Baby Yoda, dragões e os chatos do Espaço

Eu tinha feito um vídeo e volta e meia eu toco no assunto que muitos deslumbrados metidos a divulgadores científicos (eu peguei ódio deste termo, pelo tanto de cuzões que tem) achando que informar é ser árido, tosco. Se isolam na Torre de Marfim da Ciência.

Um exemplo foi uma postagem de um desses manés metidos a divulgadores de ciência de astronomia e astronáutica; o que é fácil. Basta kibar pegar os dados da NASA (públicos), traduzir e fingir que falou algo que não está disponível em lugar nenhum. Acontece que…

Continuar lendo “Baby Yoda, dragões e os chatos do Espaço”