Avó e bisavó tentam matar criança por não ser quem elas queriam

Essa é uma história de amor, mas de tragédia. Um amor impossível. Um amor que não poderia acontecer. Um amor proibido por duas famílias rivais. Um amor entre uma adolescente e um homem mais velho, que gerou uma criança que virou palco de discórdia e uma quase tragédia. Não, não foi Sófocles, Shakespeare ou mesmo Nelson Rodrigues. É a história da menina indígena que teve filho indígena de outro indígena, mas um indígena da tribo errada. O bebê, fruto deste enlace, foi enterrado vivo pela avó e bisavó da criança.

Claro, isso seria considerado crime hediondo, infanticídio e coisa de gente bárbara, mas como são índios (e sabendo que eles são criaturinhas boas, puras e inocentes), tudo se desculpa, certo?

Continuar lendo “Avó e bisavó tentam matar criança por não ser quem elas queriam”

Papa adverte contra o poder de “sedução” da ciência

chico_bento.jpgMais uma vez a o papa Bento XVI, que não deve ter muito o que fazer, anda enchendo o saco contra a ciência. Talvez, se ele fosse como alguns antecessores dele (como Rodrigo Borgia), e arrumasse umas amantes, ele teria coisas mais úteis para se preocupar.

O ocioso pontífice alertou ontem (28/01) contra os poderes “sedutores” da ciência, que relegam a espiritualidade do homem a um nível inferior, reanimando o debate ciência versus religião. Recentemente essa disputa impediu o pontífice de fazer um discurso numa universidade devido a protestos de estudantes, conforme noticiou a agência de notícias Reuters. Continuar lendo “Papa adverte contra o poder de “sedução” da ciência”