Jovem cozinha frango com xarope e acha que está abafando

Jovem é uma praga. Ainda mais jovem com rede social. Não apenas isso, o jovem que quer hitar na Internet e fica inventando “desafios” idiotas que outros jovens acéfalos podem até tentar fazer, mas acaba sendo só replicação. De qualquer forma, as agências de saúde preferem o dito pelo não dito, e correm para explicar que aquilo que o Jovem Maldito está fazendo vai dar merda.

Um exemplo corrente é o bando de idiotas fritando frango em xarope e o FDA, a Anvisa dos EUA, correu para dizer o óbvio: vai dar ruim, imbecis! Continuar lendo “Jovem cozinha frango com xarope e acha que está abafando”

Tapetadas: O novo comportamento criminoso dos jovens

Como reconhecer um débil mental? De princípio, dado a natureza de nosso blog, poderiam pensar que seria andar com uma Bíblia debaixo do braço. Mas, não. Um verdadeiro idiota, estúpido, retardado, acéfalo, mentecapto, degenerado, inconseqüente e, por fim, um verdadeiro filho da puta anda com um tapete de carro na mão, pendurado feito uma jaca na janela de um veículo em alta velocidade.

Este hábito é conhecido por alguns como”tapetada”, onde o distinto débil mental, com algum cúmplice, cujo QI deve ser menor do que o de uma ameba retardada, sai de carro com o único prazer: pegar o tapete de seu carro, enrolar como se fosse um cassetete (na certa como substituição para o seu minísculo e ridículo pênis) e sair batendo em transeuntes desavisados, mulheres grávidas e até crianças pequenas. Dizem que nem sempre Freud tem razão e um charuto, por vezes, é apenas um charuto. Nesse caso, eu acho que o tapete simboliza algo que o perpetrador gostaria de ter… bem atrás de si. Continuar lendo “Tapetadas: O novo comportamento criminoso dos jovens”