Audaciosamente indo aonde nenhum indiano jamais esteve (e nem brasileiro chegará)

BRICS é o acrônimo envolvendo a letra inicial dos países que fazem parte dele: Brasil, Rússia, Índia e China. Antes, a Rússia mostrou o dedo médio pros EUA mandando o primeiro satélite, o primeiro ser vivo e o primeiro ser humano ao Espaço. Tudo bem, os EUA mandaram os primeiros homens à Lua e achou que ganhou a corrida espacial, como se ir à Lua fosse alguma meta dos filhos de Stalin.A China está em preparativos para enviar sua primeira sonda à Lua. A Índia riu e disse "losers, a parada agora é Marte".

O Mars Orbiter Mission decolou às 09:08 GMT do Centro Espacial Satish Dhawan, na costa leste do país. Brasil? Bem, nossa única especialidade em astronomia foi mandar cientistas pro Espaço… da maneira errada.

Continuar lendo “Audaciosamente indo aonde nenhum indiano jamais esteve (e nem brasileiro chegará)”

A canção de Carl Sagan

Indiscutivelmente, Carl Sagan foi um dos maiores– senão o mais famoso – divulgador científico da Era Contemporânea. Sua inesquecível série Cosmos (disponível na sua rede P2P favorita) foi responsável por muitos jovens quererem seguir a carreira científica, como este que vos escreve. Sua frase mais emblemática talvez tenha sido “Para se fazer uma torta de maçã, é necessário que se crie o Universo”, seguido de “Estamos na praia do Oceano Cósmico(…) e a água parece convidativa”.

Stephen Hawking é uma das maiores mentes em termos de Física Teórica da atualidade. Nem mesmo a doença degenerativa ELA (esclerose lateral amiotrófica) foi capaz de parar sua mente, desvendando mistérios do início do Universo.

Estes dois juntos formam a síntese do moderno cientista, que não se esconde mais em porões de castelos, mas que quer que toda a humanidade descubra as maravilhas da Natureza. Agora, podemos transformar dois dos maiores astros (trocadilho mais que adequado) da Ciência em música? Sim, podemos e foi isso que foi feito. Continuar lendo “A canção de Carl Sagan”