro que dariam, além dos americanos os Soviéticos foram os ÚNICOS à época a mandar sondas e cápsulas até a Lua, e detinham o conhecimento (e os recursos) necessários para desmentir uma possível fraude.

      A verdade é que a URSS caiu, e desde aquela época já sofria de problemas (internos) maiores e mais sérios que uma corrida espacial.

      E, ainda assim, à época eles fizeram várias missões, incluindo a Apollo-Souyz, e as estações espaciais Salyuts, e depois a MIR. Faz todo sentido o que você falou, só que ao contrário.

      No final, vemos que você(s) tem/têm fé, porque, na verdade, todos nós temos. Se você acha mais digno crer em cientistas e físicos a padres e pastores, convém que reveja os seus conceitos quanto ao que é ceticismo. Abraços!

      Mimimi mimimi mimimi mimimi. CLARO que tinha que envolver religião no meio, típico.

      Ignora todas as evidências, mas acredita em fantasias, mentiras e invenções, especialmente a do escritor de manuais americano que inventou que “Baseado em ‘um palpite, uma intuição’ – palavras do próprio -, a ida do homem à Lua foi uma farsa. Depois quer vir falar sobre “fé”.

      Chola mais, chola.

    3. Também quero entrar nesse debate…

      “Se você acha mais digno crer em cientistas e físicos a padres e pastores”

      …quer saber? Deixa pra lá!!!!

  34. a tecnologia são contemporâneas, alguém sabe me informar se foi instalado um sinalizador de radio na lua! como forma de oferecer o falseamento ??? O Sputnik 1 foi o primeiro satélite artificial da Terra. Foi lançado pela União Soviética em 4 de outubro de 1957 na Unidade de teste de foguetes da União Soviética atualmente conhecido como Cosmódromo de Baikonur.

    O Sputnik 1, era uma esfera de aproximadamente 58,5 cm e pesando 83,6 kg. A função básica do satélite era transmitir um sinal de rádio, “beep”, que podia ser sintonizado por qualquer radioamador nas frequências entre 20,005 e 40,002 MHz[1], emitidos continuamente durante 22 dias até 26 de outubro de 1957, quando as baterias do transmissor esgotaram sua energia[2].

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s