Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina

A vida monasterial é difícil, exigente em termos de empenho, devoção e disciplina. Mas na Tailândia parece que isso é exacerbado, já que ali é um Brasil piorado (sim, conseguiram isso). Já começa que Tailândia é a capital mundial da prostituição e tráfico de drogas, mesmo ambos serem ilegais lá. O altíssimo índice de dependência química chegou ao ponto de muitos mosteiros do país, como o Thamkrabok – um mosteiro budista localizado a 140 quilômetros de Bangkok, capital do país – se especializar no tratamento da dependência de drogas.

O que ninguém contava é que 4 monges e um abade fossem grampeados num exame antidoping por terem usado droga sintética que passarinho não usa.

Viajando loucamente nas maluquices monasteriais, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina”

Coisa de Nazista: Partido de Esquerda alemão defende distribuir metanfetamina a viciados

Na linha “amigo, me ajuda a te ajudar”, pessoal da Canhota Chucrute resolveu que a Alemanha está com muitos problemas para ficar se preocupando com coisinhas de pouca importância como metanfetamina. Dessa forma, o Die Linke (também chamado Linkspartei ou Partido de Esquerda, o que prova que alemães têm pouca criatividade para escolha de nomes), deveriam liberar um programa tipo Minha Metanfetamina Minha Vida.

Vendo um unicórnio cor-de-rosa dançar polca em cima da minha estante, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Coisa de Nazista: Partido de Esquerda alemão defende distribuir metanfetamina a viciados”