Category Archives: Polí­tica

Com união, a Ciência pode, mas sem passear por rua vazia

O brasileiro tem sérios problemas em entender como a mais básica atividade humana funciona. Não, não estou falando de ir ao banheiro (se bem que larga maioria não sabe que é necessário dar descarga e lavar as mãos direito). Estou falando de política. Brasileiros ainda não entenderam como ela funciona, por isso, ainda ficam chocados com o que acontece nas notícias ou quando sai foto do Lula defendendo o Temer, PSDB se aliando ao PT etc.

Cientistas não entenderam isso, também. Querem que os políticos os adore, sem fazer nada por eles. Querem que a população os ame, mas se fecham nas torres de marfim. André quer divulgar ciência, mas isso não recheia Lattes, então, não falam comigo. Passeiam por ruas vazias, e acham que isso resolve. Até agora nada.

Então, me perguntaram como deveriam fazer.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Tubarão suspeito de terrorismo toma dura da polícia

A Áustria é um lugar legal; uma espécie de Alemanha depois do Prozac. Eu jamais poderia imaginar algo de ruim saindo da Áustria. O problema com as altas imigrações islâmicas para a Europa e o respectivo aumento da taxa de ações terroristas também, mas lacradores dizem que é coincidência, países começaram a proibir o uso de véus, niqabs e principalmente burqas, já que estas últimas escondem todo o corpo e vai lá o que se esconde debaixo daquilo tudo?

Bem, a Áustria foi o último país a banir qualquer vestimenta que cubra o rosto todo. Isso levou a algo meio inusitado por um sujeito foi preso por isso. Ele estava vestido de tubarão.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

STF diz que tá liberado Ensino Religioso nos colégios

O Brasil é um Estado que segue os princípios que todos são iguais perante a Lei, desde que você faça parte de certa parcela da sociedade. Como exemplo podemos citar a democrática participação de direitos e deveres da população, mas que segmentos religiosos não precisam cumprir, como ser obrigado a pagar impostos, serviço militar entre outras facilidades. Já a sua decisão de não ter religião na sua vida é respeitada… pero no mucho.

O STF, enquanto não está julgando roubo de galinha (é sério!) está decidindo sobre como os colégios devem atuar nas conformidades das leis, tendo em vista a Constituição. Bem, a Constituição permite ensino religioso nos colégios e o STF votou por permitir que colégios públicos ofereçam ensino religioso em sua grade curricular, ainda que facultativo. Será mesmo?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Um herói que salvou milhões morreu, e você não ficou sabendo

Me dá náuseas quando chamam gente encerrada numa casa, com todas as regalias, sem fazer absolutamente nada, concorrendo a um prêmio milionário, de “heróis”. Não há heroísmo nisso. Não há nenhuma forma de altruísmo, pelo contrário. Heróis são quem colocam a vida em risco, que arrisca tudo visando um bem maior, como gente salvando pessoas de terroristas. E se quem salva uma vida salva o mundo inteiro, uma pessoa que salva literalmente o mundo inteiro não é apenas um herói, é algo supremamente acima de tudo isso, para o qual não há palavras nas línguas dos Homens, dos Elfos ou dos Anões.

Em 2014, eu falei sobre ele: Stanislav Petrov – o homem que salvou nossas vidas. O homem que salvou a todos nós de todos nós. Infelizmente, as notícias não são boas. Ele faleceu… em maio.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Lei profissionaliza blogueiros. Ferro quente em breve

Uma coisa que sempre causou problemas ao Estado foi certos indivíduos com a mania de pensar por si mesmos, e isso desde os tempos de Sócrates (o filósofo, não o jogador de futebol, que nem pênalti sabia bater). Se analisarmos que não é muito legal estar certo num ambiente com todo mundo errado (a bênção, François Marie), ser aquele indivíduo que fala umas verdades acaba não dando muito certo e os membros constituídos do Poder estabelecido não veem isso com bons olhos, a ponto de dar uma forcinha para impedir isso.

Liberdade de pensamento é muito legal, mas só quando você guarda para si, como qualquer garçom pode atestar. Não é mesmo, sr. Lindomar?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Relatório mostra que vacinas reduzem custos e mantém pessoas saudáveis. Chorem, anti-vaxxers

Uma mula nos comentários do meu vídeo sobre os retardados anti-vacina acha que tem pouca divulgação. Como ele não lê publicações científicas, ele não acha certo cobrarmos que anti-vaxxers do Inferno suas publicações comprovando os malefícios das vacinas. Poderiam ler, ao menos, o Boletim da Organização Mundial da Saúde publicado recentemente.

O novo boletim anual da Organização Mundial da Saúde traz uma pesquisa apontando que os os esforços de vacinação realizados nos países mais pobres do mundo desde 2001 evitarão 20 milhões de mortes e economizarão 350 bilhões (sim, BILHÕES) de dólares em custos de saúde até 2020. Os cem mil, em mil dólares deve ser economia só com aspirinas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Político idiota quer banimento de algarismos arábicos

Há duas coisas fantásticas nesse mundo de Hades, A primeira é a existência de políticos imbecis. A segunda é algum FDP zueiro, cuja meta para a vida é fazer as pessoas passarem por retardadas. Quando essas duas criaturas tão fascinantes se encontram, nada mais obtemos senão as mais resplandecentes das pérolas.

Durante debate eleitoral em uma pequena cidade alemã, o candidato a prefeito pelo partido extrema-direita foi perguntado sobre o terrível avanço da cultura árabe local. Ele se posicionou fortemente contra este avanço de culturas estrangeiras, subjugando a soberania nacional. Sendo assim, ele se declarou veemente a favor do banimento de números arábicos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Devemos ser intolerantes com a intolerância? (LEIA ANTES DE COMENTAR)

Com toda a onda de maníacos saindo em passeada divulgando ideias neo-nazistas pelas ruas de Charlottesville, cantando hinos, tremulando bandeiras e fazendo Sieg Heil, questionou-se por que permitiram fazer isso. A questão é que a Primeira Emenda da Constituição dos EUA permite qualquer manifestação de pensamento, resguardada pela lei dos Direitos Civis, que não tem nenhuma ressalva sobre o que você pode exprimir, diferente do Brasil, que tem lei federal que proíbe expressamente divulgação de ideologia nazista.

Daí, alguns espertões de Wikipédia resgataram um trecho de um livro do filósofo Karl Popper, o qual estabelecia um argumento do porque não tolerarmos a intolerância alheia, e a isso ficou conhecido como Paradoxo da Intolerância, que como toda proposição filosófica tem probleminhas se você não pesquisa nem pára para pensar (*construção frasal ruim, mas estou com preguiça).

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

(in)Justiça dá ajudinha à Samarco e livra a cara de 22 pessoas

Em 2015, aconteceu uma das maiores catástrofes ambientais. Toneladas de barro, térrea e lixo tóxico desmoronaram com uma tromba d’água e aquela nojeira foi levada pela enxurrada, destruindo a cidade de Mariana e matando o rio Doce. O Sebastião Salgado, depois de muito pressionado, já que sua fundação recebe uma verba gordinha da companhia Vale do Rio Doce, de quem a Samarco é subsidiária, soltou um migué dizendo que ia ajudar a resolver. Quando eu apontei a estupidez disso, me xingaram, como sempre. O tempo passou e as mudinhas e matinhas ciliares do Tião resolveu algo? Lino, eu acho que não.

A Samarco tentou depois jogar uma conversa mole que estava fazendo algo, espalhando espumas flutuantes para conter a lama tóxica. O detalhe dessa espuma fica sobre a água e servir para absorver petróleo foi tido como coisa de menor importância. Hoje, as famílias estão desabrigadas, a pesca já era. O que aconteceu depois disso tudo?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

UNESP fará exame para saber quem negro de verdade

Cotas é o tipo de coisa que eu sempre achei idiota. Não porque eu ache que pobre não pode ter acesso ao Ensino Superior. Sou um democrata, e acho que todos têm que ter chance; por isso, eu prefiro o vestibular, que é igualitário: uma prova para todo mundo. Sendo assim, era preciso um ensino que prestasse. Mas, ok, implantaram as cotas. Terão tempo de melhorar o ensino, certo? Errado! Tiveram, mas não melhoraram. Toma mais cota aí! (Entenderam por que eu sou contra?)

O problema é que as cotas por etnia dependem… bem, da etnia. E a etnia é autodeclarada. Começou o problema. Como garantir que a pessoa não vai declarar uma etnia que não pertence? Bem, a UNESP parece ter resolvido o problema. E de forma imbecil!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας