No duelo de luzes, a artificial sempre ganha

Quando você viu o céu coalhado de estrelas da última vez? Era no centro de alguma capital? Pois, é. Tá difícil ver as estrelas fora o nosso Sol. A iluminação artificial das cidades faz com que as pobres estrelas tenham p seu brilho ofuscado. Astrônomos medem de um a nove, na escala de Bortle, o quanto a iluminação artificial atrapalha a visão do céu noturno; e este vídeo feito em 2016, rodado principalmente na Califórnia por Sriram Murali, percorre todos os níveis da escala, mostrando como a visão do Cosmos fica melhor em áreas menos poluídas pela luz.

Eu ainda quero ver o céu estrelado novamente, mas sei que, para isso, terei que ir bem para o interior, pois somos reféns de nosso próprio desenvolvimento tecnológico. Continuar lendo “No duelo de luzes, a artificial sempre ganha”

Cogitando sob os céus do Atacama parte 2

No ano passado, eu postei a parte 1 deste vídeo. Até mencionei o Cogita, mas o puto não leu. Fuck my life! De qualquer forma, o vídeo a seguir é outro timelapse maravilhoso feito no árido e seco Atacama, cuja baixa umidade faz dele um lugar magnífico para astrofotografia. Algo mágico, incrível e maravilhoso, que eu gostaria de ver pessoalmente. Quem sabe um dia? Mas acho que não.

Continuar lendo “Cogitando sob os céus do Atacama parte 2”

Mulheres denunciam extremismo da Direita Radical e são postas à venda

E na editoria “O Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher”, temos a notícia que mulheres estão sendo postas a leilão num site da Internet por serem ativistas políticas. Algumas estavam sendo anunciadas como escravas sexuais. Um absurdo isso o que a extrema direita anda fazendo! Continuar lendo “Mulheres denunciam extremismo da Direita Radical e são postas à venda”

Eu sou muito burro

Eu tenho dois defeitos. Um deles: eu sou burro. O segundo: eu sou insistente, o que faz voltar pro primeiro defeito. Eu já tinha me tocado que divulgação científica ou histórias interessantes não são atraentes para o público. Ninguém quer ler sobre isso. Minha burrice ainda não determinou o que querem ler (nada, talvez) e minha teimosia me faz continuar tentando. Tentar escrever para um público que não quer ler é a burrice definitiva ainda mais quando eu sei disso. Continuar lendo “Eu sou muito burro”

O crime perfeito na ponta de uma agulha

O corpo lívido, sem vida, estava submerso na água serena numa casa às escuras e só a luz trêmula do banheiro banhava de uma luz amarelada o que ocorrera. Seu corpo nu e belo, alvo mesmo quando era viva, não veria a luz do sol novamente, mas em contrapartida não indicava sinais de violência. Uma morte em paz, sem dor ou desespero… ou assim parecia. Sapatos engraxados adentraram o banheiro, sujando-o. Outra pessoa, com o pijama encharcado, mostrara a cena. O homem do sapato engraxado parou em frente à cena; sim, ela está morta, senhor. Outros sapatos chegaram, analisaram criticamente o que estavam vendo. Não havia sinais de crime, mas algo não parecia certo perante aquela visão que poderia ser vista como uma foto artística, mas era um acontecimento bizarro por causa dos detalhes que pareciam não se encaixar.

Eram 23 horas e 30 minutos do que parecia ser uma noite calma do dia 3 de maio do ano de nosso Senhor de 1957. Elizabeth Barlow então desprovida da luz de seus olhos, jazia morta em Bradford, Yorkshire, no Reino Unido. E ninguém sabia como… ou por quê. Se era um crime, era um crime perfeito. Continuar lendo “O crime perfeito na ponta de uma agulha”

A sinfonia da distância do Universo

O Hubble Ultra Deep Field é uma imagem de uma pequena região do Espaço, mas de grande importância. Ela foi obtida por seguidas exposições do Telescópio Espacial Hubble entre 2003 e 2004, e é a imagem mais profunda do universo tirada em luz visível, registrando galáxias e estrelas como com seu brilho emitido há bilhões de anos. Com certeza, muitas dessas estrelas sequer existem mais, mas é um registro do passado, um “osso estelar” encontrado por um paleontólogo espacial que observa as entranhas de um Universo que há muito se modificou.

Esta imagem retrata um universo jovem, com idade entre 400-800 milhões de anos após o Big Bang. Muito antigo, não é, mesmo?

Continuar lendo “A sinfonia da distância do Universo”

Acusado de estuprar a mãe vai preso e fica em presídio feminino

Chris Chandler é um psicopata, estuprador, filho da puta, com 39 anos na fuça. Este merda tem 50 mil assinantes no seu canal do Tubo e 60 mil seguidores no Twitter. Este inútil está como convidado dos cidadãos da Virgínia vendo o Sol nascer quadrado, sob a acusação de supostamente ter estuprado sua mãe de 79 anos, que sofre de demência. E isso aconteceu várias vezes, ao que parece.

Ah, sim. Ia me esquecendo. Como Chandler se diz ser trans, ele ficará no Central Virginia Regional Jail, na ala feminina. Sim, esta linda moça acima é ele. Uma mulher completinha. Continuar lendo “Acusado de estuprar a mãe vai preso e fica em presídio feminino”

Apague o passado, destrua a história. Fica mais fácil te dominar

Está ainda rendendo o lance da estátua de Borba Gato que foi incendiada. A única coisa que eu tenho contra a estátua: é feia, mas está no padrão arquitetônico paulistano de construções feias. Ok, queimaram a estátua. O que isso mudou na vida das pessoas? Jogar uma bomba na avenida Presidente Vargas porque Getúlio era um ditador fascista vagabundo vai mudar algo? Eu acho que não.

Continuar lendo “Apague o passado, destrua a história. Fica mais fácil te dominar”