Vlog #01: A benção, tio!

Divulgação científica é legal, mas o conselheiro come. São dez anos trazendo informação em forma de artigos e, agora, vídeos. Vídeos são legais pois muita gente ainda não me conhecia e tomou um pouco de conhecimento pelo YouTube.

Se você acha que o trabalho é legal e está em perfeitas condições monetárias, que tal dar uma ajudinha?

Continuar lendo “Vlog #01: A benção, tio!”

Ciência não é Mendicância!

Tem coisas que me incomodam. Uma delas é a atual mania de ficarem mendigando atenção. Aliás, em qualquer caso isso é irritante, mas pior ainda é quando vemos o conhecimento científico implorando para ser aceito. Cientistas produzem conhecimento diariamente, produzem novas técnicas, novos materiais, novas tecnologias etc. Ainda assim, é ridículo como é necessário ficar com um pires na mão, olhos caídos, biquinho e dizendo "Por favor, acredite em nós!"

E isso ainda é mais que evidente quando o tema é Evolução Biológica. Por favor, gente, acreditem em séculos de pesquisa científica. Acreditem em pesquisas, experiências laboratoriais, artigos científicos etc. Por favooooooooooooooor, acreditem em nós! Isso é patético!

Continuar lendo “Ciência não é Mendicância!”

Com tanta criancinha passando fome…

Toda vez que sai alguma notícia sobre um evento científico incrível, como mandar um rover pra Marte, pousar uma sonda num cometa ou descobrir como o seu cunhado descobriu a senha do seu cartão de crédito, a massa iletrada corre praquelas plagas conhecidas como "redes sociais" e começam o desfile ridículo de imbecilidade do tipo "Com tanta criancinha na África passando fome, os caras ficam gastando dinheiro com isso". A resposta básica seria o artigo Por que gastar em exploração espacial com tanta gente passando fome?, mas a questão é um pouquinho mais densa, porque este tipo de ralé, além de idiota, é hipócrita, que FINGE se importar com as criancinhas na África, mas passam batido por qualquer mendigo na rua, ou criança suja pedindo dinheiro ou vendendo bala. Curiosamente, elas deixam de ser altruístas, preferindo "as pobres criancinhas na África". Por quê?

Apesar de toda essa pseudo-preocupação, as entidades humanitárias recebem donativos cada vez menos. Com tanta gente se preocupando, não deveriam receber mais?

Continuar lendo “Com tanta criancinha passando fome…”