Pesquisa mostra que sexismo do bem faz muito bem quando convém

Vivemos num mundo estranho. Ele já era meio esquisito, mas os atuais comportamentos exagerados o estão deixando insuportável, que acabam confundindo todo mundo. Até não muito tempo atrás, o cavalheirismo (você sabe: abrir a porta para a mulher passar, ajeitar a cadeira para ela se sentar, pagar a conta do restaurante, escolher o vinho etc.) era muito bem visto. Uma exigência para o comportamento masculino.

Então, chegou o advento em que mulheres se sentem inferiorizadas porque alguém abriu a porta para elas, porque o garçom deu a conta pro homem, porque é ele quem dirige o carro, porque tudo. Lá pelas tantas, os homens nem sabem mais como agir para não ofender os floquinhos de neve que são ofendidas por qualquer coisa. Afinal, o que leva homens a serem cavalheiros e como a sociedade chegou neste ponto?

Continuar lendo “Pesquisa mostra que sexismo do bem faz muito bem quando convém”

Estudo afirma: Homem sem carro tem dificuldade de casar

Vamos deixar a hipocrisia de lado. Todos nós sabemos que há vários caminhos para o coração de alguém, mas indo de carro a viagem é mais fácil e rápida. Antes, nossos avós juntavam os panos de bunda e se casavam (de preferência, indo morar com os sogros, onde o Inferno estava garantido por bons anos, até que o cara desse um jeito naquilo, mas assassinato nem sempre era uma opção). Atualmente, não é mais assim. Os enlaces matrimoniais nem sempre são feitos no seio da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana ou em algum terreiro de macumba, para posterior averbação da "escritura" num cartório (eu sei, Fátima, EU SEI!). De acordo com uma pesquisa publicada na semana passada, pessoas que não têm riqueza pessoal na forma de um carro ou ativos financeiros são menos propensos de se casar.

Continuar lendo “Estudo afirma: Homem sem carro tem dificuldade de casar”